domingo, 18 de abril de 2010

A MORTE DE LADY LAURA

Laura Moreira Braga (uma das últimas fotos), 96 anos, morreu neste sábado, às 18h20, no Hospital Copa D´Or, no Rio de Janeiro. Estava internada há 17 dias, sofria com infecção respiratória e teve duas paradas cardíacas. Dona Laura ou “Lady Laura” não era uma velhinha anônima, desconhecida da população nacional. Milhões de brasileiros guardam pelo menos seu nome, graças a uma canção, composta em 1978 pelo seu filho ilustre, o cantor Roberto Carlos. Abaixo, a letra inspirada da música que o país inteiro cantou:



LADY LAURA


"Tenho às vezes vontade de ser
Novamente um menino
E na hora do meu desespero
Gritar por você
Te pedir que me abrace
E me leve de volta pra casa
E me conte uma história bonita
E me faça dormir
Só queria ouvir sua voz
Me dizendo sorrindo
Aproveite o seu tempo
Você ainda é um menino
Apesar de distância e do tempo
Eu não posso esconder
Tudo isso eu às vezes preciso escutar de você

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me conta uma história
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me abrace forte
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Quantas vezes me sinto perdido
No meio da noite
Com problemas e angústias
Que só gente grande é que tem
Me afagando os cabelos
Você certamente diria
Amanhã de manhã você vai se sair muito bem
Quando eu era criança
Podia chorar nos seus braços
E ouvir tanta coisa bonita
Na minha aflição
Nos momentos alegres
Sentado ao seu lado, eu sorria
E, nas horas difíceis
Podia apertar sua mão

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me conta uma história
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me abrace forte
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Tenho às vezes vontade de ser
Novamente um menino
Muito embora você sempre acha que eu ainda sou
Toda vez que eu te abraço e te beijo
Sem nada dizer
Você diz tudo que eu preciso
Escutar de você...."


Roberto Carlos, autor de “Lady Laura”, estava em turnê nos Estados Unidos quando recebeu a notícia de sua morte. Homenageado por americanos e latinos que moram na terra de Obama, RC deixará de lado o carinho dos fãs, o reconhecimento internacional e o prêmio recebido por ter vendido em todo mundo mais de 100 milhões de discos até hoje. Estará ao lado da mãe, que tanto amava. Esta irá se juntar a Robertino Braga, o esposo e pai do cantor, morto em 1980. Ele também foi homenageado em algumas canções do rei, como na mais conhecida delas “Meu Querido Meu Velho Meu Amigo”.


Nesta segunda-feira, dia 19 de abril, Roberto Carlos completa 69 anos de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário