JOAQUIM FRANCISCO E O DOM MOURA

Dezembro de 1994. Arraes já vencera Gustavo Krause na eleição e se preparava para assumir o seu terceiro mandato como governador de Pernambuco. Faltando apenas 20 dias para Joaquim Francisco deixar o cargo, acontece um problema no Hospital Dom Moura de Garanhuns. Um repórter procura o responsável pela Saúde do Estado na cidade, Dr. Esdras Lima e este se encontrava em casa, às 15h, dormindo. O fato foi noticiado no Jornal do Commercio do Recife, na edição de domingo e comentado com ironia pelo radialista Geraldo Freire, na Super Manhã. Joaquim não tomou conhecimento de que o seu governo estava no fim. Na segunda-feira demitiu o diretor da 5ª Dires. Não fez o sucessor, mas exerceu sua autoridade até o fim. E não permitiu que se desse vacilo no serviço público. Por ironia do destino o ex-governador (Arena, PDS, PFL e DEM) hoje é do PSB e aliado de Eduardo Campos. Que ainda não se pronunciou sobre a atual crise no Dom Moura. (Na foto Eduardo Campos e Joaquim Francisco).

15 comentários:

  1. Sabemos que política e administração publica andam de mãos dadas, com isso, tenho certeza que o Governador esta atento a tudo que acontece tanto no Dom Moura com em Caetés, pois para mim há ligação entre Caetés e Dom Moura, não só porque ambos são administrados pela mesma pessoa, mas também sabemos que um é trampolim do outro na questão política. Então como disse tenho certeza que o Governador não vai se apegar a laços de amizade ou família para tomar suas decisões, mesmo porque hoje ele é uma pessoa que ultrapassou as fronteiras de Pernambuco e tem se não apadrinha certos tipos de amigos, um grande futuro político a nível nacional.

    Alvaro Galileu

    ResponderExcluir
  2. Caro Roberto,

    Hoje vi o artigo do Altamir, “guerrilheiro”, Chumbo Grosso, na A Gazeta Digital (página, Deu nos Blogs). Mais uma vez o pecador está certo. Não vou sempre ao seu blog (do Altamir), porque já ao entrar, tenho que rezar um “ato de contrição”, de tanta safadeza. No sábado, então, a classificação indicativa é para a terceira idade e com bom coração. Mas, quando se trata de temas políticos, ele ainda é insuperável ai em Garanhuns. Por isso defendo a volta do Chumbo Grosso aos seus blogs necessários, igual ele tem o seu, e o que muito nos honra, o Blog da CIT. E nesta crise do D. Moura, ele está sendo o máximo, e para ser justa, você também. Desculpe, mas, hoje até as Rosas do Capibaribe clamariam por isso.

    Eu já estava esquecido do nosso novo socialista, o Joaquim Francisco. Tenho certeza que o partido em que ele estava era tão socialista quanto o do Conde Eduardo hoje. Hoje, socialismo é uma ideia tão vaga, que cabe todos nós, inclusive o Joaquim. Quando muito tempo atrás os comunistas (será que ainda hoje existem, fora é claro, o Oscar Niemeyer?) diziam que dar casa ao povo era apenas um subterfúgio do capital, para mandar, e então Agamenon criou as vilas comerciárias, o socialismo era uma coisa. Hoje, na época do Chapéu de Palha e de SUAPE, é outra totalmente diferente. Garanto, como se eu quiser entrar no PSB, condição “sine qua non” para qualquer um ser eleito prefeito em 2012 (ou pelo menos pertencer a um partido apoiado pelo Conde), não sofrerei restrições, desde que ande na calçada do D. Moura, pisando no ouro distraída, e sem pensar que as belezas desta vida, é ser do PSB e ter um cargo em comissão. Estou pensando no caso.

    Não sou radical, e nem de longe quero propor que comecemos um movimento pelas redes sociais para derrubar a ditadura do Conde Eduardo em Pernambuco, mas, penso ser uma ideia a pensar, no que propõe o pecador Altamir, de boicotar o Conde na próxima visita, caso ele não faça como seu colega de partido, o Joaquim, fez, como você diz, ou dê uma explicação para a calçada de ouro.

    Se fosse em Bom Conselho, eu instigaria a imprensa a perguntar ao governador se ele iria dar um passeio pela calçada do D. Moura. Não sei se lá haveria quem fizesse uma pergunta deste tipo a ele. Pela A Gazeta, talvez nem o Luis Clério nem o Jodeval, gostariam de perguntar, talvez alegando foro íntimo ou motivos ideológicos. Os repórteres da Rádio Papacaça, não os conheço, e não sei se o dono da rádio, já está com o PMDB nacional, junto com a Rainha e o Conde. Os Blogs, os que não são pela prefeita, são pelo Conde ou pela “jumentinha”. Sobram a AGD e o Blog da CIT. Pela AGD, o Zé Carlos, só vai até Caruaru e a Eliúde até Paudalho. Pelo Blog da CIT, ninguém vai lá há muito tempo, e o Zezinho de Caetés, passa perto, mas não sei qual a relação dele com o Zé da Luz. Então, seria difícil mesmo perguntar ao governador.

    Em Garanhuns, o próprio Altamir, se deixarem ele se aproximar, até que poderia fazer a pergunta convite ao governador, e não aceitaria um não como resposta. Mas, se o “Dudu oi de gato”, fizesse a desfeita de não aceitar o passeio por considerar o “guerrilheiro” uma má companhia, então, tenho certeza, você, Roberto, deveria reforçar o convite, pois não sei se há outro jornalista aí para amarrar o guizo no Dudu.

    Lucinha Peixoto (Blog da CIT)

    ResponderExcluir
  3. acho pouco provavel que um homen da envegadura do Dr. esdras Lima, pessoa que teve sua vida dedicada a saúde publica, estivesse dormindo , talvez o jornalista poderia procurar pessoas mais chegadas ao referido medico para informações mais precisas sobre os acontecimentos da epoca acima mencionada.

    ResponderExcluir
  4. Caso não se pronuncie sobre o Dom Moura, DUDU não perde por esperar. Vamos arroxalo na vaia.............

    ResponderExcluir
  5. esdras cabral de lima junior23 de fevereiro de 2011 19:15

    caro jornalista.tendo o nome do meu pai ja falecido a 16 anos,sido sitado em matéria no seu blog, que leio sempre,fiquei admirado com tal noticia, pois voltando no tempo o que posso dizer a esse respeito é que tal fato nunca ocorreu, o referido medico que a epoca era diretor da 5 dires e não do hrdm, foi sim exonerado mais por denunciar em radio a falta de recursos e com isso debitos se avolumavão,meu sempre foi um homen de serviço publico sempre dando o que de melhor tinha para a todos atender. ainda hoje sou parados por pessoas nas ruas, que se lembram do bem que ele fez, sempre ajundando aos que mais precisavam.

    ResponderExcluir
  6. Caro, Colega:
    O homem público não pode viver sem valores e normas para saber o que é bom e o que é ruim para seus eleitores que acreditaram nele, faz-se necessário ouvir e defender esses eleitores e o interesses públicos.
    Meus caro amigo Roberto Almeida, é muito bom ver políticos como Joaquim Francisco que não pensou duas vezes antes de tomar uma atitude e honrar o compromisso com os eleitores e a população.
    Sabemos que tudo depende da vontade do governador, Eduardo Campos, e percebemos que ele não tem vontade nenhuma de tomar atitude contra a administração do Dom Moura, Vou-lhe contar como nos sentimos:
    No fim do governo de Jarba Vasconcelos eu trabalhando no HRDM presenciei vários funcionários fazendo campanha para o senhor Eduardo Campos dentro do hospital, com seus adesivos nas agendas, uma médica com adesivo na bolsa e outro funcionários que dava plantão a noite colocando adesivos pequenos nas paredes.
    No dia da passeata de Eduardo Campos e seu comício em frente a Ferreira Costa, muitos funcionários saiam de seu local de trabalho e foram aplaudir o senhor Eduardo Campos, mesmo contra uma direção que era cargo comissionado do governador Jarbas Vasconcelos era um pedido de mudança, hoje todos nós que fizemos esse pedido de mudança e participamos dessas mudanças na hora em que estamos pedindo ao senhor governado que nós ajude fazer uma mudança em nosso ambiente de trabalho ele ignora tomar uma atitude contra as irregularidades existentes na administração. Não queremos cargos será que valeu apena?

    ResponderExcluir
  7. Prezado, colegas:

    Já que não temos posição deste governo, vamos fazer uma investigação por conta própria pedindo a ouvidoria do Estado de PE O EDITAL DE LICITAÇÃO proposto por esta para verificamos que tipo de cimento, pedra, cal e telhas preciosas foram usado.
    Vamos solicitar da ouvidoria do Estado já que esse editais são públicos e que temos direitos enquanto cidadãos ou não?

    ResponderExcluir
  8. caro amigo e conterâneo Roberto Almeida lhe dou uma noticia de primeira mão, pois o fato que eu vou relatar voçê pode comprovar com algums Médicos do Hospital Dom Moura, existia até segunda feira uma ambulaçia no referido Hospital prestado serviços de Saúde, pois a mesma nâo si encontra mais no referido Hospital desapareceu sem dar nemhum vestigio, a mesma é de placa KIJ 6512 de propiedade de um médico da unidade e está locada no nome deu sua esosa, pois a mesmo veiculo esta matriculado no Dentran de Garanhus, voçê como um Jornalista correto que é mande esta noticia âo bloguereiros de Garanhuns.
    Por Médico do Moura

    ResponderExcluir
  9. joaquim era tao correto que privatizou a cilpe deixando os produtores de leite do estado desamparados pois a primeira medida da parmalat na epoca foi fechar os postos de recebimentos de leite quanto a dr esdras e um nome que merece respeito nao pode ser jogado na lama dessa maneira sem uma apuraçao dos fatos

    ResponderExcluir
  10. Não dá prá entender o governador Eduardo Campos, estamos no fim de fevereiro e ele ainda não nomeou os diretores da V. Geres e do H.D.M, e continua essa contenda no Dom Moura, se ele tivesse enterece de resolver já teria resovido, bastava nomear os novos diretores e pronto. Agora reflitam comigo, se isso que vem ocorrendo no hospital Dom Noura ocorrece no hospital da Restauração em Recife, vocês acham que ainda estava essa pelenga? eu acredito que não, mas é o Dom Moura, cidade do interior vai segurando até esquecerem,até porque, conforme MP, divulgado nesse blog, quem foi rsponsável pelas licitações foi a secretaria de saúde do estado, ai entra governador e o vice governador, já que até o fim de dezembro de 2010, que era o secretario de saúde do estado era o próprio vice governador, e quem é que assina a papelada? Na realidade esse governo gosta mesmo é de fazer propaganda, que diga esse tal pacto pela vida que ele quer exportar para o resto do país, vé a violência nas estradas do sertão, os caixas eletrônicos na capital sendo estourados aos montes, sem falar os homicidios, acho que essa estatistica de que aviolêcia diminuo está furada pra não dizer maquiada.

    ResponderExcluir
  11. E o Governador! vai se pronunciar ou não a respeito do festival de honestidade acontecido no Dom Moura! E TOME VAIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Este caso está rendendo tanto que hoje tive a coragem de entrar no Blog Chumbo Grosso e fazer um comentário, em sua postagem de hoje. Deus sabe quanto pequei, mas foi importante. Não sou de Garanhuns, mas se trata do governador de Pernambuco. Tive que lançar lá a campanho do “Fala Dudu”. Agora não é só Garanhuns que quer ouvi-lo, é o Estado inteiro.

    Não adianta esperar o dia 31 de março para fazer a pergunta que referi no meu último comentário, acima. O “Fala Dudu”, tenho certeza será mais efetivo se a imprensa desta nobre cidade quiser uma notícia para o caso. Se não....

    Lucinha Peixoto (Blog da CIT)

    ResponderExcluir
  13. Na imprensa dessa nobre cidade só tem baba.

    ResponderExcluir
  14. olha só o que está acontecendo na cidade de Garanhuns,não temos absolutamente ninguem com coragem e força política suficiente para falar em nome do povo, aqui temos uma inexistência política, temos apenas gente brigando pelos cargos para ver quem leva mais dinheiro e sabe o pior?com tudo isso que vem acontecendo, com tantos roubos na cara, com tanta incompetencia administrativa no Hospital Dom moura entre outros mil problemas,ultimamente todos aqueles que falarem nisso dentro do hospital, na rádio , nos blogs são ameaçados de morte , temos até que ter cuidado pra nao falar dormindo, pois talvez nem o dia amanheça. Senhor Governador, faça algo, não é possível que o senhor seja o chefe da quadrilha , prefiro acreditar ainda que votei na pessoa certa , não me decepcione, por favor.

    ResponderExcluir
  15. Sr Governador, não permita que essas pessoas que , o Sr, deu credibilidade atrapalhe sua carreira política, pq isso tem que ser esclarecido, o povão não esquece ou seja ei sou sua emeitora e estou transtornada com essa baixaria, me desculpe seu AVO não deixaria por isso mesmo, espero que o Governador faça o mesmo.

    ResponderExcluir