segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

CURIOSIDADES DE GARANHUNS

Em 1930 o prefeito Euclides Dourado surpreendeu a cidade com uma iniciativa pioneira: seis microônibus com capacidade para transportar 19 passageiros cada um, já com a denominação de " Empresa Auto-Viação de Garanhuns".
* O bairro de São José só veio a ser denominado depois que o senhor José ferreira de Assis, apelidado de"Zé Pão Duro" construiu cerca de cento e cinquenta casas populares, inclusive as que compõem quase toda a rua São José.
* As eleições do dia 10 de junho de 1916 resultaram na vitória do Coronel Júlio Brasileiro, tendo, sido, entretando anulada. Novas eleições foram realizadas concorrendo apenas Júlio Brasileiro, que não chegou a ser empossado por ter sido feita a apuração em sete de fevereiro, quando ele (o coronel) já havia sido assassinado em 14 de janeiro daquele ano.
* O Dr. Severiano Peixoto, grande advogado e político brilhante, como orador, chegou a ser comarada de Joaquim Nabuco. Ele nasceu no dia 18 de dezembro de 1857 em São João, então distrito de Garanhuns.
* No dia 2 de outubro de 1888, a antiga Câmara dos vereadores, por proposta do vereador Pascoal Lopes substituiu da rua Bela por rua Dom José em homenagem ao primeiro Bispo que visitou esta frequesia, Dom José Pereira da Silva Barros.
* O professor João Francisco foi o primeiro homem a tentar implantar um estabelecimento de ensino modelo em nossa Garanhuns. Ele começou com o " Colégio Atual".
* O Doutor Antônio Souto Filho foi o maior político que Garanhuns já teve. Nascido em 29 de agosto de 1885 e falecido em 19 de julho de 1937. Sua vida pública tem inicio em 1911 como oficial de gabinete do então governador emílo Dantas Barreto. Em 1916 foi eleito deputado estadual . Em 1927 eleito Senador e em 1933 deputado Federal. Em homenagem a sua memória, o Governo Municipal deu o nome a uma das praças da cidade, isto em 1949. O busto do ilustre filho da terra de Simoa Gomes foi esculpido pelo grande artista Brasileiro Edson Paiva. (Colaboração do professor Antônio Vilela).

(Na ilustração das notas do professor Vilela, a antiga estação ferroviária de Garanhuns, hoje Centro Cultural Alfredo Leite).

Um comentário:

  1. Seria bom melhorar aqueles itens sobre Garanhuns que esta no site da cidade, parece que eles nunca conheceram Alfedo Leite.

    ResponderExcluir