SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 16 de agosto de 2011

ZANZIBAH ACUSADO DE DISCRIMINAÇÃO

O Zanzibah (foto) de Garanhuns, bar e restaurante, localizado em frente à praça da fonte luminosa, está sendo acusado de discriminar as pessoas e de atender pessimamente a sua clientela. A denúncia é de Guga Passos, que mantém na internet o Blog Conversando com as pessoas. Ele foi ao estabelecimento citado, em companhia do seu pai, que estava visitando Garanhuns e foi literalmente humilhado. A seguir uma parte do relato do blogger:

“Só para ambientar eu estava de bermuda e blusa pólo e sandálias havaianas e meu pai também, a diferença é que ele estava de calça jeans e um casaco por cima.

Quando fomos entrar no Zanzibah Choperia, por volta das 20h45, o salão estava com algumas poucas mesas ocupadas, a senhora que se encontrava na porta do bar (acredito que a gerente!) colocou a mão no meu peito e perguntou para onde eu ia (eu bem ali na frente dela e como assim para onde eu ia?), falei para ela que meu pai não era da cidade e queria tomar UM CHOPP para conhecer o local, ela simplesmente disse que nós não poderíamos entrar, pois o salão estava reservado para uma festa.

Fiz questão de repetir que meu pai não era da cidade e queria tomar UM CHOPP para conhecer o local, ela, sem tirar a mão do meu peito, disse que não poderíamos entrar, mas como meu pai queria conhecer, ainda me humilhei a 3º vez e falei de novo quemeu pai não era da cidade e queria tomar UM CHOPP para conhecer o local, ela sem tirar a mão do meu peito (em momento algum ela tirou, impedindo mesmo nossa entrada) e disse que não podíamos entrar e se quiséssemos o chopp que fossemos para o restaurante, como se estivéssemos pedindo de graça.

Dois detalhes importantes: 1 – o restaurante estava lotado e claro que não ia para lá depois desse tratamento, mesmo que tivesse mesa; 2 – na mesma hora que ela estava nos barrando outras duas famílias chegaram, em momentos separados, e ela nem perguntou “para onde eles estavam indo” acho que porque não tinha ninguém de sandália e porque pararam seus carrões bem na frente do bar.

Não quero fazer confusão, entrar na justiça, refeição grátis, nada disso, apenas queria fazer esse post para mostrar minha indignação do modo como fui tratado, especialmente por estar com meu pai (que mora em Recife).

Eles conseguiram acabar com nossa noite com o tratamento que nos deram. Espero que eles entendam que, em um bar e/ou restaurante, por mais na moda que ele esteja, é preciso qualidade no atendimento para que as pessoas queiram voltar, caso contrário o seu sucesso será momentâneo e passageiro.

E minha última ressalva é para a Garçonete (na verdade, acho que hoje ela é a gerente dos garçons no bar: Paulinha. Pois é a única que salva o atendimento por lá. Parabéns Paulinha!

OBS: Deixa eu fazer justiça de algo que lembrei agora, também tem a garçonete Aline que atende bem".

Guga Passos

42 comentários:

  1. Vou muito ao Zanzibah e nunca vi ocorrer nada parecido com isso, talvez a confusão que o rapaz fez foi porque havia uma festa programada para o local e as mesas eram vendidas a quem queria participar da festa, o problema talvez tenha sido de falta de comunicação.

    Zé Maria

    ResponderExcluir
  2. Pois eh , tem toda razão!!!!
    Nunca vi um atendimento tão ruim, ou melhor, depende do q vc veste ou do carro q vc chega!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Meu caro Guga Passos isso é coisa de cidadezinha de interior, pois já fui muito mal atendido ai nessa cidadezinha, só porque eu estava de bermuda e sandalhas.

    ResponderExcluir
  4. essa foi pesada mesmo ! que esse restaurante aprenda a tratar bem as pessoas, antigos clientes ou novos, pois todos são iguais e afinal , se é $$$ que eles querem , o de todos são iguais.

    ResponderExcluir
  5. Você já pensou um bar no Recife ou Maceió barrando as pessoas porque estão de havaiana ou bermuda? Isso é coisa de gente besta mesmo.

    Eduardo, Heliópolis

    ResponderExcluir
  6. Há muito me tornei um crítico fervoroso do comércio de Garanhuns. Talvez por residir aqui há pouco mais de dois anos, sinto muito a diferença entre os estabelecimentos de outras cidades, inclusive Recife, São Paulo, Fortaleza e Rio de Janeiro. Infelizmente, a Cidade das Flores consegue o feito de ter um atendimento pior do que o da Capital Federal que já é péssimo. O que mais agrava o quadro é a despreocupação dos donos de estabelecimentos comerciais da cidade. Triste realidade.

    ResponderExcluir
  7. Lá é assim mesmo...
    Nunca vi um atendimento tão ruim.
    Como dito no texto salvo alguns garçons, mas a maioria faz por onde o Zanzibah merecer o título do Pior atendimento de Garanhuns!

    ResponderExcluir
  8. infelismente, é lamentável que este estabelecimento tenha tido este tipo de comportamento, demonstra total despreparo e falta de treinamento aos profissionais, que lhe dão diretamente com os clientes, acho que vc não é o primeiro guga, tratar bem as pessoas apenas pelos trazes que estão usando, ou pelo carro é uma vergonha.

    ResponderExcluir
  9. BOM DIA
    QUERIA DIZER AO SR. BRENNO CAVALCANTI QUE TENHA MAIS RESPEITO POR GARANHUNS EM COMPARAR GARANHUNS COM O RESTAURANTE NÃO SE PODE GENERALIZAR POIS EM GARANHUNS SOMOS ACOLHEDORES E ESSE FATO FOI UM CASO ISOLADO DIZER QUE GARANHUNS É UMA CIDADEZINHA ME DESCULPE MAS NÃO CONCORDO EM GARANHUNS TEM MUITO BAR RESTAURANTE QUE TEM ATENDIMENTO NOTA DEZ. QUERIA LHE PEDIR MAIS UMA VEZ TENHA RESPEITO COM ESSA TERRRONA

    ResponderExcluir
  10. Indignada. Ele ia apagar igual a quem tava de paletó.
    Adianta fazer reforma estrutural.
    Melhor seria contratar uma empresa de recursos humanos para ministrar cursos com os funcionários.

    ResponderExcluir
  11. Como ja disseram, pode ter ocorrido falta de comunicação, soube que na sexta passada realmente tinha que resevar mesa e os que entravam sem pagar eram os patrocinadores.
    Quanto a questão de discriminação é fato corriqueiro dos dias atuais, vc é julgado de acordo com o que apresenta visualmente. Por isso que Garanhuns vive de aparências...

    ResponderExcluir
  12. Guga, também frequento o Zanzibah com uma notável frequencia e nunca fui destratado por lá, mesmo chegando diversas vezes de sandálias e sempre a pé, acredito que tenha sido um fato isolado, o que não justifica tal conduta.
    Gostaria de fazer justiça com alguns garçons que lá trabalham e infelzmente só lembro do nome de um, Romário parabéns pelo seu trabalho no restaurante!

    ResponderExcluir
  13. O dono daquele BAR E RESTAURANTE é um forasteiro que pouco tá se lichando para que o visitante fique ou saia com boas referências da cidade. Realmente, o atendimento ali é muito insosso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. SENHOR INDIGINADO: O FATO DE VOÇÊ DEIZER QUE ESSA CIDADEZINHA É UMA "TERRONA" É POQUE VOÇÊ NÃO SAI DAI, NÃO CONHEÇE UMA "CIDADE DE VERDADE", VÁ PELO MENOS NUMA CAPITAL PRA VE COMO É. E TENHO DITO, QUE ESSA SUA TEM MUITO AINDA PRA CREÇER.

    ResponderExcluir
  15. entendao e bar de metido como se roupa e carro paga-se conta quem paga conta e dinheiro e ele nao fala.RESPEITO AO CLIENTE E FUNDAMENTAL>

    ResponderExcluir
  16. Fui uma vez ali ! das garçonetes não tenho oq falar ! já de um pessoalzinho não sei se é gerente oq é,não gostei não.!!!

    ResponderExcluir
  17. Vamos dizer que foi falta de comunicação, então, o despreparo não só é dos funcionários como da administração. Lamentável esse fato.

    ResponderExcluir
  18. Prezados,

    sem querer em méritos de outras questões e discussões, apenas relatei o fato pois a situação chegou a ser surreal.
    Se tinham o espaço reservado, o que é um direito deles vender o espaço e de quem pagar querer exclusividade, porque não me explicaram a situação com calma e educação e não colocando a mão no meu peito e me impedindo de entrar, simplesmente dizendo que nós não poderíamos entrar no bar.
    O problema é o modo como as coisas são feitas.
    Primeiro: poderia ter um banner, placa, cartaz, cartolina, panfleto, sinal de fumaça, qualquer coisa avisando. Segundo: a pessoa poderia ter sido mais educada e não me impedindo de entrar colocando a mão no meu peito..
    E para mim o maior problema, como disse, foram as outras pessoas passando tranquilamente. Esse lance das 2 famílias, diferentes, entrando foi o cúmulo, pois ai tive certeza que era algo comigo e com meu pai.
    Educação e bom atendimento é tudo para as empresas de A & B sobreviverem, não adianta ter a melhor comida ou ser o mais bonito, isso não vai fidelizar o cliente.
    Obrigado a todos por pelo menos lerem meu depoimento.
    Com PERNAMBUCANIDADE
    Abraços

    ResponderExcluir
  19. Ah! E aqueles que vão lá e são bem atendidos, que bom, espero que continuem sendo, afinal não a nada melhor do que um bom atendimento, especial quando buscamos uma experiência fora de casa.
    Que sejam bem atendidos, não só nele, mas em todos os outros bares e restaurantes de Garanhuns.
    E justiça seja feita, quem já foi bem atendido por lá e lembra o nome do Garçom ou da Garçonete, por favor, enviem para que possamos divulgar e não coloquemos todos no mesmo saco.
    http://conversandocomopessoas.blogspot.com/2011/08/o-dia-que-fui-barrado-no-zanzibah.html

    Com PERNAMBUCANIDADE
    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Aqui em Garanhuns nem dá gosto de sair, você é mal tratado do bar ao Pérola. Aqui tem que andar de carro novo e possuir mansão com piscina, nem que para isso deixe de comer o feijão do almoço e fique devendo no mercadinho da esquina. Aparência é o que conta e o Zanzibah não fica de fora. Burguês matuto é pior que burguês de capital, são extremamente capitalistas,preconceituosos e com uma visão limitada sem igual.
    O professor Guga Passos sentiu na pele o que a maioria desprovida de dinheiro sente aqui em Gus, o professor foi confundido pelos seus trajes, mas a grande maioria é destratada pelo simples fato de não ser de família nobre e possuir dinheiro (é gus vive na idade média). Quem sabe um dia as pessoas aqui não deixem de ser frias como o clima local.

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde Roberto,

    as poucas opções que Garanhuns nos proporciona em relação a bares e restaurantes do porte do Zanzibah consolida em favor do mesmo um monopólio dos grandes.
    É por esse motivo e pelo fato do seu proprietário ser antipático e não dar a minima para treinamento de funcionários que o atendimento por lá oscila entre bonzinho e péssimo!!
    O caminho da excelência no fornecimento de produtos e serviços, passa por um bom e treinado quadro de funcionários e um atendimento exemplar!!


    Gustavo
    Garanhuns-PE

    ResponderExcluir
  22. BRENO PRIMEIRO APRENDA A ESCREVER PARA FALAR DE MIM E DE GARANHUNS
    GARANHUNS NÃO LHE MERECE.

    ResponderExcluir
  23. Acho que não custa a direção desse restaurante escrever uma carta ao Professor da AESGA com um pedido de desculpa, reunir os funcionários e pedir que eles tratem bem os clientes, tornando tudo isso público para o estabelecimento não ficar com uma triste fama.

    ResponderExcluir
  24. É bom que feche, e alguem que goste e respeite Garanhuns abra outro no local.

    ResponderExcluir
  25. Roberto,
    Acho que o que aconteceu realmente foi um mal entendido, porém com toda culpa para o Restaurante, pois devia ter explicado.
    Não acredito que a causa tenha sido a sandália e a bermuda, pois eu já fui assim e também fui bem vestido e o atendimento foi o mesmo, mas sempre ruim, pois demoram muito a chegar no cliente.
    Certa vez, e eu estava bem vestido, com esposa e filhas, pedi uma pizza ( era dia de clone ) e a garçonete mandou o recado "vai ter que esperar um bocado, pois na mesa ao lado pediram cinco ( dez ) vai demorar muito". Não tive o que fazer a não ser levantar e ir para outro local.
    Lá o atendimento é muito ruim, o local muito agradável e um preço justo, mas o mal atendimento é uma constante, então Guga, não tome como discriminação, pois com certeza não foi. Foi sim falta de preparo, de qualificação profissional.
    Tomara que estes comentários sirvam para que a direção daquele estabelecimento crie coragem e faça um bom investimento no seu pessoal.
    Seria muito bom ir a local tão agradável e desfrutar de um bom atendimento.

    Paulo Pessoa

    ResponderExcluir
  26. Sem querer entrar na discussão, se o bar errou, e ao que me parecer errou feio, cabe ao dono chato ou não ( no meu entender um empreededor), tomar a iniciativa e coibir e corrigir os erros de seus funcionários (despreparados), par que como prestador de serviço (não é um favor), passar a oferecer digninamente um bom serviço a sua clientela, seja ela de chinelo havaiana, bermuda, pois o que importa ao prestador de serviço é o seu cliente acima de tudo.

    Ainda assim, é imperioso que o estabelecimento tome as medidas para que atitudes coomo essa não venham a ocorrer mais no mesmo.

    Vale ressaltar que alguns podem entender que nossa amada cidade, é pequena, que o seja, porém a amamos, e por ela lutamos, e por ser pequena nos olhos dos pequenos, não conseguem enxergar quão bela é a nossa Garanhuns, e quão grande é a sua beleza, não preciso ir a nenhum centro das Grandes, e olhem que fui a muitas, para encontrar um clima como o nosso.

    Que estas críticas ao restaurante sirva de lição hoje, ao seu dono, para que capacite os seus funcionários, pois cabe a nós clientes dizer ao dono, o que gostamos e como gostamos pobres ou ricos, velhos ou novos, sob pena de deixarmos um belo restaurante de ser apenas um restaurante e bar.

    Cleto José

    ResponderExcluir
  27. Em Garanhuns até no California, o atendimento é ruim,eita cidadizinha metida a besta, as mulheres parece que nunca vão morrer. É uma vergonha, depois ficam contra a duplicação da BR, com medo de concorrer com Caruaru. "Dedé"

    ResponderExcluir
  28. Bom,fico muito triste de ver um assunto desses aqui...o evento na casa acontece sempre,e esse espaço como qualquer lugar e com vendas(reserva de mesas) como acontece em qualquer evento n cidade...e sempre é informado aos seus clientes o espaço(2)da casa para os que não querem participar do evento...nunca foi barrado nenhum cliente na casa...é lamentavel postar aqui algo tão pequeno...talvez seja a preocupação do proprietario da casa,em fazer uma bela reforma para oferecer o melhor para seus clientes e visitantes da cidade...isso não é comentado...mais sabemos que Garanhuns sempre foi assim...o melhor sempre incomoda aos que não conseguem oferecer o melhor p cidade...aqui não se deixam trabalhar em paz...sempre querem puxar o tapete do outro...é uma pena...Mais é como se diz o velho ditado,nem Deus agradou a todos...não será o ZANZIBAH que irá agradar...agradeço a todos aqui que falaram em nome da casa,dos eventos e da nossa cidade maravilhosa....abços

    ResponderExcluir
  29. GENTE ISSO NÃO PROCEDE....BARRAR UM CLIENTE...A CASA TEM ESPAÇO SUFICIENTE....E OS EVENTOS COMO EM QUALQUER LUGAR NA CIDADE,É PAGO...AGORA DEIXE IVONEIDE MELO TRABALHAR...SEUS EVENTOS SEMPRE FORAM UM DOS MELHORES,SELECIONADOS,TRANQUILOS...RECEBE SUPER BEM SEU PUBLICO..SEMPRE TRABALHOU SEM PREJUDICAR NINGUÉM...AO CONTRÁRIO DO QUE JÁ TENTARAM E TENTAM FAZER COM ELA...ATRABALHAR SEUS EVENTOS...UMA ÚNICA FAIXA QUE ELA COLOCA NA FRENTE DO ESTABELECIMENTO,CHEGAM Á TIRAR ANTES DO EVENTO...ISSO VALE RESALTAR QUE SÃO OS GRANDES DA CIDADE QUE TENTAM ATRAPALHAR O TRABALHO DA PREZADA IVONEIDE MELO...GENTE,PENSEM ANTES DE FAZER QUALQUER COMENTÁRIO AQUI....

    ResponderExcluir
  30. Garanhuns tem dessas coisas mesmo em alguns restaurantes e lojas. Mas isso só serve para as pessoas perceberem a falta de educação de alguns comerciante que não sabem se quer ensinar os seus funcionários a atenderem bem os clientes. Pois são esse que fazem com que eles progridam em seus negócios. Isso é uma vergonha!

    ResponderExcluir
  31. Minha gente,
    A culpa não é do professor Mestre Gustavo de Lira Santos, Guga Pessoas para os íntimos (e são muitos.
    A culpa também não é do referido estabelecimento, a responsabilidade sim, mas a culpa NÃO!
    A culpa é toda nossa!
    Somos nós que elegemos aqueles que vão atender nossas necessidades como consumidores.
    Somos nós que permitimos ser tratados com descaso.
    Mudemos nossas opções até que as antigas opções façam um esforço substancial para nos ter de volta como consumidores.

    Relaxa pessoal, Guga fez somente um desabafo.
    O estabelecimento é que teve a infelicidade de tratar mal justamente um profissional do gabarito de Guga Pessoas...tá pagando um preço alto...
    Vamos torcer para que os empresários acordem e invistam em treinamento e desenvolvimento de seu pessoal, transformando recursos humanos em capital intelectual.

    Fraterno abraço.
    Thayze P. Cândido Padilha

    ResponderExcluir
  32. Gosto muito do zanzibah e acho seus preços maravilhosos e atraentes.

    Estive lá final de semana passada e pedi um litro de whisky teatcher's o preço:R$ 90,00.
    Pedi outro um johnny walker red preço: 120,00.

    Sei que no bonanza custam respectivamente,R$ 34,00 e R$ 68,00.Mas é por causa da inflação que esses preços são praticados.

    Jonas mello-heliópolis

    ResponderExcluir
  33. Sou de Garanhuns mas moro no Recife há 7 anos, e levei amigos para lá.Fomos pessimamente mal atendidos!! Horrível o lugar!! Não vale a pena nem conhecer.
    Detalhe que esse não é uma opinião só minha .. várias pessoa que conheço compartilham dela.
    Só sei que quando volto a Garanhuns .. o Zamzibah é um lugar que não indico .. nem jamais indicarei! Péssima opção!!

    ResponderExcluir
  34. Se eu fosse o dono dessa budega processava o Guga Passos e este blog,voces estao causando prejuizo a um estabelecimento comercial,se voce sabe que la é lugar da pequena burguesia de Garanhuns é so nao entrar mais,tem um monte de lugar legal pra ir e ficar a vontade.

    ResponderExcluir
  35. Sem querer entrar no merito da questão e entrando, gente o pior atendimento de Garanhuns estar em Ferreira Costa, sem falar dos preços absurdos de lá. Já no perola fiquei decepcionado quando descobri que aquelas metidas de lá, quando ganha bem recebe um salario minimo, uma parente minha arranjou um emprego de caixa lá e saiu porque nunca recebeu um salario minimo, imagine todas aquelas metidas do perola quando passa por um, parece que tem um rei na barriga achei que ganhasse muiiiiiiiiiiiiiito. $$$$$$$

    ResponderExcluir
  36. E então, já fui de havaianas, bermuda, camisa furada, calça de pano xadrez de mesa e nada disso me aconteceu. Não sei o que realmente aconteceu, mas enquanto não ficar bem esclarecido vou preferir acreditar em um problema de comunicação, afinal as palavras são fontes de mal entendidos, não é?

    ResponderExcluir
  37. que horror !!!! é maravilhoso andar de sandalias havainas, que por sinal estão muito caras..e vc ainda é barrado num lugar desses..aqui em recife vamos a todos os lugares assim de havainas...gente acordem pra civilização e vamos deixar garanhuns crescer...

    ResponderExcluir
  38. Não acredito que isso tenha acontecido, sou frequentador assíduo da casa, frequentando-a mais de uma vez por semana, e nunca presenciei nada desse tipo, o que deveríamos fazer era agradecer pelo desenvolvimento e empreendedorismo de algumas pessoas que acreditam na cidade e como pessoas mais esclarecidas, entender as dificulades e diferenças entre um plano e outro, ser garçon não é nada fácil, e há de se ressaltar que são pessoas sucetíveis a problemas, como quaquer ser humano, como também professores estão sujeitos há algumas dificuldades advindos de problemas pessoais, e nós como alunos geralmente fazemos de conta que nada está acontecendo.
    Respeito muito o comentário do autor, apesar de não concordar, pois antes de agredirmos com palavras tão duras o nome de uma empresa ou pessoa devemos primeiro fazer uma reflexão espiritual, e analisarmos a nós mesmos, como se estivessemos executando a função do nosso colega.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  39. Resumindo isso tudo!a Verdade é que Garanhuns
    VIVE De APARENCIA!
    90% dos frenquentadores de Estabelecimentos como o citado ZANZIBAH São corriqueiros INADIPLENTES com suas Roupas de Marca parceladas em 10x e Seus Carrões Finaciados em quase 80 meses.Isso se Não estiverem em Busca e Apreensão!
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  40. atendimento otimo na verdade o q me revoltou foi a imundice em pleno almoço baratas andando pelo salao isso me enojou na hora. perdi ate a fome.

    ResponderExcluir
  41. Só fui a este bar três vezes, e das três, duas fui mal atendida.

    Geralmente vou a lugares bem mais simples, onde faço um movimento nas mãos de que vou me servir, e lá vem um garçom para me servir.
    Neste local, comi uma comida difícil de ser servida, esperei o garçom vir servir e nada. tive que levantar da mesa e tentar servir a mim e meu esposo. Era um garçom, um homem muito mal educado. Logo em seguida pedi vinho e ele mandou outra garçonete vir servir. só fui três vezes, se eu for mais alguma, pode ter certeza que é por convite de aniversário de algum amigo ou parente...

    ResponderExcluir
  42. Conheço 26 países.Sou pós graduado e concursado em instituição pública. A experiência mais bizarra em restaurantes no mundo foi no Zanzibah. Esse restaurante destrói com a imagem de Garanhuns, no aspecto pólo gastronômico e turismo. Imaginem que eu entrei nesse restaurante super bem vestido (apenas sem o paletó), e na hora da conta paguei em dinheiro e o troco voltou amassado com moedas e balas. E pior: esse bolo de moedas, notas e bombons foi jogado na mesa. Na mesma hora observei que outros clientes estavam recebendo as contas com o resguardo em couro.A questão não foi a roupa, nem o tipo físico. Possivelmente o camarada queria estar no meu lugar (se for guerreiro, ter boa alma e estudar muito, consegue).Boa pauta para o Ministério Público.

    ResponderExcluir