SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sábado, 23 de março de 2013

DESABA PARTE DA ESTRUTURA DO CENTRO DE CONVENÇÕES DO SESC GARANHUNS

Parte da estrutura do futuro Centro de Construções do Sesc Garanhuns desabou no início da tarde, segundo informou em primeira mão a colunista Josália Pimentel. Nenhuma pessoa se feriu com o acidente, que ocasionou apenas problemas materiais.

Há poucos dias o jornalista Saulo Paes informava que as obras de construção do Centro de Convenções do Sesc, denominado Complexo Cultural Ferreira Costa, estavam sendo feitas em ritmo acelerado.

O complexo consta de um cinema de última geração, um sofisticado teatro e o Centro de Convenções em si, que levará o nome do Monsenhor Adelmar da Mota Valença.

Segundo Saulo, o Serviço Social do Comércio investe em Garanhuns, para concluir essa obra, mais de R$ 20 milhões.

O professor Josias Albuquerque começou a lutar por esse Centro de Convenções ainda na gestão do prefeito Silvino Duarte. Foi feita a doação do terreno da antiga Secretaria de Obras, pelo Poder Executivo, mas a obra demorou a ser iniciada.

A imprensa local cobrou, o ex-prefeito Luiz Carlos chegou a ser responsabilizado por alguns entraves burocráticos, porém tudo se resolveu e o SESC acelerou os trabalhos.

Tudo indica que o Centro ficará de primeira, como é por exemplo o Restaurante Chá Preto, também uma conquista de Josias Albuquerque para os comerciários e toda Garanhuns.

Felizmente não tivemos danos maiores na construção e esperamos ver dentro de algum tempo o Centro de Convenções pronto, servindo à população de Garanhuns e do Agreste. 

(A foto da construção no Sesc foi publicada originalmente no Blog de Saulo Paes).

15 comentários:

  1. Esta é a única e a melhor forma do meio ambiente se manitestar...
    São mais de 50 anos de violência contra a natureza. Aterrar um manancial com LIXO... !!!!
    Quem planta colhe...
    Justamente no dia que se comemora o DIA DA ÁGUA." - Ironia ou castigo ? Você decide !
    E assim, de descaso em descaso, se conta a história de Garanhuns.
    E ainda, ficam INVENTANTO desculpas para o inevitável e injusticável.
    Viva o progresso e o desenvolvimento.
    SALVE O MEIO AMBIENTE..

    ResponderExcluir
  2. Esta é a única e a melhor forma do meio ambiente se manitestar...
    São mais de 50 anos de violência contra a natureza. Aterrar um manancial com LIXO... !!!!
    Quem planta colhe...
    Justamente no dia que se comemora o DIA DA ÁGUA." - Ironia ou castigo ? Você decide !
    E assim, de descaso em descaso, se conta a história de Garanhuns.
    E ainda, ficam INVENTANDO desculpas para o inevitável e injustificável.
    Viva o progresso e o desenvolvimento.
    SALVE O MEIO AMBIENTE..

    ResponderExcluir
  3. É Fernando, paga-se muito para p acesso. caro pelo descaso com a natureza em nome do progresso. Foi mais fácil destruir um manancial e contaminá-lo do que construir uma ponte como via de acesso.

    ResponderExcluir
  4. Sei da responsabilidade de fazer uma obra como essa, mas e agora, até onde vai a segurança desse centro de convenções?
    Ou não é pra se preocupar com isso? Mesmo com toda tecnologia existente, até onde aquele local oferecia condições para receber uma construção de tamanha envergadura?

    Pedro Souza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JUSTAMENTE ESSE LOCAL NAO TEM NENHUMA ESTRUTURA PARA REALIZAR UMA OBRA DESSAS MAIS SÓ QUE ELES NAO ESTAO NEM AI PRA ISSO OQUE ELES QUEREM É CRESCER MAIS E MAIS A GANANCIA É TAO GRANDE QUE ELES ATÉ AGORA NAO PARARAM ESSA OBRA UMA QUEBROU A PERNA E OUTRA SE MACHUCOU A NOITE NESSA MESMA OBRA MAIS ELES NAO TIVERAM CORAJEM DE PARAR A OBRA PARA AVERIGUAR ALGUMA COISA AI EU PERGUNTO ESSA OBRA TEM CONDIÇOES DE CONTINUAR...

      Excluir
    2. JÁ E DO CONHECIMENTOS DE TODOS NÓS, PLANTAMOS COLHEMOS NAO SE PODE FASER TAMANHA OBRA NO TERRENO ONDE UM DIA FOI CASTIGARAM A NATUREZA TEMOS QUE NOS PRELCUPARMOS QUANDO A NATUREZA DA SUA RESPOSTAS NIMGUEM QUER PARAR ESTÁ SEMPRE AVAÇANDO TENTANDO RECONSTRUIR REFLORESTAR PORQUE AO INVES DISSO NÃO PRESEVA O MEIO AMBIENTE. ISSO NAÕ E SURPRESA ISSO E A REALIDADE VIVA O MEIO ANBIENTE PARA CRESÇER TEMOS QUE REGAR E PRORTEGER COM MUITO AMOR A MÃE NATUREZA;

      Excluir
  5. AMBIENTALISTA QUE NÃO GOSTA DO VERDE24 de março de 2013 10:08

    Pelo o que vie aqui já soma quato os voto da musa da catinga do nordeste marina silva: Altamir, Candido, Fernando luna e Genaldo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. A imprudência dessa construção, uma obra grandiosa, um centro de convenções,utilizando-se milhares de toneladas de concreto, em cima de um manancial, infelizmente aterrado com lixo,ou seja pouca sustentação, só podia dar no que deu, pior se fosse em dia útil, quantos trabalhadores poderiam estar soterrados, ou mortos. Infelizmente, no Brasil os poderosos passam por cima de tudo, inclusive da lei e aí por omissão das autoridades, foi assim em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, acontecem as grandes tragédias.
    Aqui, graças à Deus não aconteceu o pior, apenas um aviso.

    ResponderExcluir
  7. Devem ir no Rio de Janeiro pedir ao pessoal do Morro do Bumba, dicas de como construir em cima de um lixão desativado. hahahahaha

    ResponderExcluir
  8. Meu Deus, quanta baboseira saindo da boca dessas pessoas? nossa parece que vivemos em um mundo fechado ao crescimento. Se utilizaram o local como deposito de lixo, que culpa tem quem está realizando a obra? pelo contrário estão salvando um espaço onde como foi falado era deposito de lixo. Me impressiona mais a quantidade de "engenheiros civis" que dão parecer sobre o problema, sem conhecimento nenhum, realmente por isso o Brasil não vai para frente. como é que não tendo conhecimento nenhum de causa venho numa rede social falar do que acontece? Precisamos antes de falar ter conhecimento para tal. Edmar vc é engenheiro? Fernando, ironia ou destino? está louco? um acidente! chega a ser engraçado, vc é comediante? manancial? vcs já olharam a planta de lençois freaticos de Garanhuns? é do outro lado, proximo ao Pau-pombo. Vão estudar primeiro antes de falar algo que não tem competência para isso.

    ResponderExcluir
  9. Infelismente não há nada que os "poderosos" façam que não seja aprovado. Todos os atos cometidos contra a natureza iram se voltar para aqueles que usaram um meio de atacá-la de forma cruel. Um lugar onde ja foi jogado lixo, de certa forma agora querem tentar mudar a historia! Melhor parar antes que outras pessoas acabem sofrendo numa tragedia pior. Primeiro tem que preservar.

    ResponderExcluir
  10. baboseira porque se realmente nao se pode onstruir tamanha obra em cima de um aterro infeslimente os engenheiros os poderosos a ciencia jamais vai impedir a resposta da natureza como jamais empendirao NOSSO DEUS DE FAZER JUSTIÇA quem planta colhe agora preserva cuida para o nosso planeta temos que cuida bem do meio ambiente para pode entao combra e nao sai falando por ai que se fala babozeira apenas estao preulpados com o que pode vir abaixo tudo ali
    e muito peso para tenho certeza o aviso foi dado ou param e obedece eles vao ter nas maos o pode da escolha

    ResponderExcluir
  11. Muito mais errado do que construiri e cair, foi a doação que o ex-prefeito fez ao SESC ( que não precisa de doação nenhuma ) , sem consultar a população. Será que o "Centro de Convenções" foi a única barganha?

    ResponderExcluir
  12. Depois reclamam que Garanhuns não vai para frente. Quanta baboseira!!!!!!!!!!!!!!!! Ei como foi com tanta coisa, tá achando ruim Garanhuns, Caruaru te aceita de braços abertos SESC!!!!!!!!! Caruaru de braços abertos!

    ResponderExcluir
  13. O QUE MIN PREOCUPA SÃO OS TRABALHADORES QUE FORAM ATINGIDOS UM COLEGA QUE QUEBROU A PERNA E OUTRO O BRAÇO, SERA QUE ELES SERÃO TRATADOS COM DIGNIDADE E RESPEITO, OU SERÃO JOGADOS PARA O INSS SEM NENHUMA ATENÇÃO COMO JÁ ACONTECEU COM OUTROS?

    ResponderExcluir