SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

domingo, 29 de setembro de 2013

AUDÁLIO SUGERE CONSTRUÇÃO DO ARCO RODOVIÁRIO

Através do Requerimento nº 713/2013 de 25 de setembro de 2013, o vereador Audálio Ramos Filho solicitou ao DNIT informações atuais sobre o andamento do projeto de duplicação da BR 423 (São Caetano – Garanhuns). Esta solicitação visa atender instituições, autoridades e a população em geral, que buscam informações. 

Ouvindo a sociedade, Audálio Filho, sugeriu que o traçado da duplicação seja feito fora da zona urbana, seguido da construção de um arco rodoviário, passando pelos Sítios Papa Terra e Riacho da Espera, saindo na BR 424, o que abrirá novos possibilidades ao longo desse trajeto, com mais desenvolvimento econômico e equilíbrio, a exemplo de uma nova área industrial moderna e ampla, e da expansão imobiliária e comercial, captando mais investimentos para Garanhuns, sem trazer danos à mobilidade urbana de nossa cidade.

Diversas pessoas têm se manifestado a favor da construção do arco rodoviário, de modo que a BR não passe por dentro de Garanhuns. Um dos que mais tem lutado por essa proposta encampada por Audálio é Ivan Rodrigues. Recentemente o ex-prefeito de Itaquitinga,  Giovani Oliveira, natural aqui da terrinha, também publicou um artigo no blog de acordo com a proposta de Ivan.

2 comentários:

  1. Se começarem com esse lenga lenga vai acabar ficando sem a tão sonhada duplicação pq é mais um motivo para atrasar a obra.Marcos boa vista

    ResponderExcluir
  2. Marcos boa vista: Isso que você chama de "lenga lenga" é uma discussão séria sobre a ultrapassagem de Garanhuns por um anel rodoviário pra não se destruir uma parte da cidade, conforme se observa ter acontecido inclusive no Recife. Não tem nada a ver com a duplicação da estrada que já está decidida e com recursos alocados. Sujeitar-se à violência que o projeto inicial iria provocar é pensar pequeno, companheiro. Não podemos, nem devemos aceitar. Abraço de Ivan Rodrigues

    ResponderExcluir