SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quinta-feira, 17 de março de 2011

UM TIME COM 136 TORCEDORES

O que mais me chamou a atenção no jogo entre Náutico e Bangu (RJ) não foi a vitória do time pernambucano por 2 x 0. O craque Eduardo Ramos, poupado contra o Porto, fez dois gols e o resultado deixou o alvirrubro de Rosa e Silva na terceira fase da Copa do Brasil. Provavelmente vai pegar o Vasco. Mas o curioso mesmo, nesta partida, foi o número de torcedores no estádio de Volta Redonda: 136 heróis. Deus me perdoe se estou discriminando, contudo ouso escrever que um clube que leva apenas uma centena de desportistas a um campo de futebol não existe,  nem pode vencer ninguém. O Bangu já foi forte, hoje não é nada. É duro, porém isso é a realidade. (Na foto acima, histórica, o time do Bangu, campeão carioca em 1966. Eram bons tempos. Já hoje...)

3 comentários:

  1. Qual é o cristão do Bangu que já viu falar nesse tal de Náutico...

    ResponderExcluir
  2. Não se enganem os torcedores. Essas manobras da Globo, para "tomar" os direitos de transmissão das outras emissoras, é para transformar grandes clubes do Nordeste, em "Bangús" da vida.

    ResponderExcluir
  3. Até mesmo quando fala de futebol o jornalista Roberto Almeida faz a diferença.

    ResponderExcluir