SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

IVO ACHA QUE ESTÃO ESQUECENDO DO POVO

“É  preciso ouvir o povo”, defende o ex-prefeito Ivo Amaral, 78 anos, ao comentar o tumultuado processo político de Garanhuns dos dias atuais. Lembrado como opção para concorrer à prefeitura pelo presidente do seu partido, José Hilton Paixão, Ivo disse que jamais embarcaria numa disputa dessas sem respaldo popular, sem a realização de pesquisas que atestassem a viabilidade de um projeto político. A seu ver, as candidaturas não podem ser impostas, como a de seu conterrâneo Antônio Dourado, ou indicadas, como a do deputado Izaías Régis.

“Uma candidatura tem de ser construída junto à população do seu município”, reforça o ex-prefeito, lembrando que antes de chegar ao Palácio Celso Galvão foi vereador e vice-prefeito. “Eu cheguei em Garanhuns com 10 anos de idade, estou na cidade há mais de 60 anos”, lembra o peemedebista.

“O processo que a gente está vendo aí está todo errado”, conclui Ivo. (Na foto o governador Eduardo Campos em campanha em Garanhuns. O povo então era consultado).

11 comentários:

  1. Nossa reserva moral e melhor prefeito que já tivemos nos ultimos 40 anos...
    Tem a graça e a sabedoria,e acima de tudo MORAL
    para poder opinar sobre o futuro da cidade das flores...
    Infelizmente não temos politicos como antigamente...

    ResponderExcluir
  2. Foi realmente uma maravilha de prefeito, deixando maior rombo para José Inácio Rodrigues e até 2014 ainda tem dívidas do projeto cura, que estão sendo pagas.

    ResponderExcluir
  3. O governador ouviu o povo sim sr ivo amaral é ele eduardo que tem popularidade e serviços prestados em garanhuns e ponto final.

    ResponderExcluir
  4. Ivo não deixou rombo nenhum e sim muitas obras por toda cidade.

    ResponderExcluir
  5. Ivo sempre foi da turma da arena, garanhuns toda sabe agora posa de bom moço, mentira sempre serviu aos porcos, viveu a vida inteira criticando miguel arraes, filior o filho no psb que coisa direitista vira esquedista ateu vira cristão tudo pelo poder.

    ResponderExcluir
  6. Roberto é preciso avisar a este Prefeito que desvio de função é passivel improbidade administrativa. Agora pegaram uns guardas patrimôniais e colocaram como guardas de trânsito sem nenhum preparo, sem educa~ção,civilidade,e ainda ameaçadores pelas ruas do centro da cidade como se fossem verdadeiras autoridades. Ao assumir a função pública para a qual haja ter sido designado, deverá desempenhar as atividades relativas às atribuições que constam no cargo e outras que sejam correlatas àquelas. Isto é que estrupo dos direitos dos cidadões, por favor aprecie esta questão.

    ResponderExcluir
  7. Garanhuns é uma porta aberta onde todos os seus munícipes têm a liberdade de falar e expressar o que quer.

    Na terra da garoa todos penetram e têm o direito de fazer a sua própria política.

    Os políticos mais novos quando chegam ao poder acham que são os donos da verdade e com o passar do tempo cometem ERROS GROSSEIROS no traquejo com a política por falta de um CONSELHO POLÍTICO para se avaliar as opiniões prós e contra de vários segmentos da política e de várias tendências.

    A meta de qualquer governante seja Prefeito, Governador ou Presidente é juntar tudo e todos no mesmo saco e governar.

    É aí onde atua o CONSELHO POLÍTICO para amenizar os atritos e os interesses que são vários.

    Aconte que esse Conselho fora menosprezado por todos e o que prevalece é a opinião dos CACIQUES da política e que acham que são os dono da verdade nua e crua.

    Resultado, durante quatro ou oito anos de governo deixam surgir várias tipos de oposição dentro do próprio grupo político.Esse é o perigo.

    É o que aconteceu com todos os ex-prefeitos de Garanhuns.

    E o que está acontecendo com o atual e também o que aconteceu com Jarbas Vasconcelos , FHC E LULA e o que está acontecendo com o Governador Atual.

    Por mais sábia de que seja a competência de um administrador público ele não pode e não deve menosprezar o grupo político que lhe deu apoio em detrimento de outros que estão chegando.Ao não ser para somar, mas dividir nunca mais.

    Essa inexperiência foi cometida pelo PT governo, pelo PSB governo e pelo PSDB e PMDB também quando foram governo.

    Finalmente, tudo isto ocorre por que a nossa forma de fazer política está totalmente errada conforme disse o Ex-Prefeito Ivo Tinô Amaral, o qual, tem inquestionavelmente uma experiência extradordinária como ex-prefeito de Garanhuns.

    Fazer política é uma das artes mais complexa de se praticar, porém quando se tem uma ampla aliança tem que se ter um CONSELHO para ouvir todos e atender o pleito de todos com bastante coerência, responsabilidade e habilidade política.

    Senão as sequelas serão difíceis de serem curadas e tratadas.

    Este é o motivo principal que está levando Garanhuns a se manifestar como nunca faltando um ano para as eleições.

    As tarefas de casa não foram bem feitas e costuradas.

    Se todas as lideranças quisessem sentariam numa mesma mesa redonda ou quadrada e se pensaria numa grande aliança pró GARANHUNS se escolheria um nome grande ou um grande nome( que se tem de sobra) e se coligariam para Prefeito e para a proporcional(vereadores) cada partido concorreria sozinho)e depois do pleito vamos pensar na eleição de Deputados Estadual e Federal e outras lideranças se enquadrariam em secretarias e orgãos afins e, no final, davam-se o grito da LIBERTAÇÃO: todos por um e um por todos, vamos SALVAR GARANHUNS da inércia, da inoperância,do desprezo e colocá-la na posição que ela merece por ter dado ao Brasil o maior Presidente deste país de todos os tempos.

    Se Conselho fosse bom não se dava se vendia.

    ResponderExcluir
  8. a administração,ficou inviavel,pois o mesmo pegou a mudança no periodo dos mandatos, de 04 anos para 06 anos, e para controlar as contas dos
    ultmos 02 anos,teve que recorre a agiotas(esta praga da humanidade)...
    Esta é a resposta sensata a este anônimo chalera
    do Dudu precatório...
    Ao nosso amigo José Inácio,teve um fato marcante em sua administração que foi transformar a FAGA em AUATARQUIA,se isto não tivesse ocorrido não teriamos a Faga de vento em Popa,graças a competência da Eliane Simões, precisamos reconhecer quem tem MÉRITOS SIM SENHOR...

    ResponderExcluir
  9. Meu Caro ex-prefeito Ivo Amaral, é preciso ouvir o povo sim, mas nas urnas, não adianta querer impedir um cidadão de disputar uma eleição, pois estamos em uma democracia, ou você acha que esquecemos que você também é filho de Lajedo? e olhe que o atual prefeito de Lajedo é bem mais preparado que você e seu filho para administrar o bélo municipio de Garanhuns, venhamos e convenhamos, quando a disputa começar e pelo que conheço do Dr. Antonio João Dourado, a eleição será favas contadas em favor do atual prefeito de Lajedo. Ivo; Eduardo Campos não é nenhum menino e sabe que pode e quem não pode comandar um municipio do porte de Garanhuns, Garanhuns parou no tempo com esses políticos daqui, e se querem ganhar do Dr. Antonio João vão ter que ganhar nas urnas, se bem que acho isso quase impossível, tamanho é a revolta do povo de Garanhuns com os políticos daqui, como morador de garanhuns hoje sou eleitor do senhor Antonio João Dourado.

    ResponderExcluir
  10. O Marlo Duarte já deve tá com os dedo duendo de tanto fazer comentaro defendendo o sujeito de lagedo.

    ResponderExcluir
  11. Ivo Amaral fez e faria muito mais se fosse de novo o representante desse município, sempre atuante e amigo do servidor público, coisa que não se vê mais aqui.VELHOS TEMPOS BELOS DIAS....GARANHUNS PRECISA DELE....

    ResponderExcluir