ALEPE

ALEPE
ALEPE

quinta-feira, 23 de junho de 2011

IZAÍAS EXPLICA SILÊNCIO SOBRE FIG

Através de sua Assessora de Imprensa em Garanhuns, Marcela Valença, o deputado estadual Izaías Régis (foto) explicou porque até agora não se manifestou em relação ao Festival de Inverno da Cidade. No e-mail ao radialista Pereira Filho, repassado ontem à noite a este blog, a profissional de comunicação informa o seguinte: "Estamos acompanhando constantemente o Diário Oficial e até a presente data nenhuma notícia oficial quanto ao nosso importante evento foi divulgada. Por este motivo o deputado não se manifestou acerca do assunto. Desde já agradeço sua atenção e coloco-me à disposição para eventuais esclarecimentos que fizerem-se necessários. Aproveitamos a oportunidade para desejar a todos um feliz São João! Atenciosamente, Marcella Valença Assessora de Comunicação do Deputado Izaías Régis. O radialista Pereira Filho criticou o parlamentar esta semana, no programa Combate, na 87 FM, por não se posicionar a respeito do Festival de Inverno, que está com a divulgação da programação atrasada e com uma proposta de descentralização das oficinas para outras cidades do Agreste.

12 comentários:

  1. Esse deputado é mesmo fanfarrão, dizer que vai esperar sai no diario oficial??? E por que não vai logo averiguar e saber o que de fato esta acontecendo, vai esperar acontecer pra depois falar ? Deputado acorda, deixa de medo de Eduardo e lute pelo nosso festival!!!!

    Garanto se fosse o de artes que o senhor controla o dinheiro o senhor ia atras""""

    Pedro Ferreira
    Garanhuns/PE

    ResponderExcluir
  2. Frederico Jorge Caldas23 de junho de 2011 08:27

    Esse Deputado não tem nada a se posicionar a respeito do FIG, até porque ele é o candidato a prefeito fantasma de Luiz Carlos. Seu posicionamento deveria ser sobre a ACIAGAM, não é mesmo Altamir Pinheiro!

    ResponderExcluir
  3. a programação do FIG nunca saiu antes do saão João.. já estou acostumado com a demora e as especulações....sossega gente..o festival é sempre uma surpresa boa...pra quem realmente participa né...e não fica dormindo odia todo esperando a Noite Chegar...ACORDA.......

    ResponderExcluir
  4. Carlos Alberto Barbosa costa23 de junho de 2011 14:34

    esse deputado e nada é a mesma coisa , Garanhuns não tem políticos, só tem babacas que se preocupam apenas em colocar nosso dinheirinho suado no bolso, vamos criar vergonha e dar o troco nessa proxima eleição.

    ResponderExcluir
  5. Um deputado feito esse, sem nenhum prestigio junto ao governador Eduardo Campos, só pode mesmo esperar sair alguma coisa no Diario Oficial como qualquer pessoa.

    Pobre Garanhuns!!

    ResponderExcluir
  6. Um deputado que acompanha o principal evento do seu município pelo diário oficial já tá mostrando o prestígio que tem, NENHUM. Se tivesse prestígio seria ouvido pelo governo do estado, né verdade? E um deputado desse ainda quer ser prefeito.
    Hermano
    Cohab I

    ResponderExcluir
  7. PAULO CAMELO, COMENTA: A mídia, especialmente a internet tem contribuído enormemente com o nosso aprendizado e prática política. Os conterrâneos Hermano, Luiz Alencar e Pedro Ferreira, foram muito felizes em seus comentários. Esperar pela divulgação da programação do FIG no Diário Oficial do Estado, para poder se posicionar a favor ou contra a descentralizição do Festival, é estória para o "boi dormir". Izaías não entra em bola dividida. Por ocasião do texto que escrevi para o Correio Sete Colinas, na época intitulado de "Garanhuns, um barco à deriva", fui criticado por um conterrâneo, por sinal esclarecido, que achava que Izaías era líder burguês. Prontamente, lhe disse que Izaías é apenas um representante do líder burguês e senador Armando Monteiro. Agora os conterrâneos Hermano e outros, dizem e comprovam o que outrora afirmei, ou seja: o deputado Izaías Régis não é líder burguês, se fosse, não precisava de ser Deputado, mas seria consultado sobre a organização do Festival e certamente teria um representante na organização do mesmo. Garanhuns precisa de políticos que tenham autonomia. Hoje, a maioria dos pré-candidatos a Prefeito não têm autonomia e sequer independência política e econômica. Mas, não é só Izaías que não tem prestígio com o governador, tem mais gente. É só pensar um pouco, afinal não precisa ser "detetive", basta pesquisar.

    ResponderExcluir
  8. sexta-feira, 24 de junho de 2011
    Cunhado do secretário Ranilson Ramos elogia posição de Armando Monteiro contra a aprovação da PEC da reeleição

    Nem só de críticas vive o PTB pernambucano por ter orientado os seus deputados estaduais, inclusive com o “fechamento de questão”, a votarem contra a PEC da reeleição.
    Do empresário e produtor de eventos, Murilo Cavalcanti, cunhado do secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, o Blog recebeu a seguinte mensagem:
    “Caro Inaldo, é hora de aplaudir a atitude corajosa do senador Armando Monteiro e dos deputados que votaram contra o casuísmo da Assembleia Legislativa de Pernambuco em aprovar a reeleição da reeleição da atual mesa diretora. Nem na época da ditadura militar se viu tamanha façanha”.
    Cordialmente,
    Murilo Cavalcanti


    Paulo Camelo, tudo que você comenta tem uma razão de ser: a reeleição dos poderes executivos em todo o país.

    Estamos vivenciando em praticamente todos os municípios brasileiro o seguinte: o prefeito apoia o sucessor na certeza de que no futuro terá o seu apoio.

    Com a reeleição, a primeira coisa que acontece é o sucessor brigar imediatamente com o ex-prefeito.

    Resultado, tudo está dominado pela medo, pela mentira, pelo dinheiro puro e sujo e as traições acontecem naturalmente como se tudo fosse normal.

    Todo seu discurso tem um cunho social, ético, de competência e de seriedade.

    Como não foi feita nenhuma REFORMA POLÍTICA e não será feita, pois os burgueses aprovaram um salário nunca visto na história política brasileira, isto é, um Deputado Federal ganhar igualzinho ao Presidente da Reública fora as mordomias,acreditemos, jamais haverá uma Reforma para beneficiar aqueles que são pobres materialmente, porém ricos em competência.

    Costumo ler e reler seus textos mais de uma vez.

    Professor, José Luz de Carvalho Irmão.
    Lagoa do Ouro-PE.

    ResponderExcluir
  9. Essa é de lascar o "MESTRE" lê re-lê os artigos publicados pelo PAULO jurássico CAMELO.

    Paulo é do tempo de "burguês" pelo amor de DEUS.

    LULA falou muito sobre essa baboseira e hoje pode-se dizer com as palavras de PAULO que o LULA é um "burguês" pois o mesmo embolsa cerca de 150.000(cento e cinquenta mil reais)com suas palestras,pura balela ideológica de PAULO.

    Quer em GARANHUNS um candidato independente,numa democracia ele quer ser independente,kkkkkk,conta outra.

    E poucos discordam ou não o levam a sério.

    Lucas Leiva/Caetés

    ResponderExcluir
  10. Esse deputado e muito frouxo ,que desculpa fuleira essa de diário oficial,o que ele ta e tirando a bunda da seringa pra não desagradar Eduardo, tem que tomar posição deputado foi pra isso que você foi votado,vara nuns saberá reconhecer que lutar pelo seu futuro e o governador respeitara o político de vergonha,borá oxalás toma posição.

    ResponderExcluir
  11. Meu Caro, Lucas Leiva/Caetés.

    O Engenheiro Paulo Camelo não é aquele animal irracional e nem um burguês daqueles que pegaram uma caneta e assinaram para eles um salário mensal de R$ 26.713,13,igualando-se a um Juiz do Tribunal Superior Federal e ao Presidente da República com efeito cascata em todo o país.O resultado está aí para todo mundo ver."0bras paradas em todos os municípios brasileiros".

    Você deve se lembrar que o Severino Cavalcante, de João Alfredo, caiu simplesmente por que recebia uma propina de R$ 7.500,00 de um restaurnte em Brasília.E o Deputado Federal recebeu R$ 10.000,00 de aumento enquanto o trabalhador brasileiro recebeu apenas R$ 35,00 .Que mole ou que mais?

    No momento eu faço uma reflexão das besteiras que Fernando Henrique Cardoso fala e também das besteiras que o Lula diz.

    As declarações que o Engenheiro, Paulo Camelo, transmite leva aquele eleitor livre e independente a fazer minuciosamente uma análise dos fatos e das ações praticadas pelos homens públicos, pois estamos vivenciando o quanto se queimou em praça pública de dinheiro com a compra do voto e com festas e mais festas como se o país vivesse numa boa, rico de tudo e não existisse pobre e faminto e, muito menos,os desabrigados das enchentes no Rio de Janeiro, Santa Catarina, Pernambuco e Alagoas e por que não citar Correntes,Quebrangulo, Santana do Mundau, Água Preta, Barreiros,Branquinha, União dos Palmares e Palmares bem pertinho de nós.

    Você, amigo, talvez não tenha tomado conhecimento de que essa política brasileira passa por um processo de transformação quando os valores éticos estão invertidos.

    Um ex-presidente da República dizer que é a favor das descriminalização das drogas e um ex-presidente dizer que nunca existiu o mensalão, é falar bobagem e fazer os jovens de idiotas e os mestres da Educação de burro e ignorante.

    Para finalizar, gostaria muito de ler os seus artigos escrevendo com clareza e conhecimento sobre fatos e com palavras esclarecedoras sobre determinados assuntos por mais complexo que eles sejam.


    Professor -JOSÉ LUZ DE CARVALHO IRMÃO
    LAGOA DO OURO -PE.

    ResponderExcluir
  12. Quem manda eleger politícos sem compromisso.....Só dá nisso.

    ResponderExcluir