SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

EDUARDO CAMPOS CRITICA DILMA POR INEFICIÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL CONTRA AS ENCHENTES

A tragédia ocorrida no Espírito Santo, por conta das chuvas, deu o mote para o governador Eduardo Campos (PSB), fazer críticas ao Governo Federal, que a seu ver tem sido ineficiente nesse tipo de questão e somente faz alguma coisa depois do estrago feito.

“Olha, eu sempre digo que não adianta colocar uma tranca na porta da sala depois que o ladrão já assaltou a casa. E este é um dos maiores problemas da velha política do Brasil: os problemas só existem quando ocorrem. Não há a menor estratégia para tentar evitá-los ou reduzir seu impacto antes que eles aconteçam”, escreveu Eduardo em sua página do Facebook.

Segundo o socialista, não é segredo para ninguém que as mudanças climáticas que o mundo vem passando têm causando cada vez mais tragédias. “Em Pernambuco, tomamos diversas ações para minimizar os danos causados pela chuva. Uma delas consiste na construção de cinco barragens em quatro anos, duas delas já estão em construção e não apenas irão resguardar a população local como transformar a realidade da região, atraindo empresas”, informou.

O governador acha que em Brasília ainda é regra esperar o pior acontecer para tomar alguma medida. “Tempos atrás, o ex-Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, do PSB, entregou à Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman, uma MP facilitando o acesso dos recursos às regiões atingidas pela chuva. Isto aconteceu em março de 2012. A MP foi publicada somente agora, depois de passar quase dois anos parada em Brasília”, cutucou.

Para Eduardo Campos foi preciso que uma tragédia se abatesse sobre o Espírito Santo para que finalmente o processo avançasse. “Este é o tipo de ineficiência administrativa que o brasileiro se cansou de ver, e que mostra que Brasília continua morando num Brasil bem diferente daquele que viu o povo ir às ruas no meio do ano”, concluiu o socialista. (Na foto o governador com  Samira Rocha e Deborah Nunes, pernambucanas que integraram a seleção brasileira campeã mundial de handebol em 2013).

4 comentários:

  1. Para Dilma, ÁREA ECONÔMICA ENFRENTA "GUERRA PSICOLÓGICA"

    É VERDADE MESMO.

    A distorção salarial é tão brutal e vergonhosa que,não existe nenhuma comparação lógica e psicologicamente falando se comparar um DEPUTADO FEDERAL E ESTADUAL,UM VEREADOR E UM PREFEITO,UM MINISTRO E UM JUIZ FEDERAL,UM SECRETÁRIO E UM VICE-PREFEITO COM o que ganha uma trabalhador que a partir de Janeiro de 2014 viverá com apenas R$ 724,00.

    Quando a nossa elite (Deputados Federais e Senadores) elevarem os seus salários para 26.700,00 e os juízes foram para R$ 30.000,00 e os Prefeitos acima de R$ 20.000,00 se criou entre os TRABALHADORES de todo o PAÍS uma Guerra Psicológica muito forte.

    Essas críticas do Governador de Pernambuco, do ex-governador de Minas Gerais e da Presidenta da República Dilma Vane Rousseff serve apenas para turbinar a campanha antecipada e para os empresários tomarem partido para poder financiar as campanhas políticas dos mesmos.

    As chuvas que caíram aqui em Pernambuco em 2010 ainda tem casas caídas e não construídas,pontes caídas e não construídas, estradas totalmente esburacadas e asfaltos caindo aos pedaços.

    De matadouro a quadra esportiva, de campo de futebol, a estrada,de açudes e barreiros não feitos, da falta de apoio aos agro pecuaristas com a SECA que ainda continua entre nós, etc.

    Antecipar a eleição de 2014 interessa a quem? Quem é governo tem que enfrentar todos os desafios.Os prefeitos com os pires nas mãos,as obras paradas, obras para serem feitas,servidores públicos sem aumentos, prefeitos afastados de seus municípios por não fazerem quase nada neste ano de 2013.Esse é o quadro pintado em 2014.

    Qual é o prefeito e vereador que vai fazer campanha agora para quem quer que seja. Todos estão ainda cansados da estafante campanha a qual se submeteram.E, no frigir dos ovos, os votos do Governador de Pernambuco são também do Lula e da Dilma.O Bolsa família que o diga.Muitos cruzarão os braços e ficarão calados como eu fiquei naquela campanha de 2006 quando a madeira que cupim não nói derrubou os poderosos. Vamos deixar essa mulher governar porque a maioria dos partidos de oposição neste país se juntaram e esculhambaram as FINANÇAS PÚBLICAS DO BRASIL e é por isso que existe "UMA GUERRA PSICOLÓGICA CONTRA A ÁREA ECONÔMICA DO GOVERNO".

    Esse,contudo,foi o calcanhar de Aquiles que essa mulher enfrentou desde janeiro de 2011.Só Deus sabe o abacaxi que ela enfrentou e ainda hoje enfrenta.Eu ainda sou muito mais a Dilma que outros................

    ResponderExcluir
  2. Coitados do povo de Palmares com a enchentes, quem era o governador de pe. .e bom demais apontar os outros e responsabilizalos.

    ResponderExcluir
  3. De certo, o nosso "ilustre" governador já resolveu todos os problemas que nosso estado enfrentou a alguns anos(não me lembro o tempo exato) quando por aqui também tivemos fortes chuvas e enchentes, é governador como diz um ditado popular UM MACACO NUNCA OLHA PRO PRÓPRIO RABO !!!!

    ResponderExcluir
  4. EU CRITICO EDUARDO CAMPOS POR INEFICIÊNCIA DO GOVERNO ESTADUAL CONTRA A SECA.

    ResponderExcluir