SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

POEMA DE FERREIRA GULLAR


A última postagem do jornalista Geneton Moraes, em seu ótimo blog no Portal da Globo - G1, é uma matéria com o poeta Ferreira Gullar, talvez o maior e melhor em atividade no Brasil. Ele é feio que dói, mas escreve coisas lindas, como "A Vida Bate", citado pelo colega global. Como política demais cansa e pode embotar a inteligência, vamos refletir com os versos de Gullar:

“Alguns viajam:

vão a Nova York,

a Santiago do Chile.

Outros ficam

mesmo na Rua da Alfândega,

detrás de balcões e de guichês.

Vista do alto,

com seus bairros e ruas e avenidas,

a cidade é o refúgio do homem,

pertence a todos e a ninguém.

São pessoas que passam sem falar

e estão cheias de vozes

e ruínas.

És Antônio ?

És Francisco ?

És Mariana ?

Onde escondeste o verde

clarão dos dias?

E passamos

carregados de flores sufocadas.

Mas, dentro, no coração,

eu sei,

a vida bate.

Subterraneamente,

a vida bate.

Em Caracas, no Harlem, em Nova Delhi,

sob as penas da lei,

em teu pulso,

a vida bate.

E é essa clandestina esperança

misturada ao sal do mar

que me sustenta

esta tarde

debruçado à janela de meu quarto em Ipanema

na América Latina”

Nenhum comentário:

Postar um comentário