SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quarta-feira, 21 de maio de 2014

EDUARDO MIRANDA LANÇA LIVRO EM GARANHUNS

“Brasil: Reflexões sobre um Futuro Adiado”. Este é o título do novo livro do médico e escritor Eduardo Miranda, que será lançado no próximo sábado, dia 24, às 17h,  na Câmara dos Dirigentes Lojistas, CDL.

O livro traz crônicas do autor com foco nos grandes problemas nacionais.  As instituições, a política, a saúde, a educação são alguns dos temas abordados no contexto evolutivo e histórico dos acontecimentos da última década e especialmente do momento atual.

Eduardo Miranda nasceu em Juiz de Fora, em Minas Gerais, mas com apenas 3 anos de idade veio morar em Garanhuns. É neto de Manuel Paula de Miranda, proprietário da antiga Sapataria Moderna, que funcionou durante muitos anos na Avenida Santo Antônio, onde hoje fica a Iza Calçados.

O pai de Eduardo, Pedro Brandão e sua mãe Lurdinha Miranda, deram continuidade aos negócios da família no ramo de calçados. A loja Sapatos, uma das principais da cidade atualmente, é do seu irmão, Paulo.

Apesar do gosto pela política, o jornalismo e pela literatura, Eduardo Miranda é médico oncologista, cirurgião e diretor da Clínicica Unionco, em Recife.

O médico e escritor tem profunda ligação com Garanhuns, por ter vivido aqui sua juventude e ter estudado no Colégio Diocesano. Além disso, na cidade que moram seus pais e irmão ele possui uma propriedade rural. 

Eduardo já publicou em livro “Ofertório Poético” e é diretor do jornal A Palavra, que terá sua nova edição lançada esta semana.

2 comentários:

  1. aproveite este lançamento deste livro e divulge o que estão passando os alunos do joao da mata amaral naboa vista principalmente os do semi integral tendo que almoçar todos os dias galinha ou charque pior a merenda hoje 21/05/14 foi vitamina pura isto e de fazer vergonha alunos procuraram a direção arespostas foi se quiser e isto não temos verbas e ai .

    ResponderExcluir
  2. Interessante, vou lá comprar o livro deve ter muitas coisas de interesse geral.

    Enquanto não abandonarem o pensamento socialista. O Brasil será sempre o país de futuro e nunca o país do presente, pois Socialismo basicamente é tentar "ALCANÇAR O MARAVILHOSO FUTURO HIPOTÉTICO DO COMUNISMO PREVISTO POR KARL MARX NO PRESENTE, COMO O FUTURO NÃO EXISTE, O PRESENTE DEVE SER DESTRUÍDO", igualando pessoas desiguais e desconsiderando a meritocracia, a cultura e os costumes.

    ResponderExcluir