ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

ALIENAÇÃO E FASCISMO CONTRA A COPA

O Brasil era um país bem mais pobre e atrasado em 1950. Mesmo assim sediou uma Copa do Mundo, quando perdeu o título mundial por uma fatalidade, em pleno Maracanã.

A África do Sul, um país conhecido pela pobreza e desigualdades sociais, onde durante anos a maioria negra era massacrada por uns poucos brancos, pôde sediar uma Copa do Mundo não faz muito tempo.

Então por que raios o Brasil de 2014, uma das maiores economias mundiais, que nos últimos governos, de Fernando Henrique, Lula e Dilma vem reduzindo de forma significativa a pobreza, não pode este ano ser sede da Copa?

O que está levando brasileiros a ser tão pessimistas e a torcerem contra o seu próprio país?

Criaram até um movimento aí, que está “bombando” nas redes sociais: o “Não vai ter Copa!”.

Uma loucura, um negócio irracional. Coisa de jumento, como a gente ouvia dizer aqui pelo interior tempos atrás.

Imagino que por trás desse movimento estão os que comungam do lema “quanto pior melhor”. Alienados, fascistas, ignorantes, rebeldes sem causa que se acham o máximo em protestar sem parar para pensar na consequências dos seus atos.

O brasileiro está certo em querer bons hospitais, boas escolas e governos com um mínimo de decência. Mas a maneira de conquistar tudo isso não é implodindo os estádios construídos para a Copa. O torneio mundial de futebol também pode ser usado para trazer ganhos para o país em outras áreas.

Ora, se fizermos bonito, com bons estádios, cidades organizadas, boa infraestrutura de hotéis e restaurantes levaremos aos quatros cantos do mundo uma imagem positiva do Brasil. Isso trará mais e mais turismo, que é uma grande indústria sem chaminés.

Se fomos capazes de fazer estádios de primeiro mundo também podemos nos comportar como povos civilizados e melhorar o trânsito, a educação, a saúde, reduzir a violência... Por que não?

Essa tarefa gigantesca de transformar o Brasil não é só dos governos. Depende da população também. E não tem porque politizar tanto o futebol, torcer para que não tenha o torneio ou que a seleção perca, pensando que assim será mais fácil derrubar a Dilma.

Correto seria, neste momento, que os principais candidatos à presidência  - Dilma, Aécio e Eduardo – assumissem uma posição unificada de condenar esses movimentos alienados ou fascistas. Afinal de contas, todos eles apoiaram a construção de estádios de futebol em seus Estados.

Em 1970, quando o Brasil foi tricampeão do mundo, o pau cantava em cima de militantes políticos e trabalhadores, nos porões do regime militar. Nem por isso os brasileiros deixaram de festejar a grande conquista.

E agora, que vivemos uma democracia, um minoria estúpida quer impedir a alegria do povo no País do Futebol? Tenham santa paciência!

Vai ter Copa sim! É preciso erguer a voz e lutar contra os que apostam no retrocesso.

10 comentários:

  1. Os heróis da porrada, adorados pela imprensa — por causa de seu viés de esquerda, não o contrário — estão de volta. E aí, Dilma? Gilberto Carvalho vai continuar a piscar para eles? A Copa está chegando. Falta muito pouco. Dilma precisa decidir se investe na ordem ou se ela própria e seus ministros, muito especialmente Gilberto Carvalho, continuarão a dar piscadelas para a baderna. Uma coisa é certa: os heróis da porrada, adorados pela imprensa — por causa de seu viés esquerdista, não o contrário —, estão de volta. Vento aqui, vento lá, vento acolá… Se planta, tende a colher.

    ResponderExcluir
  2. Natividade Leite Ribeiro Dias27 de janeiro de 2014 13:08

    Concordo em gênero, número e grau com você Roberto. É a grande oportunidade do Brasil se mostrar para o mundo, mas essa onda de vandalismo está tomando conta do país e como você bem falou os candidatos à Presidência deviam se unir e juntos, em cadeia nacional, deixarem sua mensagem de PAZ para a Copa do Mundo. Um abraço...

    ResponderExcluir
  3. Esse texto prol Copa 2014 é muito frágil ,ignora os principais problemas do país dando relevância a jogos de futebol . Quando estamos doentes não precisamos de estádio , para resolvermos os problemas da nossa educação não usamos estádios e as mortes causadas pela violência no trânsito e nas ruas não são resolvida com o erguimento de estádios . Por que usar o dinheiro que devia ser investido na amenização desses conflitos para a construção de estádios ?

    ResponderExcluir
  4. Particulamente eu sou a favor da realização da copa. só em pensar na abertura da copa quanda a dilma vai ser vaiada por ums cinquenta a secenta por cento de todo povo brasileiro vale a pena. VAI TER COPA E VAI TER VAIA.

    ResponderExcluir
  5. A coisa tá ficando preta..... vai dar merda.

    ResponderExcluir
  6. Para mim, um protesto conduzido por pessoas de MENTES FRACAS E VAZIAS, arruaceiros violentos estimuladas por um esquema oculto, criminoso, anárquico e como o próprio jornalista afirma, FASCISTA E ALIENADO.

    ResponderExcluir
  7. Aecio Neves, Presidenciável do PSDB defendeu a realização das manifestações contra a Copa do Mundo de Futebol no Brasil; segundo ele, atos são "componente fundamental da democracia".

    ResponderExcluir
  8. O TEMPO VAI FECHAR27 de janeiro de 2014 21:03

    TORCIDAS ORGANIZADAS JÁ ESTAO SE ARTICULANDO PARA APOIAR A COPA 2014 E SENTAR O PAU NOS BLACK BLOC EM ENFRENTAMENTOS DE RUA.

    ResponderExcluir
  9. ESSA BADERNA QUE AI ESTA, NÃO E DE BRASILEIRO E SIM DE ARRUACEIROS BANCADOS POR ALGUEM DESSA OPOSIÇÃO FASCISTA QUE AI ESTÁ. SEU AECIO NEVES, SEU EDUARDO CAMPOS E ATÉ A SUPOSTA DEMOCRÁTICA MARINA SILVA, QUE DE DEMOCRACIA ELA NÃO ENTENDE NADA. VAI TER COPA SIM, POIS O GOVERNO TEU MECANISMOS PARA DAR TODA A SEGURANÇA A ESTE EVENTO QUE NUM PAIS CIVILIZADO SEMPRE E BEM VINDO. VAMOS MUDAR ESTE ROTULO DE ULGUNS FALSOS BRASILEIROS. VAMOS FAZER A CORRENTE PRA FRENTE DE 70, PARA QUE ESTE EVENTO QUE TRARA MUITOS BENEFICIOS AO BRASIL POSSA ACONTECER COM TODO SUCESSO, CLARO COM O BRASIL CAMPEÃO. PREA FRENTE BRASIL, SUCESSO DILMA.

    ResponderExcluir
  10. Que pegou o bonde errado nessa historia toda foi a FIFA quando caiu no conto do vigario, acreditando que o lula e a dilma tinha competencia para promover uma copa do mundo. Se arrependimento matasse o presidente da FIFA ja era difunto a muito tempo.

    ResponderExcluir