ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 23 de novembro de 2010

UMA FOTOGRAFIA DO PARQUE EUCLIDES DOURADO

Localizado a uma pequena distância do centro e junto do bairro nobre de Heliópolis, O Parque Euclides Dourado é uma das riquezas de Garanhuns. Tem a maior partede sua área ocupada por eucaliptos centenários e por isso por lá se respira o ar mais puro da cidade. Dotado de Academia de Ginástica, Biblioteca, Parque Infantil, Pistas de Cooper e de Skate, é frequentado diariamente por médicos, comerciantes, donas de casa, profissionais liberais, estudantes, ex-prefeitos, prefeitos da região e gente de todas as raças e credos que buscam no local paz interior e saúde, principalmente. É uma paraíso? Não tem problemas? Ilusão quem acreditar nisso.Conversando com os que fazem caminhadas, alguns funcionários, frequentadores e admiradores, a gente descobre coisas importantes, que merecem atenção. Alguns idosos, por exemplo, que costumam andar no parque às primeiras horas da manhã, se queixam dos poucos banheiros disponíveis. Os maiores são distantes de pista de cooper e muitas vezes pessoas hipertensas ou com algum problema de próstata, que costumam urinar muito, ficam apertados e já tivemos casos em que o cidadão fez o serviço no roupão. Mais sanitários no Euclides Dourado, perto da área das caminhadas é uma reivindicação de um bom número de pessoas.
O Parque dos Eucaliptos, como também é chamado, tem hoje um gestor, com funções equivalente as de diretor, dois administradores e dois fiscais. Como o espaço abre pela manhã, à tarde e à noite, não é tanta gente assim, pois ninguém pode dar três expedientes. Guardas de segurança, são apenas dois, para tomar conta da entrada, da área de caminhadas, do parque infantil, biblioteca, pista de skate, etc. É impossível que eles deem conta de sua missão e neste aspecto - da segurança - acontecem os fatos mais graves. Jovens casais empolgados tentam fazer sexo em alguma área estratégica do parque, de preferência usando alguma árvore como abrigo ou escudo. E isso não acontece só à noite. Então o Euclides Dourado, em alguns dias ou ocasiões, vira motel. Pode não ser um fato tão comum, habitual, mas entendemos que transa nesse espaço nobre de Garanhuns não devia acontecer nunca.
Ainda por falta de homens suficientes para a segurança, o parque é invadido também pela droga. Como se sabe a maconha e o crack estão se espalhando por vários bairros e estabelecimentos da cidade, como escolas, clubes, praças e redutos da periferia. No Euclides Dourado também jovens burlam a vigilância e se "escondem" em certos trechos para alimentar seu vício. A Polícia Militar já precisou fazer investidas por lá, pessoas foram presas, mas como os PMs não podem aparecer sempre o problema persiste e preocupa os administradores do local.
O Parque Euclides Dourado vira cult no Festival de Inverno. Já foi local de grandes shows, espetáculos de circo, dança, teatro, exposição de artesanato e toda uma gama de atividades que lhes confere ainda mais importância na vida social e cultural de Garanhuns. No último FIG, lamentavelmente, o espaço estava mal cuidado, as grades feias, precisando muito de uma pintura. Há de se fazer a limpeza diaria, cuidar das diversas áreas, evitar a degração de um dos mais valiosos pontos turístico da cidade. Esta semana, felizmente, os trabalhos de revitalização foram retomados e logo tudo estará "novinho em folha".
Como se observa o parque que tem o nome de um dos homens responsáveis pela construção da cidade é quase uma síntese da Garanhuns de hoje. Recebe os empresários, os advogados, as socialites, os esportistas, os artistas, as mulheres desejosas de manter a silhueta, os jovens atrás de prazeres - mesmo que proibidos -os políticos atentos à necessidade de eliminar o stress...
A elite, a classe média, os pobres, os puros, os pecadores. Todos transitam pelo Parque dos Eucaliptos. Mais do que o Pau Pombo, é o ponto de encontro de todas as tribos. Há que se cuidar com carinho do Euclides Dourado, uma das sete ou dez maravilhas de Garanhuns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário