segunda-feira, 30 de abril de 2012

CALÇADO E MAIS 40 MUNICÍPIOS EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

A seca castiga outra vez o Nordeste 
e os municípios voltam a depender dos carros-pipa

O município de Calçado, a pouco mais de 20 km de Garanhuns, decretou estado de emergência. O documento foi enviado pelo prefeito Elias Macena à Defesa Civil do Estado, que busca apoio para amenizar o sofrimento dos moradores das áreas rurais prejudicadas pela estiagem. 

O decreto considera a redução das precipitações pluviométricas que assolam o município para nível inferior ao normal da média histórica. A maioria das 18 comunidades rurais do município está afetada pela falta de água e precisa de apoio por meio de caminhões-pipa. 

O município de Calçado é um dos principais produtores de feijão do Estado. No ano passado foram colhidas cerca de 80 toneladas em uma área plantada de 3000 hectares. Com a permanência do período de estiagem, o governo municipal alerta para uma drástica queda nessa produção, causando grande prejuízo à economia do município. “A agricultura é a principal atividade econômica do município e essa queda na safra afeta todos os outros setores”, afirmou o prefeito José Elias.  

Depois do decreto da Prefeitura de Calçado, 40 municípios de Pernambuco já estão em situação de emergência. (Com a colaboração da jornalista Jacqueline Menezes).

10 comentários:

  1. O Lula disse que ia acabar com os carros pipa. Acabou????????????????????????

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro essa Dilma. Essa Dilma é otima. Sabe quiem é ministro do trabalho: o maconheiro do brizola neto????????????????????

    ResponderExcluir
  3. Cadê cadê!!oh deputado de Calçados,ainda bem que Garanhuns ´so têm um,que Izaías Régis.Você prefeito de Calçado peça ao seu deputadop que procure solução.Estes deputados que vem para a nossa região,só aparecem em quatro em quatro anos.serve fazermos um protesto,
    Deputado é Izaías Mesmo pelo menos vem toda semana em Garanhuns.
    E cadê o bando de deputados forasteiros.
    Katia

    ResponderExcluir
  4. Srs políticos corruptos, atençao, nosso Pai, maior, não perdorá jamais,os canalhas que se aproveitarem dessa situação terrivel, a falta do líquido da vida a ÁGUA, para roubarem as verbas que são liberadas e destinadas a minimizar o sofrimento desses nossos irmãos.A industria da Seca, é conhecida de todos nós, contudo o aviso tá dado.Edmar r. Dias

    ResponderExcluir
  5. José Fernandes Costa30 de abril de 2012 19:54

    Há tipos e tipos. Como os dois primeiros anônimos lá de cima. - Um deles chama o ministro Brizola Neto de maconheiro. Notem quanta ignorância. - Para gente desse tipo, Lula e Dilma inventaram a seca no Nordeste. - Os que enxergam mais um pouquinho, sabem que até no Rio Grande do Sul já existe seca. - Os milicos nos anos de chumbo também iriam acabar com a seca nossa de todos os anos. - E lembrem-se de que até dom Pedro II já dizia que venderia as joias da Coroa portuguesa para acabar com a seca no Nordeste do Brasil. - Vale a pena ler um pouco. - 2. O humorista Marcelo Madureira, disse esta semana: - "Esse pessoal deveria ler mais." - Prosseguindo, mais adiante Madureira foi além e assim se expressou: - "Existe uma militância anti-Casseta muito peculiar, principalmente em redes sociais, onde as pessoas usam o anonimato para ofender e até ameaçar." - Ele se referia ao programa Casseta e Planeta. - Eis aí as contribuições dos anônimos. - Existem as exceções. Mas são pouquíssimas./.

    ResponderExcluir
  6. no seculo XVlll o imperador diesse que vendia as joias da coroa mas o noedestino nao morreria de sede e constriu o açude do cedro em quixada no estado do ceara luis gonzaga desde de 1940 narra em suas musicas o drama do nordetino com a seca nos temos estudos de secas ciclicas de sete em sete anos e as grandes secas de vinte em vinte anos assim foi em 1970 depois a grande seca de 1979 a 1983 onde de inicio se criou o bolsa trabalho tendo o produtor rural dependendo da sua area de tres a quinze trabalhadores que recebiam meio salario minimo do governo federal e o proprietario complementava o restante mantendo o trabalhador na sua terra...como o montante era grande passou a ser administrados pelas prefeituras onde começaram as frentes de emergencias limbando estradas e barreiros fazendo com que os trabalhadores deixassem a fazenda onde morava e construindo taperas nos vilarejos mais proximos o campo a partir dai entrava em declinio onde acontecia em paralelo a reforma hereditaria com a morte dos grandes latifundiarios as propriedades foram divididas muitos dos filhos dos fazendeiros ja estuvam fora e nao voltaram mais a sua terra a decada de 80 com um ainflaçao beirando os oitenta por cento acabou de vez com a esperança do pecuarista em ver seu trabalho bem remunerado que permitisse educar a sua familia a decada de noventa foi a pior dr todas com secas continuas e preços baixos do leite a partir de 2000 as chuvas começaram a se normalizar na regiao industrias do porte da parmalat perdigao bom leite começaram a se fazer presente no agresta acarretando a mulhora do rebanho e da qualidade do leite que junto a demanda do queijo de qualho faz de pernambuco um estado em equilibrio entre a produçao e demanda infelizmente nos ultimos anos a praga do carmim quase dizima todo palmal gerando mais uma crise agora vem mais uma grande seca e depois de tantoss anos a soluçao continua a mesma carros pipas e bolsas de famigerdos o nordeste precisa de duas coisas para se livrar da seca adutoras e palma irrigada com sadutoras voce tem agua para o rebanho e uma pequena irrigaçao de palma vai gerar en torno de 30 a 40 toneladas de materia seca como alimento por hectare coisa que nem no centro oeste sul e sudeste se consegue la pode ter materia verde materia seca nao e como vejo a soluçao para a regiao aplicaçao de tecnologia pois antigamente se precisava de muita terra e muita vaca pra se produzir pouco leite hoje com pouca terra e pouca vaca pode produzir muito leite socializar a classe produtora ja que tamanho nao e mais documento ou acompanhamos o mundo moderno soluçoes que resolvam de vez o problema da seca ou daqui a mais cem anos as musicas de luiz gonzaga vao continuar atual

    ResponderExcluir
  7. A SECA DO NORDESTE VEM DESDE 2008.QUANTOS AÇUDES,QUANTOS INVESTIMENTOS DEIXARAM DE SER FEITOS,QUANTO DE DINHEIRO FOI QUEIMADO NAS PRAÇAS PÚBLICAS COM BANDAS E MAIS BANDAS E O POVÃO,POBRE E DESEMPREGADO E SEM TRABALHO PERAMBULANDO DE RUA EM RUA, DE SITIO EM SITIO A PROCURA DE UM TRABALHO,DE UM TERRINHA PARA PLANTAR E NADA.

    COM A CRISE NORTEAMERICANA ONDE FORAM INVESTIDOS MAIS DE 4 TRILHÕES DE DÓLARES NOS BANCOS AMERICANOS E O MUNDO HOJE ESTÁ PAGANDO TUDO ISTO.

    AS OBRAS VIA ASSOCIAÇÕES COMUNITÁRIAS DEIXARAM DE VIR VIA PRORURAL HÁ MAIS DE 3 ANOS.AS 72 CISTERNAS PROMETIDAS DESDE ABRIL DE 2008 SOMENTE AGORA ESTÃO SENDO CONSTRUÍDAS E MESMO ASSIM COM SACRIFÍCIOS.

    E A OBRAS DAS PEQUENAS IRRIGAÇÕES NAQUELES LOCAIS ONDE A SECA NUNCA CHEGOU ATÉ HOJE,POIS A NATUREZA NÃO É TOTALMENTE CRUEL CONOSCO,SECA MAS NÃO TUDO, ATÉ AGORA NADA.

    EM CORRENTES, LAGOA DO OURO,PALMEIRINA,BOM CONSELHO, GARANHUNS,SALOÁ,SÃO JOÃO, TRUNFO,BREJÃO, ANGELIM,JUPI,ÁGUAS BELAS, QUEBRANGULO ALAGOAS, PALMEIRAS DOS INDIOS, UNIÃO DOS PALMARES,PALMARES, RIBEIRÃO, RECIFE, ETC . EXISTEM EM TODAS ESSAS LOCALIDADES AS REGIÕES SECAS, AS ÁRIDAS E AS QUE NUNCA SECARAM, APENAS DIMINUIRAM O FLUXO D!AGUA.

    A RESERVA BIOLÓGICA DE PEDRA TALHADA COM MAIS DE 4.069 HECTARES ENCRAVADAS ENTRE LAGOA DO OURO E QUEBRANGULO ALAGOAS ESTÁ AÍ PARA SER VISITADA POR MUITA GENTE DO AGRESTE MERIDIONAL QUE NÃO A CONHECE.ESTE É O PULMÃO DO NORDESTE BRASILEIRO.

    SÃO MAIS DE 90 CURSOS D!AGUA E DE FAUNA E FLORA ABASTECENDO EM SEU ENTORNO MAIS DE 15 CIDADES PERNAMBUCANAS E ALAGOANAS.

    QUAL O PROJETO E QUAIS OS PROJETOS EXISTENTES PARA O DESENVOLVIMENTO E A PRESERVAÇÃO DESSAS ÁREAS E DESSE POVO , NENHUM ATÉ AGORA.

    TUDO SÃO APENAS FALAÇAS E COISAS CONCRETAS, NADA.

    PROFESSOR ZECA BARBOSA -LAGOA DO OURO -PERNAMBUCO.

    ResponderExcluir
  8. Eu nao seio como o roberto aceita esse ze fernando agredir os comentarista desse blog essi cara devi ser muito do sacana

    ResponderExcluir
  9. quem fuma maconha e pobe. esse tau de brisola toma droga pezada e o PT e a Dilma sabe disso

    ResponderExcluir
  10. José Fernandes Costa1 de maio de 2012 11:44

    Um abestado que escreve: "Eu não 'SEIO'...", além de outras idiotices, ainda se acha "comentarista". - Sou forçado a repetir aqui, um comentário que fiz há pouco. - Leiam: - "De fato, NÃO custa muito fazer um cursinho qualquer. - Pena que o Mobral foi extinto. - Mas vale o esforço de procurar outro. - A língua é um conjunto de possibilidades. - Vamos buscar a possibilidade de melhorar a escrita, também, pela internet. Aqui é um espaço popular. Mas não se deve cultuar a eterna ignorância." - É ISSO./.

    ResponderExcluir