SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sábado, 20 de agosto de 2011

DIFÍCIL DE ESQUECER

Ana Paula é a lésbica de Como Esquecer

Nos últimos anos o cinema nacional tem buscado se firmar através de comédias até certo ponto criativas e um toque de sensualidade. Exemplos são Se Eu Fosse Voce, a Mulher Invisível e De Pernas pra o Ar. Tivemos também o ótimo Tropa de Elite e os longas interessantes sobre Chico Xavier. Um trabalho bonito e corajoso, com muitas qualidades, é Como Esquecer (2010), dirigido por Malu de Martino e tendo no papel principal a ex-global Ana Paula Arósio. É um romance denso, com uma personagem complicado, uma mulher angustiada, difícil, que vive a dor de perder a companheira depois de 10 anos vivendo juntas. O filme em nenhum momento apela e trata o homossexualismo com muita seriedade e honestidade, diferente do que se vê na TV. Murilo Rosa (na papel de gay), Natalia Lage, Arieta Correia e Bianca Comparato, a bonequinha da história, também atuam com muita competência. Pode não ser perfeito, porém é uma obra importante na filmografia recente do cinema brasileiro. Palmas para Ana Paula e principalmente Malu Martino, que fez essa boa adaptação do livro autobiográfico escrito por Myriam Campello

2 comentários:

  1. ASSOCIAÇÃO DOS BLOGUEIROS20 de agosto de 2011 21:08

    O povo quer saber: por que os blogs de noblat, josias de souza e o balaio do kotscho não estão mais lincados nesse blog??????????????????????

    ResponderExcluir
  2. Excelente obsevação. aí, tem gato na tuba................................

    ResponderExcluir