ALEPE

ALEPE
ALEPE

quinta-feira, 28 de abril de 2011

PT FORTALECE HUMBERTO

Jornalista e médico, petista desde a criação do partido, Humberto Costa (foto) foi deputado estadual, secretário na Prefeitura do Recife e no Governo de Pernambuco, deputado federal e Ministro na gestão de Lula. Nas disputas majoritárias, contudo, foi derrotado três vezes, até se eleger senador, em 2010. Neste momento, em alta, será conduzido com as bençãos de Dilma e certamente de Lula para a assumir a presidência nacional do PT, em razão de um problema de saúde de José Eduardo Dutra. Tudo indica que o pernambucano está tendo seu nome fortalecido para concorrer à sucessão de Eduardo Campos (PSB), em 2014. Como o governador dificilmente abrirá mão de um nome do próprio partido, poderemos ter daqui a três anos três projetos à esquerda: Fernando Bezerra Coelho, do Partido Socialista; Armando Monteiro (PTB) e Humberto Costa pelo Partido dos Trabalhadores. Mas até lá muita coisa ainda vai acontecer.

7 comentários:

  1. Como o termo está na moda em toda a blogosfera política eu tanbém vou fazer uso dele: "Este almofadinha é mais um PTEISTA-CAVIAR-TUPINIQUIM"...

    ResponderExcluir
  2. O dia começou uma maravilha nesse blog. Nenhuma postagem sobre Caetés e muito menos foram liberados comentários de Einstein. Parabéns e uns bons dias, Roberto Almeida!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. "JOSÉ EDUARDO DUTRA" PRESIDENTE DO PT.


    Você foi o principal responsável pelo aumento de 61,83% dados aos parlamentares brasileiros com efeito cascata que atingiu em cheio as finanças públicas brasileiras.

    Pensava você que, o Brasil era um país rico e que as mil maravilhas teriam acontecido no governo Lula.

    Não pensou você, Dutra, que tínhamos saido da maior crise Internacional com os Estados Unidos recebendo ajuda de 4 trilhões de DÓLARES,que o país tem uma dívida externa de 209 bilhões, uma dívida interna de 1,7 trilhões de reais, mais de R$ 100 bilhões de resta a pagar e que com o aumento dados aos PRIVILEGIADOS, A INFLAÇÃO E AUMENTO DE JUROS É UMA REALIDADE.Fora isto que levou a Dilma a cortar R$ 50 bilhões do orçamento o que foi pouco diante do roubo e do rombo civilizados.

    Será que o PT não aprendeu com os escândalos dos mensalões, dos vampiros,dos sanguessugas que existiram de montões em todos os municípios brasileiris com todos os partidos, com poucas e raríssimas exceções, uns mais outros menos?

    Este foi o maior defeito do ex-presidnente Lula e do PT.

    Juntos apenas na imagem.Porém tão distantes a ponto de o Lula dizer em público." VOCÊS DERAM AUMENTO PARA OS SENHORES ENQUANTO QUE O LULINHA NÃO VAI RECEBER NENHUM TOSTÃO DE AUMENTO" . Exclamou Lula.

    Fica provado que o PT diz uma coisa e Lula diz outra totalmeente diferente.A verdadade é que eles nada sabiam.

    De tanto ser humilhado em praça pública, de ter seu nome massacrado pela direita conservadora deste país que, na sua maioria, estão lhes dando apoio ao PT , a Dilma e ao Lula, ambos cuspiram no prato de comida que comeram juntos.

    A imprensa consciente e o trabalhador sacrificado estão todos indignados com atitudes mesquinhas, com gesto de pura habilidade políitca em causa própria.

    Ser presidente de um partido como o PT é um balaio de gatos dos mais terríveis para serem administrados. A sujeira é tão grande que fora necessário jogar para debaixo do tapete.


    Exm° Sr. Senador Humberto Costa,eu votei pela primeira vez, não sei se vale o esforço para dirigir um partido tão quanto os outros envolvidos com todo tipo de CORRUPÇÃO braba neste país!

    ResponderExcluir
  4. Henrique Veras, pena que você não conhece o nobre senador Humberto Costa,pois trata-se de homem de fino trato e muito atencioso com as pessoas, sinto muito é quando asx pessoas tercem comentários sem se quer conhecer de perto as pessoas, pois posso afirmar que o Senador Humberto Costa será sem duvidas o nosso futuro Governador, pois existe uma relação com pessoas de Garanhuns e com certeza irá ter um tratamento diferenciado com nossa cidade.
    o que não fez ainda esse governador que ai está que só prioriza Caruaru.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo(9;36): Até entendo que o fala fina de fino trato é uma pessoa atenciosa. Pois, é preciso que se saiba por ele pertencer a um partido de alibabá e os quarenta mensaleiros, mesmo com seu fino trato e ser bastante atencioso ele pertence ao grupo dos almofadinhas de petista-caviar-tupiniquim. O que é grave meu caro anônimo, põe grave nisso! Os escândalos comprovados do PT que os diga... E ele esconde e jura de pés juntos que jamais aconteceram...

    ResponderExcluir
  6. Quanto ao senador Humberto Costa, eu posso confirmar que é pessoa de fino trato. Simples, cordial, atencioso etc. - O problema do Veras é que ele vota em partidos. - Enquanto que eu e muitos outros, votam na pessoa. - Dos nomes aí falados, se o candidato fosse Humberto, eu votaria nele. 2. E a propósito do nosso atual governador, garanto que ele NÃO vai esquecer Garanhuns. É questão de mais um pouco de paciência. Mas, as pessoas daí têm que cobrar!/.

    ResponderExcluir
  7. Para josé f.costa

    A volta de Delúbio Soares ao PT custará caro ao partido e ao governo Dilma. A refiliação do ex-tesoureiro, um dos principais personagens do mensalão, provocará desgaste na opinião pública. Mesmo cientes disso, o PT e o governo parecem dispostos a pagar o preço.

    Por quê?

    Delúbio ficou calado durante muito tempo. Não atrapalhou a reeleição de Lula em 2006 nem a vitória de Dilma em 2010. Nos bastidores, apresenta sinais de instabilidade emocional. Não suporta mais o ostracismo. Isso preocupa muita gente graúda no PT. Há petistas que falam em chantagem política, ao descrever a veemência do seu pedido de refiliação.

    Outro motivo: o ex-tesoureiro deverá ser condenado por formação de quadrilha e corrupção ativa, crimes aos quais responde no processo do mensalão que tramita no STF (Supremo Tribunal Federal).

    O sensato seria aguardar a decisão do Supremo, esperada para o ano que vem. Absolvido, Delúbio poderia pedir a refiliação com forte argumento. Mas ninguém no PT acredita nessa hipótese. Melhor, no cálculo político da sigla, aceitá-lo agora.

    Prestes a acontecer, será uma decisão de uma hipocrisia política digna do bordão "nunca antes na história deste país". É fraca a justificativa de que não há condenação perpétua no Brasil e que, portanto, ele poderia retornar desde que comprometido a ter bom comportamento de agora em diante.

    Delúbio não foi para a cadeia. Um partido político decidiu em 2005 que deveria expulsá-lo devido ao papel central no esquema do mensalão. Ora, é um direito de qualquer agremiação escolher quem está apto a integrar seus quadros.

    Se refiliá-lo agora, o PT deveria dizer que todo o partido, sem exceções, endossou as ações de Delúbio na tesouraria e que ele foi expulso somente para dar uma resposta política ao eleitorado e não bombardear a reeleição de Lula.

    Hoje, a oposição está enfraquecida. O governo parece uma fortaleza. O mais provável é a manutenção desse cenário na próxima disputa presidencial, mas há tempo de sobra para uma reviravolta.

    Se tivesse respeito à própria história, o PT diria não a Delúbio. O partido contribuiu para civilizar a política brasileira enquanto empunhou com seriedade a bandeira da ética na política. Mas a legenda não aceita mais ser cobrada pelo padrão ético que ajudou a construir.

    Não dá para reescrever a história. É injusto dizer que o mensalão é o maior escândalo de corrupção do Brasil. Inexiste corruptômetro. Mas é justo classificá-lo como o maior escândalo da história do PT e do governo Lula. Delúbio Soares e Marcos Valério são personagens reais de um esquema de compra de apoio político com recursos de origem pública.

    No poder central, em nome do pragmatismo, o PT vem dinamitando seu pilar ético para se transformar na maior máquina política do Brasil. Uma pena. Já virou tradição o PT dar tiro no pé quando se sente por cima da carne seca.

    DE: um tucano com muito orgulho de FHC.

    ResponderExcluir