SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

domingo, 31 de janeiro de 2010

BELA E ENGAJADA


Quem vê Letícia Sabatella, com aquele rosto bonito, trabalhando em novelas da Globo, deve pensar que se trata apenas de uma nova "Namoradinha do Brasil". Pode até alguém imaginar que a atriz não tem compromisso com nada a não ser ganhar muito dinheiro e manter seu status de estrela. A artista, no entanto, surpreende. Entrevistada pela Revista Caros Amigos, uma publicação de esquerda, Letícia se mostra uma pessoa preocupada com os menos favorecidos, as questões do meio ambiente e a má distribuição de renda, defendendo inclusive a luta do Movimento dos Sem Terra, o MST.

Duas frases da atriz, ditas na entrevista à revista citada:

"Eu vejo um potencial conscientizador muito forte em uma novela, ou alienador. Tudo na nossa sociedade tem as duas potencialidades".

"Acho que a gente tem uma sociedade que criminaliza o MST mais do que deveria e não criminaliza tanto o latifúndio ou o trabalho escravo quanto deveria".

Acredito que só a a entrevista para Caros Amigos já é uma atitude corajosa, porque ele pode ser patrulhada à direita. Tem mais uma coisa da Letícia: embora reconheça avanços com Lula, prefere ficar ao lado de Marina Silva (PV), na eleição deste ano.

Um comentário:

  1. Clóvis Henrique - Bom Conselho1 de fevereiro de 2010 10:08

    Caro jornalista, a personalidade desta atriz a qual voce denomina de namoradinha do Brasil não é bem essa exposta na matéria acima. É só lembrar que essa moça com carinha de santa, já se manifestou contrária ao projeto de transposição das águas do rio São Francisco. Me responda como uma pessoa que mora em uma luxuosa cobertura no Rio de Janeiro que certamente nunca sofreu com a falta de água, pode ser contra a um projeto desta natureza que irá ser a redenção do Nordeste. Para refrescar a memória dos esquecedinhos, a mencionada atriz, foi ao sertão talvez até pela primeira vez levar sua solidariedade ao bispo da cidade de Barra no interior da Bahia Dom Frei Luiz Flávio Cappio que realizou em 2005 greve de fome contra a transposição, um sonho de mais de 500 anos do povo nordestino.Como podemos ver, a atriz de olhos tristes, na vida real está mais para ivone (seu personagem na novela caminho das índias ) do que para irmã Dulce.

    ResponderExcluir