quarta-feira, 16 de novembro de 2011

GOVERNO TIRA MAIS DE UM MILHÃO DA MISÉRIA

O Plano Brasil Sem Miséria já permitiu a inclusão de 1,3 milhão de crianças no Bolsa Família, informou a presidenta Dilma Rousseff na coluna Conversa com a Presidenta, publicada hoje (15) em jornais do Brasil e do exterior. Ela lembrou a importância do acesso das crianças ao programa de transferência de renda do governo uma vez que, da população extremamente pobre, 40% têm até 14 anos.
Em resposta à enfermeira Isabela Palmares, de Nova Friburgo (RJ), a presidenta acrescentou que, nos primeiros cinco meses do plano, 180 mil famílias também entraram para o Bolsa Família. O governo, segundo a presidenta Dilma, está ampliando os recursos para a agricultura familiar e, em novembro, 25 mil famílias de agricultores pobres já estão recebendo assistência técnica, inclusive sementes. Também neste mês, 7.526 famílias que vivem em florestas nacionais, reservas extrativistas e unidades de conservação estão recebendo o Bolsa Verde para que continuem a preservar estas áreas.

14 comentários:

  1. A MAIOR COMPRA DE VOTOS ESCANCARADA DO MUNDO: BOLSA FAMÍLIA OU SERÁ BOLSA MISÉRIA? POR QUE NÃO PAGAM PRA QUE O POBRE TRABALHE? O SER HUMANO PRECISA DE DIGNIDADE E NÃO DE ESMOLA...QUAL O HOMEM QUE É DIGNO SEM TRABALHO?

    ResponderExcluir
  2. Jornalista: eu sei que você não é burro, mas talvez se imagine esperto demais, não.

    ResponderExcluir
  3. JÁ DIZIA PAULO FREIRE QUE A EDUCAÇÃO SOZINHA NÃO MUDA O MUNDO MAS, SEM EDUCAÇÃO, O MUNDO NÃO SERÁ TRANSFORMADO

    ResponderExcluir
  4. Um bando de gente faminta sem instrução e sem perspectiva de melhora no campo da saúde e educação em busca do ESTADO PATRÃO OU DO ESTADO BABÁ............ Assim é muito fácil governar, dando esmola com dinheiro do tesouro. Até eu seria um bom Presidente da República

    ResponderExcluir
  5. Testando: me engana que eu gosto.

    ResponderExcluir
  6. Em termos de futuro essas crianças pedintes já foram expelidas para fora do trem há muito tempo.

    ResponderExcluir
  7. O QUE É PIOR QUEM ENGANA OU QUEM FECHA OS OLHOS E SE DEIXA ENGANAR?

    ResponderExcluir
  8. Já disse isso aqui nesse mesmo espaço e volto a repetir: Caso o Bolsa Escola do Lula/Dilma estimulasse o trabalho e a produção, muito menos pessoas estaríam hoje recebendo. Porquanto já tinha se integrado ao sistema produtivo, tendo renda e prescindindo dessa esmola humilhante e constrangedora. A prova do equívoco e do seu fim eleitoreiro está na comprovada circunstância de que não retirou ninguém da pobreza esmolada e ainda por cima o governo promete aumentar, tanto a verba, quanto o número de beneficiados. Mantendo a pobreza na dependência da esmola, sem exigir contrapartida, remunerando a ociosidade. Taí, a fórmula maldita a desfigurar a herança de uma gestão para a outra, aumentando o curral eleitoral cativo, em número muito superior ao votante consciente, e assegurando a perpetuação no poder. Não é fórmula mágica. É pura matreirice, canalhice pura! O Bolsa Escola é o maior programa de compra de votos do mundo!

    ResponderExcluir
  9. Políticas Públicas17 de novembro de 2011 08:13

    Qualquer governante deve ter como meta que o interesse coletivo se sobreponha ao interesse individual. como se vê, o bolsa escola não está gerando riqueza nem melhoria de vida, apenas está dividindo a miséria. só que no plano individual esse tipo de esmola soma e gera votos e isso é o que interessas aos governantes. O resto que se exploda! enquanto o povo for tratado com morfina, não terá como sentir dor...........

    ResponderExcluir
  10. Somos uma ilha de ricaços cercado de miseráveis por todos os lados. Melhor entendido, uma Suiça cercada de Uganda por todos os lados.

    ResponderExcluir
  11. Pracinha do Diário17 de novembro de 2011 09:36

    Liguem-se na manchete do Diário de Pernambuco de hoje, sobre o analfabetismo no Norteste: "EM CADA CINCO PESSOAS, UMA NÃO CONSEGUE LER ESTE JORNAL".

    ResponderExcluir
  12. Eis um depoimento(na TV) de uma esmoler na cidade de Piraquara, no Paraná: “Ela precisa de caderno, de lápis, de todo o materialzinho do colégio, porque eu não tô tendo nada pra comprar. Tudo isso aí precisa e não temos dinheiro para comprar”, conta a avó de Elaine, Terezinha de Jesus. Esse é o país do futuro através da educação................. PRESTARAM BASTANTE ATENÇÃO:"CADERNO E LÁPIS". É O FIM DA PICADA..................

    ResponderExcluir
  13. Isso é hilário, faz vergonha. Porém é verdade: O Bolsa Escola dá ao aluno pobre R$ 15 por mês. O Auxílio-Gás é de R$ 15, mês sim, mês não. Enquanto o Bolsa Família não for implantado em todo o país, esses quatro benefícios continuam valendo. Mas nenhuma família com um só filho poderá receber mais de R$ 95. Isso eu li não seio onde e nao seio quando. BOTA ESSE POVO PRA ESTUDAR ANTA OU POSTE SEM VISÃO!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Jefferson de Freitas17 de novembro de 2011 13:06

    O impacto do Bolsa Família nas últimas eleições presidenciais foi bastante superior ao gerado pelo desempenho da economia. Segundo a FGV, o programa foi responsável por um aumento de aproximadamente quatro pontos percentuais na votação de Dilma no segundo turno das eleições presidenciais. Isso equivale a mais de 5 milhões de eleitores, sendo o dobro das pessoas que votaram no Zé Mujica eleito presidente do Uruguai. A farra com o dinheiro do tesouro nesse país é o cúmulo do absurdo!

    ResponderExcluir