SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

A VIDA DOS OUTROS

O alemão Florian Henckel von Donnersmarck, com esse nome extenso, complicado para nós brasileiros, dirigiu em 2006 uma obra prima do cinema político, o filme A Vida dos Outros.

De maneira inteligente e sensível o cineasta envolve completamente o expectador ao contar como era a vida na Alemanha Oriental antes da queda do Muro de Berlim.

O personagem Gen Wiesler, agente da Stasi, a polícia do Estado, recebe ordens para espionar o dramaturgo Georg Dreyman, namorado da atriz Christa Maria, esta envolvida com o Ministro da Cultura do país, para poder sobreviver no regime comunista.

É como se nós mesmos estivéssemos vendo por uma fresta de porta o dia a dia de cada personagem, todos vivendo o pesadelo de um regime político patético, capaz de sufocar todas as liberdades, inclusive a de pensamento.

Só mesmo assistindo A Vida dos Outros para conferir sua beleza e qualidade artística, com bons atores, excelente direção e uma história real que mais parece ficção. Mas o horror, disfarçado com o nome de socialismo, aconteceu na Alemanha Oriental, na Hungria, na Polônia, na antiga União Soviética e em muitos outros países do Leste Europeu. É um filme que vale por um pequeno seminário de História.

Merecidamente, o longa ganhou o Oscar de "Melhor Filme Estrangeiro", em 2007.

Um comentário:

  1. Temos que ter o devido cuidado ao assistir esses filmes. Pois esse, como uma enorme quantidade de obras com essa temática, principalmente as americanas, tendem a demonizar o comunismo. E por mais ineficaz que o comunismo se mostrou, ele deixou uma herança benéfica a nós trabalhadores, como a diminuição da jornada de trabalho, por exemplo. É interessante que filtremos com muita atenção o que se escreve e o que se produz de maneira geral sobre o comunismo para não que não esqueçamos que o grande vilão de nosso mundo é o capitalismo e o enriquecimento contínuo daqueles mais favorecidos em detrimento dos mais pobres.

    Daniel Lima

    ResponderExcluir