ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

domingo, 22 de abril de 2012

VERGONHA NO CURSO DE MEDICINA DA UPE

Infelizmente, quando Garanhuns aparece nas páginas dos jornais da capital é com notícia ruim. Hoje o Jornal do Commercio trouxe uma reportagem que é uma tristeza para a cidade. O curso de Medicina da UPE, tão comemorado e aplaudido por amplos setores da sociedade, funciona precariamente. Do jeito que vai teremos médicos mais habilitados a por em risco seus pacientes, de que com formação para salvar a vida das pessoas.  

Segundo o JC, os 39 alunos da primeira turma de Medicina da UPE Garanhuns estão frustrados. Passaram no vestibular mais concorrido do Estado e estão fazendo um curso sem nenhuma estrutura. Como a Universidade e o Governo não tomam providências, diante das reclamações, os estudantes foram ao Ministério Público.

Não podia ser diferente. Um aluno revelou ao jornal que durante o primeiro ano de faculdade os estudantes de medicina viajaram 230 quilômetros de Garanhuns a Recife para assistir a uma aula de anatomia, pois o laboratório daqui não tinha peças (cadáveres) destinadas à disciplina. Dos 20 microscópios, mais da metade está quebrada. 

Enquanto isso o Curso de Medicina do Instituto Tocantinense (da iniciativa privada), com melhor estrutura em todos os sentidos, continua proibido de funcionar. Está esperando a boa vontade do MEC. Isto é Brasil. Isto é Pernambuco. Algumas coisas melhoraram neste país, outras realidades são as mesmas de muitos anos atrás. Fatos como estes deviam envergonhar os governantes, principalmente quem teve 93% dos votos dos garanhuenses e é apontado nas pesquisas como o mais popular do Brasil. (Foto da UPE: Jornal do Commercio).

27 comentários:

  1. Mais a culpa é da imprensa pernambucana que a cada momento coloca Eduardo Campos como um grande administrador, escondendo as coisas erradas que esse governo faz, espero que com essa reportagem possamos definitivamente dizer NÃO a imposição deste coronel sem farda chamado EDUARDO CAMPOS o mentor dos precatórios que destruiu a imagem de Dr. Miguel Arras de Alencar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FALOU E DISSE.O DUDU É ISTO AÍ.SE ELE DESTRUIU A IMAGEM DO AVÔ, O QUE ESPERAR DESTE GOVERNO?

      Excluir
  2. Assino embaixo, Roberto Almeida. Sentimo-nos todos frustrados. Este é um assunto tão sério que a sociedade inteira precisa se mobilizar para cobrar do governador providências. Uma falha terrível do governo do estado.

    Desde já peço licença para transcrever no meu blog esta matéria.

    E enquanto isso a Faculdade de Direito de Garanhuns - FDG, dá um show de aprovações no exame da OAB.

    ResponderExcluir
  3. E qual foi a "promessa" do Ministério Público? Coitados desses estudantes! Lastimável! E a FAMEG vai funcionar ou não? Espero que sim e com melhores estruturas do que a UPE. "ISTO É UMA VERGONHA" (Boris Casoi)

    ResponderExcluir
  4. Roberto, muito portuno a sua reportagem. Imaginamos a nossa cidade sem o apoio dos jornalistas e da Promotoria publica para fazer as coisas acomtecerem. Ofato recente foi a brilhante atuacao do Dr. Alexandre estipulando um limite para o Sr. Prefeito, cocluir as obras das pracas da cidade. Desta feita o registro lamentavel da U P E, o Curso de Medicina, denuncia feita pelos proprios alunos. Deploravel ´e a situacao da FAMEG, com uma estrutura mudelar, segundo especialistas na area academica,sem funcionar. Os blogueiros me parecem que ja visitaram a FAMEG.

    ResponderExcluir
  5. Caro Roberto, conheceos um aluno,que, segundo o proprio a Institicao FAMEG, uma estrutura invejavel, composta salas de aulas bibioteca com anbientes climatizados e demais equipamentos. O referido jovem falou que forte da Faculdade Sao os seus laboratorios 8, sendo que o laboratorio de anatomia alem daspecas `e compartilhada por cadaveres, para a pratica dos seus alunos.

    ResponderExcluir
  6. Acreditamos jornalista que em dias passados ja ununciava mais o curso de Efermagem,na U P E, palavras do Deputado Izaias Regis, esperamos que o referido representate de Garanhuns, tenha lido a reportagem do Jornal do Comercio e o seu operante TRABALHO.

    ResponderExcluir
  7. Roberto,tenho um sbrinho que esta matriculado na Fameg, estudou 2 periodos 1 ano, os seus professores na fua totalidade sao mestre e doutores , tem bons salarios e ainda recebem ajuda de custo para viagens e hospedagens. O aluno em questao , adiantou que os professores , apesar de nao estarem dando aula sao mantem contrato co a organizaco e rerebem regularmente os seus salarios

    ResponderExcluir
  8. Já entendi tudo, o alvo de roberto almeida é o Governador Eduardo Campos. Eu tava pensando que a campanha do forasteiro de lajedo era uma posição de defesa.
    Que nada, o dourado é apenas uma vitima desse jornalista direitista que quer na verdade é atingir o nosso grande governador.
    Agora entendo porque ele com tanto assunto graves dos politicos de garanhuns, não escreve uma só linhas desses descarados.
    Tou começando a raciocinar que esses candidatos são tudo farinha do mesmo saco, só que o roberto não quer rotula-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lá vem o bestão confundir alhos com bugalhos.
      O jornalista está defendendo os estudantes e a faculdade seu alienado e Dourado não tem nada a ver com isso até porque ele disse que os médicos são todos ladrões portanto esse prefeito de Lajedo não tem autoridade para se meter nessa questão.
      VAI ESTUDAR BESTA QUADRADA!

      ESTUDANTE DA UPE

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk coitado! Iludido! Você ta julgado a pessoa errada! Parece piada ler um comentário desses, mas não vou ter pena de você, porque para você defener tanto só o que não presta, deve ta ganhando algum por fora! me polpe!

      Excluir
  9. Roberto, ALGUMAS AUTORIDADES,que estavam presen no ato de inauguracao da faculdede fantasma , sem CADAVER, a Presidente Dilma o Coronel Eduardo o oporoso Prefeito Luiz Carlos o falanta deputado Izais Regis entre outros.

    ResponderExcluir
  10. Roberto, parabens por sua GARRA, Garanhuns cidade do canibalismo e faculdade fantasma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respeite Garanhuns, esses canibais nao sao daqui, estao ha un ano e Gsranhuns nso pode ser taxado com esse titulo. Esse Anonimo ANIMAL deve ser de Lajedo seu irresponsavel respeite nossa terra

      Excluir
  11. Caro Blogueiro, merece ser publicado, se trata de uma nota de esclarecimento da turma de medicina a toda sociedade, principalmente a de Garanhuns.

    Nota de Esclarecimento

    O estudante é a força propulsora do país, justamente, por estar sempre em busca do conhecimento e da melhor forma que esse conhecimento pode ser aplicado. Assim, são formados os diversos profissionais necessários ao desenvolvimento econômico do país.

    Aos estudantes do primeiro curso de medicina da Universidade de Pernambuco do Campus Garanhuns é dada a responsabilidade de transformar, eficiente e qualitativamente, a realidade da saúde no interior de Pernambuco, estado que, por ser uma das referências brasileiras na medicina bem como na economia, abraçou a política de interiorização da saúde em conjunto com o governo federal representado pela Presidente Dilma Rousseff (que até esteve presente em nossa aula inaugural).

    Contudo, para que a formação desses estudantes se dê de forma responsável e equilibrada – sem que haja contratempos, tais como o atraso de quase um mês da aula inaugural desse curso, o número insuficiente de professores e a falta do prédio com salas, biblioteca e laboratórios próprios para o curso de medicina –, é preciso:

    1) Concurso público para quadro permanente de professores de acordo com todas as disciplinas necessárias a formação do estudante de medicina;

    2) Construção do prédio com salas, biblioteca e laboratórios com características necessárias ao curso de medicina, e prover o laboratório de anatomia de peças anatômicas naturais;

    3) Vincular a administração do Hospital Regional Dom Moura à da Universidade de Pernambuco e adequar esse hospital aos parâmetros reais de um Hospital Universitário, nos moldes vigentes pelos Ministérios da Saúde e da Educação.

    Nós, estudantes de medicina da UPE-Campus Garanhuns, alimentamos com seriedade o compromisso com a Educação e a Saúde por respeitarmos a população brasileira, principalmente, aquela que tem sofrido bastante com a ainda atual precariedade da saúde pública. É o nosso desejo atender ao pedido do Governador Eduardo Campos em nossa aula inaugural: “Guardem o compromisso de atender o povo pobre com quem vocês vão aprender nos hospitais públicos”.

    É assim que construiremos um Brasil melhor por fazer a nossa parte no interior de Pernambuco e por – como o Governador Eduardo Campos destacou – “marcar época pelo desejo de saber e de ser solidário aos que mais precisam”. Para que isso seja possível, é preciso favorecer a boa formação do futuro médico. Afinal, esse sempre foi um dos investimentos da população brasileira a partir do pagamento dos impostos e de outras responsabilidades. É essa mesma população que já não aguenta esperar pela resolução dos problemas da saúde pública, e é ao lado dela que nós – estudantes de medicina da UPE-Campus Garanhuns – estamos.

    Em respeito aos nossos atuais competentes professores (que não mais nos acompanharão a partir do terceiro período devido a restrições do Processo de Seleção Simplificada), a sociedade pernambucana, aos nossos familiares e a nossa dedicação como estudantes, resolvemos por expor toda essa conjuntura.

    Garanhuns-PE, 22 de abril de 2012.

    ComECE.

    ResponderExcluir
  12. PAULO CAMELO, COMENTA:
    Com a palavra aqueles políticos que se dizem "autores" da implantação do curso de Medicina da UPE.
    Com a palavra o governador Eduardo Campos.
    Com a palavra o Diretor da UPE, professor Pedro Falcão, ex pré-candidato a Prefeito da explorada Garanhuns.
    O curso de Medicina já nasceu carente de professores devido o baixo salário.
    Além do mais a pouca estrutura realizada se deve aos recursos destinados pelo governo Lula e nunca citados pelo governo do Estado de PE.
    Só um "cego" não vê que o governador Eduardo Campos é um fiasco, pois tudo de bom que acontece no Estado de Pernambuco se deve aos recursos oriundos do governo federal e da inicitiva privada.
    Sugiro que o PT comunique a ocorrência a presidente Dilma, a qual esteve aqui em Garanhuns para a aula inaugural do curso de Medicina, o qual funciona precariamente. Na prática enganaram nossa presidente Dilma.
    Ora, se o Estado de PE vai bem, é um dos Estados da Federação que mais arrecada impostos, perguntar não faz mal: Porquê o governador solicitou empréstimo internacional de aproximadamente 1 bilhão de reais? E para quê?
    Porquê os salários dos servidores do Estado é baixo?

    ResponderExcluir
  13. Toda, mais toda mesmo, a IMPRENSA de PE ta comprada, nao existe critica alguma a esse DITADOR, veja o exemplo de Garanhuns todas as radios tem propaganda do estado, sabe quando alguma vai fazer uma critica ao Ditador Eduardo Campos nunca. Mais esse e o pagamento de quem deu 93% dos votos a ele, sem falar q esta e a grande obra dele em Garanhuns, nai fez maus nadaAa

    ResponderExcluir
  14. Essa é a verdadeira cara do governo de Pernambuco,o descaso com as coisas que sao importantes,fazem muita propaganda,iludem a populaçao com uma politica nojenta populista,voltada para a manutençao de currais eleitorais.

    ResponderExcluir
  15. ZECA BARBOSA COMENTA:

    Nos anos de 2006 a 2007 eu trabalhei na Barreira Fixa de Bom Conselho.Eu passava por Brejão,Terezinha e Bom Conselho.E pensava todo santo dia.Que vergonha, 27 vereadores existem nesses municípios e 3 Prefeitos e ninguém faz nada para protestar contra as péssimas estradas?

    No dia 21 de abril de 2012 estive em Bom Conselho e fui visitar o Posto Fiscal e a Barreira Fixa de Bom Conselho (ADAGRO) e retornei à noite e fiquei encantado com a luminosidade e a conservação da Estrada. Agora sim, criaram vergonha.

    De 2007 a 2010 a estrada esfaltada de Lagoa do Ouro a Garanhuns se encontrava com vários buracos. Somente em abril de 2010 é que tivemos a operação tapa buraco.Eu fiz um abaixo-assinado e enviei ao Governo do Estado via Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural.

    Com a chegada do inverno a estrada se acabou totalmente. De 2010 a Setembro de 2011 a Estrada apresentou 3.000 buracos.No dia 25 de Setembro eu concedi uma entrevista no Programa ARRAIÁ DO GLÁUCIO COSTA DA RÁDIO MARANO e fiz uma crítica muito forte. No dia 26 escrevi para o BLOG de ROBERTO ALMEIDA e relatei tudo direiteinho apelando a todos que tiveram votos em LAGOA DO OURO,do Exm° Deputado Federal Inocêncio Oliveira A Woney Queiroz, do Exm° Deputado Estadual Leonardo Dias a Claudiano Martins,dos Senadores Humerto Costa e Armando Monteiro e especialmente ao Exm° Governador Dr. Eduardo Campos.

    Com três dias depois o Sr. Advogado Luciano Vieira de Freitas foi a Rádio Marano e o ex-prefeito Marquidoves Vieira Marques foi a Rádio Florestal e o enviado do Governador esteve em Lagoa do Ouro para executar a operação tapa buracos.

    Pois bem, eu quis mostrar aos senhores BLOGUEIROS e leitores e, particularmente, aos estudantes de MEDICINA de Garanhuns que é preciso se organizar nos DIRETÓRIOS ACADÊMICOS,formar grupos fortes e gritar sempre e constantemente.Nâo é preciso ter mandato para reivindicar alguma coisa.

    Em 1987 nós ex-xepeiros da CASA DO ESTUDANTE DE PERNAMBUCO nos organizamos a frente o nosso Colega xepeiro hoje Advogado Dr PEDRO DE ASSIS de São José do Egito fomos a luta. Paramos o trânsito do Recife com caçarolas, vários outros materiais e fizemos um grande protesto contra o fechamento da nossa Casa dos Estudantes no Derby em Recife.

    Eu fui entrevistado pela Rede Globo.Em Lagoa do Ouro colocaram um apelido em mim de "RASPADOR DE CAÇAROLAS".Isto em 1987.

    Enfim, fomos coroados com êxitos,pois à partir daquele momento fomos recebidos pelo governo e também recebmos do Ministério da Educação um maior atenção.

    "Vem vamos embora que esperar não é saber, quem sabe faz a hora não espera acontecer" . "ESTUDANTES UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS".

    Parabéns, Roberto Almeida, é assim que se faz jornalismo,buscando informações e resolvendo os nossos problemas.

    PROFESSOR ZECA BARBOSA -LAGOA DO OURO-PE
    zecabarbosafilho@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. PAULO CAMELO, CONTINUA COMENTANDO:
    Cadê o Diretório Acadêmico? Cadê o DCE?
    Cadê os demais pré-candidatos a Prefeito de Garanhuns?
    O Movimento Estudantil se mobiliza espontâneamente em todo o Brasil, especificamente dos estudantes de Medicina da UPE de Garanhuns, isto é, sem o comando das lideranças estudantis.
    Tudo isso é resultante da vinculação dos dirigentes em sua maioria ao PCdoB e em pequena parcela ao PT.
    Hoje as entidades estudantis, assim como sindicais, recebem verbas do governo federal para promoverem sua atividades.
    Na época que Paulo Camelo era Presidente do Diretório Acadêmico da UFPE, recebíamos a polícia política da Ditadura Militar para reprimir com violência nossas manifestações.
    TENHO DITO

    ResponderExcluir
  17. E ai?!Só se fala que não temos Prefeito, qua a administração municipal é desastrosa e por ai vai...Cadê o bonzão do Governado que trouxe a Presidenta aqui pra inauguração de algo que esta funcionando precariamente?!?
    Eduardo Campos abandona Garanhuns e depois quer empurrar candidato fraco como é Antônio João de goela abaixo!!
    Vai passando Eduardo Campos!

    Heitor
    Ibirajuba-PE

    ResponderExcluir
  18. Bom dia a todos, como ex-alunos da nossa querida instituição isso não é novidade, fui aluno do curso de psicologia da mesma instituição citada, apesar do slogan de que universidade é para todos, tive que gastar em torno de um salário mínimo por mês para me tornar um profissional de qualidade, já que a biblioteca da instituição atendeu apenas as minhas necessidades até o 2º período (períodos básicos), a partir dai tive que comprar minha biblioteca.

    Da instituição apenas o quadro de professores que é que tem o seu maior valor, mas, profissionais sem instrumentos (livros entre outros materiais), não podem desenvolver o potencial máximo de seus alunos (e reitero aqui a origem da palavra "aluno" --> sem luz).

    Digo da seguinte maneira, que está é uma ótima instituição, com ótimos professores e uma péssima estrutura, e nesse país onde tudo depende de força de vontade e caneta, não acredito que o que está escrito nessas linhas seja novidade.

    Espero que os queridos colegas de instituição, falo de todos os cursos, entre eles as licenciaturas e os bacharelados formadores de bacharéis e não de doutores (o pronome de tratamento correto para esses profissionais após formados é "Ilustríssimo (a)" ou "Ilmo(a)).

    Como bom nordestino não posso chegar perto do fim diferente:
    "Em terra que se planta miséria e se colhe tanta desigualdade, no final do túnel há uma luz, chega a nossa terra árida um grande advento chamado "DEMOCRACIA - onde todos tem direitos iguais" até os futuros doutores de nossa terra comeram do pão que o diabo amassou e retribuiriam daqui a cinco anos com o vomito de tudo que tiveram que engolir durante os anos que se passaram, e nós em nossa imaturidade agradeceremos por seus bons serviços que serão piores que hoje, nos restando celebrar o velório daquele médico de familia que chegava na casa do cidadão ou até mesmo no meio da rua perguntava "bom dia, como está o sr. seu joão?".

    Como profissional que trabalho com subjetividade, não gosto quando sou tratado como "O PRÓXIMO", semelhante a um produto em um caixa de supermercado, ou que mesmo sendo atendido em consultório particular alguém metido a esperto pergunte "que horas quero ser atendido?" Terminando com a frase "ele (o médico) atende por ordem de chegada (chegada atrasada do médico), quero ser individuo numa coletividade.

    Perante tanto otimismo disfarçado de pessimismo, não poderia terminar diferente. E é com grande satisfação e desejo que espero está errado.

    Arthur Schopenhauer

    ResponderExcluir
  19. Jonatha
    Garanhuns é o depósito de lixo do Estado de Pernambuco e dos políticos “AQUI” constituídos, ou seja, os que nós votamos e estes não fazem ABSOLUTAMENTE NADA para melhorar a imagem de Garanhuns. Esta faculdade de medicina era um sonho que esta se tornando pesadelo pela incompetência dos gestores da faculdade e dos governos estadual e municipal. Não vejo futuro para nossa cidade. Elegemos o Senhor Eduardo pensando que nós sairíamos do esquecimento e Garanhuns começaria a crescer novamente. Garanhuns esta em um retrocesso que esta difícil de recuperar e com estes “PRÉ- CANDIDATOS” que estão aí, digo o seguinte! Estes sujeitos não estão nem aí para o futuro de nossa cidade (TODOS) inclusive o atual e estes pseudos vereadores de nossa Garanhuns . Nós não crescemos a dezenas de anos, só estamos inchando edemaciado. Nossa Garanhuns é uma cidade doente, com edema da incompetência destes políticos que querem tomar conta da “CONTA BANCARIA” da “VIUVA”, só isto e mais nada. Não temos uma representação política para nos defender trazendo projetos e indústrias para esta cidade realmente e ser "UMA CIDADE DE PERNAMBUCO" e não "MAIS UMA CIDADE DE PERNAMBUCO". Garanhuns necessita crescer e ser respeitada novamente.
    Jonathas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Jonatas falou como um homem.
      Parabens por suas palavras.
      ACORDA GARANHUNS !!!!!!
      Os políticos estaõ realmente só pensando no dinheiro.

      Excluir
    2. VOU COM VOCES DOIS O POVO TEM Q ACORDA O MONTE DE GENTE NA PREFEITURA NA CAMARA NAO FAZEM P NENHUMA ,NESSES DIAS PRECISEI DE UM VERIADOR PARA RESOLVER UM PROBLEMA NAO FEZ NADA ,OBS.EU FUI PEDIR NAO FOI DINHEIRO NAO.FUI REIVENDICAR UM DIREITO MEU,MAIS NEM ISSO ELES SABEM E UMA VERGONHA

      Excluir
  20. Garanhuns cresce como rabo de cavalo prá baixo. O prefeito, nosso deputado, e o Exmo, adoram Garanhuns. Garanhuns é exatamente igual a Olinda, ou seja, igual a cantiga da perua; é de pior a pior. Sai um preito ruim entra um pior.

    ResponderExcluir
  21. Esse "privilégio" não é apenas do curso de medicina, os outros cursos sofrem faz tempo com o descaso da UPE-Garanhuns. Quando estudava lá esse bordão era corriqueiro nos corredores da Faculdade: "AQUI ALUNO FINGE QUE APRENDE E PROFESSOR FINGE QUE ENSINA".

    ResponderExcluir