Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quinta-feira, 21 de julho de 2011

GARANHUNS PARTE NA FRENTE NO COMBATE AO LIXO

Garanhuns fez adesão ao programa de reciclagem de lixo do Governo do Estado, com base na legislação atual que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A intenção do prefeito Luiz Carlos é que a cidade seja referência no tratamento ao meio ambiente. “Nós já temos o aterro sanitário, a Associação Nova Vida dos Catadores de Lixo (ASNOVE), a ONG Eco Nordeste e através da Secretaria de Agricultura realizamos uma campanha permanente de coletiva seletiva. Agora, com essa adesão o município sai na frente e passa a fazer parte do Recicla Pernambuco”, explicou o Secretário de Desenvolvimento do município, Ornilo Lundgren.

Além de Garanhuns, vão participa da iniciativa, municípios da Mata Sul e do Sertão, como é o caso de Arcoverde. O Projeto busca incentivar a coleta seletiva de resíduos sólidos e estimular a redução, reutilização e reciclagem desses resíduos, por meio de ações sociais de inclusão sócio-econômica dos catadores de materiais recicláveis, de forma a melhorar a qualidade dos serviços de limpeza urbana nos Municípios do Estado de Pernambuco.

O Recicla Pernambuco também promoverá ações de fortalecimento de comunidades locais que vivem da coleta de lixo, estimulando o desenvolvimento integrado das pessoas a partir da organização de cooperativas e/ou associações catadoras de materiais recicláveis, adotando políticas públicas consolidadas para a destinação final de resíduos sólidos. (Na foto o prefeito Luiz Carlos assinando a adesão ao programa de reciclagem de lixo do Estado).

Um comentário:

  1. LIXO:


    Uma certa vez eu ia acompanhando uma procissão na sexta-feira Santa e vi a multidão pisando no lixo em determinada Rua.

    Na outra semana vi o lixo sendo jogado entre duas casas de pessoas pobres.

    Cheguei para os dois vizinhos e mandei que eles levantasse uma casa naquele terreno baldio e só assim o lixo sairia daquele local.

    Os dois vizinhos não tiveram coragem de invadir o terreno e veio um terceiro e construi uma garagem.

    Resultado, o lixo passou a ser depositado na lagoa bem pertinho da casa de um Professor.Então, eu vi o Professor ficar brabo porque o lixo foi ficar vizinho a casa dele.

    Daí notei que ninguém gostaria de ter como vizinho o LIXO.

    O lixo tem sido um dos assuntos predominantes nas minhas aulas de EDUCAÇÃO AMBIENTAL.

    Como ex-vereador discutimos o LIXO permanente e constantemente.Apresentei um REQUERIMENTO pedindo ao poder executivo que destinasse a cada varredor de RUA um Kit contendo botas, fardas, luvas, protetor de narinas, enfim, que os faxineiros fossemm tratados com decência, dignidade e como pessoas que estão sujeitas a pegarem primeiro as doenças parasitárias e as bactérias.

    Finalmente, vi o lixo de minha cidade sendo jogado na beira do Rio tal qual ocorra também na cidade de Correntes e vi muitas vezes o lixo sendo jogado nas estradas de Lagoa do Ouro e Bom Conselho.

    Há muito tempo que as autoridades santárias deveriam fiscalizar os depósitos de lixo em todas as cidades e punir o administradores que não se enquadrarem nas normas técnicas de higienização, pois ninguém gostaria de ter como vizinho o LIXO.

    Professor -JOSÉ LUZ DE CARVALHO IRMÃO -ZECA BARBOSA -LAGOA DO OURO-PE.

    ResponderExcluir