SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

FILME DE PERNAMBUCANO PREMIADO NOS EUA


O filme “O Som ao Redor”, do jornalista e cineasta pernambucano Kleber Mendonça, foi escolhido na noite passada como o melhor longa latino-americano pelo júri da 3ª edição do Prêmio Cinema Tropical, entregue na sede do The New York Times. O drama, que tem sua história ambientada no Recife, concorreu com produções do México, Argentina, Chile e o também brasileiro “Heleno”. Este último resgata a biografia de um grande jogador de futebol nacional do passado.


Apesar de muitos filmes de qualidade, na década atual, o cinema nacional anda perdendo público nos últimos dois anos. Conseguiu quebrar o recorde de “Dona Flor e seus Dois Maridos”, com “Tropa de Elite 2”, mas depois disso não emplacou nem um grande sucesso. Mesmo “Gonzaga – De pai pra filho” teve bilheteria modesta, embora tenha superado o número de expectadores de “Lula o Filho do Brasil”. Mesmo assim os cineastas vão em frente, contribuindo com a sétima arte e a cultura nacional. Ponto para o pernambucano Kléber Mendonça.


(Na ilustração uma cena de "O Som ao Redor").

Um comentário:

  1. O filme é soberbo. É pernambucano, é recifense, é brasileiro e é universal. Saí impressionado da sessão, de verdade.

    ResponderExcluir