ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

UM EXPLICAÇÃO SOBRE O LEILÃO DO CAMPO DE PETRÓLEO DA LIBRA

Muito esclarecedor o artigo escrito pelo jornalista e blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, sobre o leilão do campo de petróleo da Libra. O assunto importante que às vezes a gente fica sem entender por conta do "economês". Mas o texto abaixo nos dá uma boa ideia do que representou este ato do Governo, interpretada à direita e à esquerda levando em conta os interesses partidários e ideológicos, quando deve prevalecer o interesse do país.

Como o artigo era muito longo estamos transcrevendo os trechos principais:

A grande maioria dos brasileiros que se informou – ou que tentou se informar – sobre o recente leilão do campo petrolífero de Libra terminou mais desinformada do que estava antes de empreender tentativa de obter subsídio para formar a própria opinião. Essa maioria ficou perdida entre tantas alegações peremptórias e complexas de parte a parte.
Que tal, então, simplificar?
A verdade sobre Libra, portanto, é uma só: o que afastou boa parte dos grandes tubarões internacionais foi justamente o forte peso do Estado – ou seja, do interesse público – no negócio, reduzindo assim a concorrência àqueles tubarões menores para os quais vale a pena aceitar lucros menos abusivos.
Note-se que, se o governo do Brasil estivesse hoje nas mãos do PSDB, Libra teria sido leiloado sob o regime de concessão, como declarou o pré-candidato a presidente tucano Aécio Neves em nota oficial divulgada na segunda-feira. Abaixo, o texto.
—–
Nota do Senador Aécio Neves sobre o leilão do campo de Libra

O resultado do leilão do pré-sal realizado nesta tarde traz boas e más notícias. A boa é o reconhecimento, ainda que tardio e envergonhado por parte do governo, da importância do investimento privado para o desenvolvimento do país. A má é que o atraso na realização do leilão e as contradições do governo vêm minando a confiança de muitos investidores e, no caso da Petrobras, geraram uma perda imperdoável e irrecuperável para um patrimônio construído por gerações de brasileiros. Nos últimos seis anos, assistimos o valor da empresa despencar, a produção estagnar e o país gastar somas crescentes importando combustíveis, tudo por conta da resistência petista ao vitorioso modelo de concessões. Perdemos tempo, deixamos de gerar riqueza e bem-estar para os brasileiros e desperdiçamos oportunidades.

Senador Aécio Neves (MG)
Presidente nacional do PSDB
—–
O "vitorioso modelo de concessões" a que se refere Aécio Neves é o fracassado modelo de Fernando Henrique Cardoso e que o Jornal Nacional explicou muito bem. No modelo de partilha, além dos R$ 15 bilhões que o país lucrou logo de cara, ainda receberá mais de 40% do lucro líquido, 15% de royalties e toda a carga de impostos, beirando os 80% de participação no lucro do negócio. Pelo modelo "vitorioso" tucano, o Brasil lucraria só com impostos que as empresas privadas pagariam para explorar nossa riqueza.
É mole?
Enfim, esse besteirol politiqueiro – tanto pela esquerda quanto pela direita – esconde que o Brasil, com toda essa dinheirama que começará a jorrar ao fim do mandato do próximo presidente da República – ressaltando que, até lá, os que receberam a "doação" de Libra terão que investir sem parar e sem ganhar nada –, dará um salto impensável há alguns poucos anos.
A quantidade de dinheiro que teremos para investir no social, na Educação e na Saúde deve tornar o país muito menos desigual e muito mais próspero. Querer comparar o leilão de Libra, onde vamos lucrar tanto, com as privatizações financiadas pelo BNDES e pagas com moedas podres da era FHC, acima de tudo é doloroso. O Brasil não merece isso.

4 comentários:

  1. FINALMENTE, O QUE É QUE ESTÁ HAVENDO: PRIVATARIA PETISTA, É ISSO MESMO?!?!?! ACHO QUE ESQUECI DE TOMAR MEU REMÉDIO... NÃO ESTOU ENTENDENDO MAIS NADA... POIS BEM!!! ENTREGARAM O PRÉ-SAL DE FORMA DESESPERADA E COMPLETAMENTE ATABALHOADA, A FINALIDADE ERA PURA E SIMPLESMENTE PEGAR UNS TROCOS PARA FECHAR AS CONTAS NO FINAL DO ANO, É QUE A BANDALHEIRA PETRALHA ESTOUROU O ORÇAMENTO, NÃO DÁ CONTA DE PAGAR JUROS E SUSTENTAR O BANDO DE CARRAPATOS MAMATEIROS PAGOS PARA MENTIR E ACHINCALHAR NA INTERNET. É POR CAUSA DESSE TIPO DO PARASITISMO PETRALHISTA QUE ESSA GENTE TEVE QUE ENTREGAR O PRÉ-SAL, PARA FAZER SUPERÁVIT PRIMÁRIO. DAQUI, CONCLAMO TODA ESSA CORJA DE QUADRILHEIROS MENSALEIROS PARA UMA REFLEXÃO: ATENÇÃO, PETEZADA ENLOUQUECIDA!!! SEJAM HOMENS E HONREM SUAS CALÇAS!!! DÊ DE GARRA DE SUAS PACAS ECONOMIAS E INVISTAM NA PETROBRÁS!!! COMPREM AÇÕES!!! QUERO VER SE POSSUEM CORAGEM PARA TAL INVESTIMENTO, DEPOIS QUE O PT SUCATEOU A EMPRESA, ESGOTOU SUA CAPACIDADE DE INVESTIMENTO E DEIXOU LÁ EM BAIXO ÀS FINANÇAS!!! VAMOS LÁ CAMBADA, CORAGEM!!! SEJAM COERENTES AO MENOS UMA VEZ NA VIDA E FAÇAM EXATAMENTE O QUE DEFENDEM!!! OU SÓ SABEM FAZER GENTILEZA OU GALANTEIO COM O CHAPÉU ALHEIO, HÉIN?!?!?!


    P.S.: - A cascateira Dilma se esqueceu de informar que além da privatização do petróleo que não é mais nosso, agora é dos chineses, não houve nenhum ágio. Quer dizer, por ter um só comprador, concorrente ou consórcio, o troço foi vendido pelo preço oferecido, em detrimento de que se houvesse concorrência, evidentemente que haveria ágio e o preço iria lá pra cima. A cascateira também “esqueceu” de nos passar a informação que esses 15 bilhões de reais só entra em sua totalidade nas rubricas da SAÚDE e da EDUCAÇÃO daqui há 35 e cinco anos. Ou seja, no ano de 2048. Daqui pra lá, com certeza já teremos ou estaremos fazendo uso de energia alternativa como a AEÓLICA que vem da brisa do mar. TÔ MENTINDO MARINA!!!

    ResponderExcluir
  2. RE-RATIFICAÇÃO - LEIA-SE: 1 TRILHÃO DE REAIS DURANTE OS 35 ANOS AO INVÉS DE R$ 15 BILHÕES.

    ResponderExcluir
  3. O FATO É: HOUVE PRIVATIZAÇÃO.
    QUANDO HÁ CONCESSÃO, A EMPRESA PRIVADA COBRA DIRETAMENTE DO CIDADÃO AS TAXAS PARA SE MANTER NO NEGOCIO, COMO NESSE CASO O PAGAMENTO É O PETROLEO AS EMPRESAS FICAM COM ELE, O BRASIL FICA COM AS SOBRAS E A GASOLINA CONTINUA A AUMENTAR, TANTO QUE, DAQUI HA ALGUNS DIAS TEREMOS NOVO AUMENTO.
    TUDO ISSO FAZ PARTE DE JOGUETES POLITICOS E CORRUPTOS, E QUE SEMPRE SE LASCA É O POVO.

    ResponderExcluir
  4. Achei precipitada e intempestiva, além de uma celeridade sem nenhum propósito, essa venda açodada do campo de LIBRA, não que seja contra, continuo achando que é função do estado: saúde, educação, segurança e infra-estrutura. Sei também que não houve moeda podre, nem dinheiro do BNDES, porém me parece que essa urgência, foi a chance quase que única para urgentemente fechar-se o caixa que estava negativo. Pode-se dizer que o valor da venda poderia ter sido bem maior,vender pelo preço mínimo foi frustante, não houve a meu ver, um melhor planejamento, e uma preocupação maior com o patrimônio do povo. Fui crítico de FHC, e serei crítico da Presidente Dilma, quando minha consciência me alertar para não concordar, e essa não deu para engolir.

    ResponderExcluir