SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sábado, 20 de agosto de 2011

JUIZ DO STF AJUDA ESTUPRADOR

Foge do Brasil para o Líbano o médico condenado a 278 anos por violentar 37 mulheres.

O médico Roger Abdelmassih, de 67 anos, já está no Líbano, segundo a Folha. E por lá deve ficar porque tem origem libanesa e o Brasil não tem tratado de extradição com o Líbano. E isso poderia ter sido evitado, caso o ministro Gilmar Mendes (foto), do STF,  não concedesse o habeas corpus que o tirou da cadeia.

O médico estava preso, aguardando recurso de sua defesa diante da sentença que o condenou a 278 anos de cadeia por violentar 37 mulheres (suas pacientes, o que agrava os crimes) entre 1995 e 2008. E aguardava preso porque a Polícia Federal informou que ele tentava renovar seu passaporte. A juíza Kenarik Boujikian Felippe determinou que ele fosse preso para evitar sua fuga do país.

Seu advogado recorreu. Disse que Roger Abdelmassih não pretendia fugir do país, só estaria renovando o passaporte...

Sem ao menos perguntar ao advogado por que um homem de 67 anos condenado a 278 anos de cadeia renovaria o passaporte (seria um novo Matusalém?), Gilmar Mendes mandou soltar o passarinho, que agora vai passear sua impunidade no exterior, até que a morte o separe da boa vida.

O que dirá Gilmar Mendes, o Simão Bacamarte do Judiciário, sobre seu habeas corpus que possibilitou a fuga do criminoso?

Parabéns ao escritório de advocacia Marcio Thomas Bastos!!!! (que defendeu o safado!)

Foi esse porco do Gilmar Mendes que disse com todas as letras de sua suja boca que jornalista, professor de educação física e algumas outras profissões não precisariam de diploma. Que eram como cozinheiros... é só aprender a cozinhar e pronto. Além de tudo desmereceu a profissão dos cozinheiros que, como as demais, merecem nosso respeito. Oxalá, a imprensa inteira caia de pau sobre ele. (O texto nos foi enviado pelo José Fernandes Costa. Infelizmente não identifiquei o autor do mesmo).

9 comentários:

  1. esse gilmar é um estuprador da lei

    ResponderExcluir
  2. Eo que falar do caso da juíza asassinada, que tantas vezes pediu escolta, e lhe foi negada? O presidente do tribunal que negou o pedido, é Luiz Zveiter, aquele mesmo que puniu o Náutico por telefone, quando o marginal André Luiz, jogador do Botafogo, quis quebrar tudo nos Aflitos.

    ResponderExcluir
  3. VERGONHA!!!

    A Justiça nunca foi tão questionada como nos últimos tempos. Antes, era o Dr. Marcos Aurélio, além de outros, hoje, se destaca esse corrupto Gilmar Mendes...
    É uma vergonha a justiça em nosso País. País com P maiúsculo, porque tem as excessões...; geralmente nem as conhecemos; mas, existem.
    Rui Barbosa tinha razão já naquele tempo, quando se escandilizava ao ver triunfar as nulidades, as injustiças..., e, que o homem iria ter vergonha de ser honesto...
    Não demorou muito, aí está a putrefação; poucos escapam; pois, quem não é safado, é mofina/covarde...; continua atualizada, e é espelho da história - Reino de Avilã.
    Até que ponto, cada um de nós temos culpa desta situação!??

    ResponderExcluir
  4. José Fernandes Costa20 de agosto de 2011 16:23

    Gilmar Mendes é um "comedor de toco". O banqueiro bandido, Daniel Dantas, que o diga. - Dantas foi preso duas vezes. E, nas duas vezes, o recurso NÃO competia ao Supremo Tribunal Federal (STF). Era de competência do Superior Tribunal de Justiça (STJ). - Mas os advogados do bandido Daniel Dantas, sabendo que Gilmar Mendes é "amigo" do dinheiro dos ladrões e estupradores, recorreram direto para o STF, ambas as vezes. E o bandido Gilmar Mendes, além de mandar Dantas para a rua palitar os dentes, ainda quis punir o juiz Fausto de Sanctis, responsável pelas ordens de prisão. - O bandido Gilmar Mendes era presidente do STF, à época. E chamou para si a decisão de analisar o pedido dos advogados do outro bandido, Dantas. Só que ele NÃO analisou o processo, nem o pedido. Só analisou o dinheiro que recebeu. - Ainda passou por cima do STJ e tentou humilhar o juiz de Sanctis, representando contra este no Conselho da Magistratura. Mas o Conselho deu o caso por encerrado. E o juiz de Sanctis hoje é membro do STJ, com muita honra./.

    ResponderExcluir
  5. Gilmar não cria as leis, ele as aplica. Querem diferente, mudem as leis.

    ResponderExcluir
  6. Se a digníssima esposa, mãe ou filha desse Juiz,tivessem sidos as vítimas do estuprador será que o mandatário da lei no STF o libertaria? Pelos casos anteriores envolvendo o nome do magistrado, cremos que sim...

    ResponderExcluir
  7. Marcelo Jorge,esse juiz gosta é de dinheiro se fosse a esposa,mae ou filha dele,e ate ele mesmo com dindin na parada tava tudo liberado.Ze de Rita-Brejao

    ResponderExcluir
  8. Brasil, corrupção generalizada no governo!

    ResponderExcluir
  9. José Fernandes Costa21 de agosto de 2011 21:44

    Ana: nós sabemos que o Poder Judiciário NÃO cria leis. - Mas é preciso também saber que, na Justiça, existem as alçadas. Existe o limite da competência judicante. - No exemplo que citei, isto é, para os crimes de um "banqueiro" ladrão, o STF NÃO é a esfera competente para abrigar recursos de decisão de juiz de primeira instância. - Os recursos de processos que versam sobre crimes comuns (e aquele é o caso), iniciados da Justiça Federal, são dirigidos, inicialmente, aos Tribunais Regionais Federais (TRFs). Se for necessário recorrer, ainda, após julgamento nos TRFs, aí então, é competente o Superior Tribunal de Justica (STJ)./.

    ResponderExcluir