ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

SÓ OS MALFEITORES NÃO ESTÃO FELIZES


O fato mais importante que aconteceu no Brasil, nos últimos tempos, foi a prisão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. (foto) O ato, determinado pela Justiça, recebeu de nossa parte, ontem à noite, um amplo comentário, que você pode conferir abaixo. Nesta postagem, uso os melhores trechos de um artigo do jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo, também saudando a decisão "histórica" do Tribunal de Justiçca do DF. As frases do profissional de imprensa que me chamaram a atenção:



"Pela primeira vez, o brasileiro que financia a bilheteria vê o Judiciário chutar o pau da lona do circo. A decisão do STJ teve o efeito de uma lavada de alma.


Sabe-se que Arruda não será hóspede do PF’s Inn por muito tempo. A prisão do governador, por preventiva, vai durar pouco.


Mas, ainda que que o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, devolva Arruda ao meio-fio nesta sexta (12), o pernoite do governador na PF não terá sido em vão.


No Brasil, como se sabe, o crime é nosso vizinho. Mas a Justiça mora muito longe. A prisão de Arruda, ainda que curta, serve como lenitivo diante do descalabro.


A desfaçatez de Arruda como que avisa ao eleitor: Pô, cara, vê se vota direito. Você não achou o seu voto no lixo.


De resto, o constrangimento imposto ao governador adverte aos políticos: A maré está virando, meu caro. Conte até dez antes de roubar.



No Brasil, acima de um determinado nível de renda, ninguém é culpado de nada.



A novidade embutida na decisão do STJ é a interrupção da impunidade. Pode ser mero recesso. Mas faz um bem inominável.



Injeta na alma do observador cansado uma felicidade inaudita. Lula ainda não enxergou, mas, exceto pelos malfeitores, todo mundo está feliz.





Nenhum comentário:

Postar um comentário