quarta-feira, 20 de outubro de 2010

BRASIL TEM MAIS LIBERDADE DE IMPRENSA

O Brasil passou a ocupar a 58ª posição no ranking mundial de liberdade de imprensa realizado pela organização não-governamental Repórteres Sem Fronteiras (RSF), divulgada nesta quarta-feira (20). O país subiu 13 posições graças a uma "evolução favorável na legislação" sobre o tema, de acordo com a entidade.

Segundo informações da BBC Brasil, o responsável pela atuação da RSF nas Américas, Benoît Hervieu, declarou que as eleições deste ano também contribuíram para a colocação do Brasil no ranking: "Um passo positivo foi dado às vésperas das eleições, com a revogação da lei que proibia caricaturar políticos".

Além disso, Hervieu citou a ausência de violência grave contra a imprensa, maior sensibilização do poder público ao acesso à informação e o fato de o país ter uma "das comunidades mais ativas na Internet".

Em um capítulo intitulado "Crescimento econômico não quer dizer liberdade de imprensa", o Brasil foi o único país do grupo dos BRICs - que engloba Rússia (140º), Índia (122º) e China (171º) - a evoluir no ranking, subindo 12 posições e ocupando o 58º lugar. (Fonte: Portal Imprensa).

Observação do Blog: E ainda vivem dizendo que o presidente Lula e seu Governo ameaçam a liberdade de imprensa. Parece que lá fora enxergam as coisas melhor do que aqui. Ou talvez muita gente não queira enxergar.

2 comentários:

  1. Será que a Globo vai divulgar isto?

    Jornalista confirma à PF que encomendou dados de tucanos.

    O jornalista Amaury Ribeiro Jr., ligado ao chamado "grupo de inteligência" da pré-campanha de Dilma Rousseff (PT), confirmou em depoimento à Polícia Federal que encomendou dados de dirigentes tucanos e familiares de José Serra (PSDB), como a Folha revelou na edição de hoje.

    Essas informações, obtidas ilegalmente em agências da Receita Federal em São Paulo, foram parar em um dossiê que, no começo do ano, circulou no comitê dilmista.

    O repórter disse que iniciou seu trabalho de investigação quando era funcionário do jornal "Estado de Minas", para "proteger" o ex-governador tucano Aécio Neves --que à época disputava internamente no PSDB a candidatura à Presidência.

    Amaury não admitiu que pagou pelos dados nem que pediu a quebra de sigilo fiscal dos tucanos. O despachante Dirceu Rodrigues Garcia, porém, declarou à PF que o jornalista desembolsou R$ 12 mil em dinheiro vivo e que entregou a ele as informações protegidas por lei.

    Amaury não disse à polícia se recebeu ou não orientação de Aécio ou de outros políticos de PSDB de Minas para levar adiante a pesquisa. Afirmou que iniciou a apuração após ter tomado conhecimento de que uma equipe de inteligência liderada pelo deputado Marcelo Itagiba (PSDB-RJ), ligado a Serra, estaria reunindo munição contra Aécio.

    O jornalista contou, contudo, que foram pessoas do PT que roubaram os dados de seu computador pessoal. O laptop, segundo ele, foi violado neste ano num quarto de hotel em Brasília.

    Amaury, nessa época, já estava ligado ao "grupo de inteligência" do comitê de pré-campanha de Dilma. Sua estadia na capital era paga por integrantes do PT.

    O repórter contou, também, que os dados do dossiê foram vazados à imprensa por uma corrente do PT, envolvida em disputa interna por contratos na área de comunicação.

    Segundo a Folha apurou, a PF avalia que os dados sigilosos estavam nesse computador.

    ResponderExcluir
  2. CONCORDO PLENAMENTE COM A ong,repórteres sem fronteira,estão confundindo liberdade com libertinagem da imprensa!
    só espero que não haja cerceamento a imprenda!!!!
    quanto ao famoso BRIC,o BRASIL é sem dúvidas alguma o mais cotado para receber investimentos eis a razão:é o mais democrático de todos,onde as instituições são respeitadas,menor nível de empobrecimento de sua população,sem maiores entraves diplomáticos...
    a RÙSSIA tem um regime que não chega a ser ditatorial mas não é uma democracia plena, tem as máfias, os problemas de territórios ocupados,guerras entre as ex-colônias...
    a ÌNDIA tem um sistema político atípico(castas...)pobreza extrema,disputa territorial com o paquistão,bomba nuclear...
    a CHINA atualmente é a locomotiva mundial,tem problemas políticos,ditadura política,cerceamento da imprensa,perseguição religiosa...
    por essas e outras o BRASIL disparadamente será a próxima potência mundial.
    einstein;recife/PE

    ResponderExcluir