SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

domingo, 17 de novembro de 2013

ANTÔNIO FIGUEIRA VISITA GARANHUNS

O secretário de Saúde de Pernambuco, Antônio Figueira, visita Garanhuns nesta segunda-feira, dia 18. O médico vem conferir pessoalmente obras que estão em andamento no Hospital Regional Dom Moura. Ele também irá visitar o funcionamento da UPAE, localizada na BR-423, nas proximidades da CEAGA.

Antônio Figueira estará acompanhado, durante sua estada na cidade, pelo diretor do Dom Moura, Luís Melo, e pela diretora da V Região de Saúde, Ricarda Samara.

Pelo que tenho conhecimento a Unidade Pernambucana de Atendimento Especializado (UPAE), uma clínica muito bonita construída numa parceria dos governos estadual e federal, ainda está com o atendimento precário. Também está faltando muita informação sobre os serviços oferecidos e como a população pode utilizar  a unidade. Quem sabe com a presença de Figueira em Garanhuns isso melhora.

5 comentários:

  1. Virá visitar os zumbís da saúde estadual. Somente essa figura que pegou todas as boquinhas que Eduardo criou para o IMIP faturar. Porque não pega o Dom Moura pela fundação? Emperrar bêbado de ladeira a baixo é fácil.

    ResponderExcluir
  2. Ou melhora ou fica como está ou piora, piorar tá difícil, já estamos no fundo do poço.Lúcia Maria

    ResponderExcluir
  3. O HRDM ESTÁ UM CAOS E AS AUTORIDADES NÃO PROCURAM MELHORAR ESSA SITUAÇÃO.VAMOS VER SE O POVO DE GARANHUNS E REGIÃO IRÃO ENCHER NOVAMENTE AS URNAS PARA A EQUIPE DE EDUARDO CAMPOS,PQ SE ISSO ACONTECER,MERECEM TUDO Q ESTÁ ACONTECENDO.UM HOSPITAL REGIONAL FALTAR MÉDICOS O TEMPO TODO E NADA É FEITO.

    ResponderExcluir
  4. É blá blá blá e só, e muita gente com 5 mêses de atraso nos seus vencimentos, vivendo de empréstimos e cheque-especial, e o Secretário de Saúde é de Garanhuns, talvez melhor que fosse de outro lugar. Foi a maior decepção, Garanhuns não merecia. Maria Helena C. Borges

    ResponderExcluir
  5. Ele já foi se desculpar com o bispo pelo episódio da médica da UTI que disse que duvidava o bispo prestar assistência religiosa a paciente na unidade?

    ResponderExcluir