Colégio Diocesano de Garanhuns

Colégio Diocesano de Garanhuns
Colégio Diocesano de Garanhuns

Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

GOVERNO INAUGURA BARRAGEM DE CAJUEIRO


Numa solenidade relativamente modesta, nos salões da AGA, o Governo do Estado deu como concluídas, hoje, as obras da Barragem do Cajueiro (foto), reservatório que vai resolver de uma vez por todas a questão do abastecimento de água em Garanhuns. Como estamos em período eleitoral, o ato foi comandado pelo secretário de Recursos Hídricos de Pernambuco, João Bosco. A solenidade foi prestigiada por oito prefeitos do Agreste, a começar por Luiz Carlos de Oliveira, Antônio João Dourado (presidente da Amupe), Eudson Catão (presidente da Codeam), Sandoval Cadengue (Brejão), Dudu (Capoeiras), Aécio Noronha (Caetés), Nivaldo Júnior (Correntes) e Genivaldo Menezes (Águas Belas).

Usaram da palavra, na solenidade da AGA, Eudson Catão, Antônio João Dourado e Luiz Carlos. Os três estavam inspirados e fizeram discursos curtos e objetivos, com elogios ao governador Eduardo Campos e ao presidente Lula. O secretário João Bosco foi o último a falar, em nome do Governo. Depois foi servido um almoço ao público presente, formado por vereadores, empresários, diretores de clubes de serviço, vereadores e outras autoridades de Garanhuns e do Agreste.

Terminada o ato no Clube da Avenida Rui Barbosa, todos seguiram em carreata até o local da Barragem, no caminho de Brejão. Lá o reservatório foi inaugurado oficialmente.

Cajueiro tem capacidade para acumular 14,6 milhões de metros cúbicos de água, mais de duas vezes o potencial de Inhumas, que atendia Garanhuns juntamente com Mundaú. O Governo do Estado já investiu R$ 27 milhões na obra e irá gastar mais R$ 3,5 milhões em ações complementares para tirar a cidade de vez do racionamento.




2 comentários:

  1. Parabens a Garanhuns, depois de muito tempo, de moita reclamação estamos, em breve, livres de uma vez por todas da falta d`agua. O governo Eduardo Campos só não tem uma votação ainda maior em Garanhuns, aumentando ainda mais a decepção de Jarbas, porque fez a burrada de mandar colocar medidores de água nas residencias o que deixou boa parte da população xateada devido ao aumento, e grande, nas contas das pessoas mais carentes.

    ResponderExcluir
  2. Há pouco tempo só se ouvia o povo reclamando da falta de água. Nas rádio era uma queixa só. Agora o governador investe 30 milhões, faz a barragem do Cajueiro e tá sobrando o líquido nas torneiras de quase todos os bairros. E ficam um bocado de gente besta só fazendo comentários sobre Izaías,Zé da Luz, Leonardo, Sivaldo... Ô povo cego! Um 1000 para Eduardo Campos e a nova barragem.

    Tereza Batista da Silva, Rua Diário de Pernambuco, Heliópolis.

    ResponderExcluir