Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sexta-feira, 24 de junho de 2011

FERNANDO HENRIQUE E AS DROGAS

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez uma pesquisa nos principais países do Ocidente e chegou à conclusão de que a política de combate às drogas está toda errada. Por isso defende a descriminalização da maconha e outras mudanças quanto a esse assunto. O posicionamento corajoso e polêmico de FHC vai terminar no cinema. O cineasta Fernando Gostein Andrade, parceiro de Caetano Veloso em “Coração Vagabundo”, está finalizando o documentário “Quebrando o Tabu”, discutindo essa questão das drogas e tendo o líder tucano como um dos principais personagens.

Tanto Fernando Henrique quanto o cineasta estão na Revista Trip explicando essa luta pela descriminalização.

"Quanto mais eu e os outros líamos, mais chegávamos à conclusão de que a guerra às drogas era falida e que o objetivo de zero droga é inalcançável. os recursos estão todos concentrados em destruir a produção e combater o tráfico. Mas nada é feito para lidar com os efeitos na sociedade e em quem usa. Nada era feito de fato para reduzir o consumo. Enquanto isso,  vários mitos desabavam diante das pesquisas que nós íamos fazendo", revelou FHC à revista.

5 comentários:

  1. Ele só chegou Agora a essa conclusão? Muito bem, essa é a unica saida que uma pessoa tão culta e inteligente achou. Pena que ele não fez isso no governo dele e vem com essa agora. Ele não fez nada pelos pobres e agora q acabar de destruir as familias.... vai arrumar uma trouxa de roupa para lavar

    ResponderExcluir
  2. Eu tive o direito e a liberdade de votar por duas vezes em FHC.

    Acertou ao criar o Plano Real. Errou quando não fiscalizou os preços e não acompanhou a transformação da URV para o Real.

    Fomos roubados e as mercadorias ficaram com o preço superfaturados.

    Errou quando quis privatizar tudo no Brasil.

    Se não fosse o grito da Oposição, certamente, teria vendido todo o patrimônio do povo brasileiro.

    Errou quando não fez a REFORMA POLÍTICA moralizando o processo em todo o país.Hoje, o seu partido paga muito caro por ter aprovado a reeleição do poder executivo e por não ter feito as Reformas estruturais que o país precisavam.

    Vir, agora, dizer publicamente que é a favor da descriminalização das drogas, é um verdadeiro retrocesso e quer destruir as famílias e os jovens brasileiros.

    Basta de tanta violação dos direitos sagrados, de tanta estupidez dos nossos animais politicos e de tanta falta de vergonha.

    ResponderExcluir
  3. FHC é um grande estadista e homem público pensa mais no futuro e não leva essas picuinhas políticas à sério.

    Deveríamos enaltecê-lo e agradecer por sua grande contribuição ao nosso país.

    Todos os líderes mundiais vêem isso,mais alguns desinformados e ressentidos não enxergam o seu legado.

    Lucas Leiva/caetés

    ResponderExcluir
  4. Desinformados e ressentidos jamais.Consciente do que fala sim.

    Em 2002 o risco país chegou a 2.400 pontos e hoje está a menos de 300 pontos.

    O dólar chegou a R$ 3,90.Hoje, menos de 1,70.

    As exportações eram de US$ 65 bilhões e agora ultrapassam os US$ 140 bilhões.

    O bolsa família era de 3,5 milhões de pessoas e hoje passam de 12 milhões.

    A transnordestina e a Transposição do Rio São Francisco já deveriam ter sido feitas há 100 anos.FHC nunca teve coragem de fazer mesmo privatizando R$ 70 bilhões e não teve coragem de investir 5 bi para o Nordeste.

    As Reservas Cambiais eram de US$ 57 bilhões e atualmente ultrapassam US$ 240 bilhões.

    Foram 16 novas universidades Federais e mais de 214 extensões Universitárias em todo o país e mais de 200 Escolas Técnicas.

    Hoje, eu estou tendo o prazer de ver centenas de jovens se formando aqui em Garanhuns.

    Pobre não tinha vez.Chegue hoje em qualquer Prefeitura municipal e peça uma ajuda de R$ 100 para resolver um problema particular.A resposta será, não tem.

    Está tudo bem, nada.Está tudo as maravilhas, também não.Porém não vou me calar em apontar de vez enquando os erros e os acertos que tanto Luiz Inácio Lula da Silva cometeu e praticou tal qual Fernando Henrique Cardoso.

    Este é o grande diferencial de quem pensa diferente sem demagocia e sem perseguição a quem quer que seja por ter ideias e pensamentos diferentes.

    Eu vi muito gente ser discriminada por ter suas próprias ideias e seus próprios projetos diferentemente do outro.

    Uma mesa custava CR$ 150.000,00 e quando passou para a URV ficou em R$ 150,00.Sabe quanto era a mesa em URV 54,54.Uma mesa de CR$ 1.200.000,00 ficou valendo R$ 850,00.Valor Real R$ 436,36 . Valor da URV 2.750,00.

    O exemplo acima, foi apenas para mostrar o quanto fomos roubados na passagem do Cruzeiro para o Real.

    O único produto que acompanhou a transformação real foi o leite que ficou em R$ 0,19 e hoje custa R$ 0,70 o litro. O resto somente veio baixar de preços quando o dólar caiu consideravelmente.

    ResponderExcluir
  5. Épocas distintas caro mestre,a economia mundial faz países como o PERU crescer duas vezes mais que o nosso.

    E quero te dizer que não quero morar no PERU.

    Deves creditar ao bom e elogiado FHC esse crescimento do BRASIL como nação.

    Não estou aqui comparando-o com o governo LULA.

    Lucas Leiva/Caetés

    ResponderExcluir