Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

EDUARDO CAMPOS E AÉCIO NEVES

O governador Eduardo Campos cresce e incomoda o PT. Tem o nome lembrado para compor a chapa majoritária em 2014 tanto como vice quanto como candidato a presidente da República. Em Pernambuco e outros Estados o neto de Miguel Arraes fortalece o PSB e deixa os petistas atordoados. Em alguns locais está mais próximo do PSDB do que do partido de Lula e Dilma. A presidenta, especulam pelos jornais, está atenta aos movimentos do governante pernambucano e não pretende "alimentar a cobra". É possível. Política é jogo de xadrez. Também é briga de cachorro com gato e gato com rato. Só Deus sabe o que pode acontecer quando vier a próxima eleição presidencial.

Dilma pode estar forte para a reeleição. Se virar um João da Costa o PT poderá chamar o Lula, caso este tenha superado o problema de saúde. Eduardo pode muito bem entre tapas e beijos ficar novamente com o PT, quem sabe sendo o vice de Lula ou Dilma. Se for mais tapa do que beijo e Aécio se viabilizar, ninguém estranhe Pernambuco e Minas Gerais juntos, com um belo discurso destacando as falhas petistas e chamando a atenção para o novo do PSDB (sem o Serra na cena política). Ainda é cedo para tudo isso? É, mas essas situações aí já estão sendo construídas. Dependendo dos movimentos dos personagens citados e dos humores da população se pode ir por um caminho ou pelo outro. Quem viver verá.

4 comentários:

  1. Clóvis Manfrini (Terezinha)

    Não será surpresa se Edurado Campos e Aécio Neves caminharem de mãos dadas, pois são do mesmo perfil. Ambos governam (ou governaram) seus Estados praticamente sem oposição, "calando" a grande mídia com generosas doses de cotas publicitárias, fazem (e fizeram) governos onde as terceirizações do setor público são destaque, deixando a maioria dos servidores públicos sem aumento real de salário, ambos massacram os professores, resumindo, são farinha do mesmo saco. A propaganda de Eduardo Campos assusta até mesmo o auge da propaganda de Goebels. Quem tá de fora vê um pernambuco perfeito, sem problemas, onde o desenvolvimento é igual para todos, onde a miséria não existe e onde respiramos a paz. Nada disso é verdade, vivemos num estado pobre, onde as riquezas continuam caminhando pro mesmo lugar, onde as elites continuam lucrando muito e as "obras" do Governo do estado não passam de caronas das obras Federais. Mas, apenas 10% é oposição a Eduardo, então, o que falei não importa...

    ResponderExcluir
  2. A dupla perfeita: Eduardo Campus e Aécio Neves. O neto de Arraes e o de Tancredo tem muito a contribuir com o desenvolvimento desse país.

    ResponderExcluir
  3. Funcionário Estadual27 de dezembro de 2011 07:16

    Concordo com Clóves Manfrini(Terezinha), em gênero e grau, só esqueceu de citar os funcionários da saúde, são os que recebem os piores salários do país, todas as categorias do estado, tiveram pelo menos 5% de ajuste salarial e o pessoal da saúde até agora é O%. O novo salario minimo já foi anunciado pela presidente Dilma e nem esse percentual é repassado para o pessoal da saúde. Como é que eu vou votar numa lastima dessa.

    ResponderExcluir
  4. O pior é que esse Governador de Pernambuco tem o apoio do PC do B e do PT. Dar pra acreditar?

    ResponderExcluir