SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

VIVA A HORA DO BLOG!

Uma pessoa perdeu seu tempo escrevendo para o blog só para dizer que "quase ninguém da cidade lê o que escrevemos". Isto significa que Roberto, Ronaldo, Valdir, Jodeval e outros estão publicando para as paredes. Ainda bem que temos o Pereira Filho, na 87 FM, e o Jonas Lira, na FM Sete Colinas, que todo santo dia leem as notas dos blogs e assim conseguimos algum público, já que não temos na internet. Acusaram também este jornalista de ter sido anti-ético por ter revelado que me chegou um realese com erros de português. Ora, eu não citei o nome de ninguém. Esta pessoa está tão por fora que pensa ter sido ela a deslizar na língua de Camões. Os erros são perdoáveis, pois foram cometidos por uma pessoa que não é jornalista. E os corrigi na primeira página do Correio para não pegar mal. Até porque nós mesmos já cometemos nossos erros e se formos somando com o dos outros receberemos mais críticas do que o costumeiro.

Trabalhei na Assembleia Legislativa no Departamento de Imprensa, com Luiz Freire, Harlan Gadelha, João Ferreira Lima e Marco Dourado. Hoje estou exilado em Garanhuns e doido para me aposentar. Estou velho e cansado, camaradas, principalmente depois que vivi aquele drama do tumor na cabeça que quase me levou desta pra melhor. Deus permitiu que acabasse de criar meus filhos e agradeço ao Senhor todos os dias.

E por falar do meu tempo na Assembleia, naquele tempo eu só conheci por lá assessor de imprensa, todos se irmanavam. Agora parece que surgiu a categoria "galo de briga", que belisca na canela para garantir o emprego. É no que dá essa história de jornalista que não lê, escreve pouco, desconhece a história do país e nem precisa mais de um diploma. Bons tempos em que os profissionais entendiam de literatura, teatro, cinema, política, música, história e mais um bocado de coisa. Hoje tem gente mais parecendo vilã de novela da Globo.

Por tudo isso que escrevi, sinto que os verdadeiros amigos e companheiros são aqueles conhecedores da realidade de nossa Garanhuns e do Agreste. Jonas Lira, Pereira Filho, Eduardo Peixoto, Marcos Cardoso, Fernando Rodolfo, Ariston Brito, Marcos André, Valdir Marino, Ronaldo César, Jodeval Duarte, Wagner Marques, Luciano Andrade, Lenildo Ramos , Roberto Sampaio, Iran Pessoa, Zezinho de Garanhuns, Gláucio Costa, Dalton Monteiro, Tony Duran e peço perdão se esqueci alguém. E que saudades do Aluízio Alves, que pedia orações na rádio por mim, em todos os programas!

Estou cansado de brigas e incompreensões. Eu só quero o bem dos meus filhos, dos meus amigos e amigas, da cidade onde vivo e do lugar em que nasci. Peço ao Pai que "afaste de mim esse cálice" e mais uma vez agradeço "A Hora do Blog", em qualquer emissora, para que eu não me sinta tão insignificante.

Ah! Ia me esquecendo! Implicaram até com o contador de visitas. Só faltaram dizer que é do Paraguai. Vou pedir socorro ao Marinho do Grupo Pérola para ver se ele me arranja um de verdade, igual àquele nas proximidades da Padaria Suíça.

(Eu fiquei em dúvida nessa crase de àquele. Seu eu estiver errado, podem me corrigir que agradeço).

6 comentários:

  1. Relaxa Roberto, a verdade incomoda muita gente. E quanto a alguém achar que os blogs, e a internet como um todo, atigem pouca genta, essa pessoa parou no tempo, portanto não deve ser levada a sério.

    ResponderExcluir
  2. Roberto, não te conheço pessoalmente, não tive oportunidade. Porém, gostaria de te dizer para não levar em conta este tipo de crítica que não nos acrescenta nada, só nos puxam para baixo. São pessoas vampirescas que se sentem melhor sugando os outros. Não devem ser levadas em conta. Leve em conta apenas as críticas que te fazem melhorar, que traga à tona o seu melhor lado.
    Quanto ao "publicando para as paredes" ou como você disse se sentir "insignificante", tire isto de sua cabeça. Tudo o que você tem publicado aqui no blog ou no jornal tem muita relevância para todos os moradores da cidade de Garanhuns.
    Às vezes sentimos que não somos reconhecidos por tudo o que fazemos, mas não pense assim. Você é reconhecido por quem interessa: seus familiares, amigos e colegas, ou seja quem você gosta e que gostam de você.
    Desculpe por dar o meu pitaco, mas é que senti no seu post um pouco de desesperança.
    Força e bola prá frente.
    Beijos
    Patty Martins

    http://aquinacozinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Alô Roberto: Somente consegui localizar seu blog pelo título Blog do Roberto Almeida. A referência colocada no Correio Sete Colinas é desconhecida no Google.
    É muito bom tê-lo como bloguista. Espero através deste meio ter acesso ao que se passa em Garanhus. Tenho um página no Portal de Luís Nassif: Blog de Flavio.lyra.
    Peço-lhe mandar o número da agência e da conta para a remessa do dinheiro d a nova assinatura do Correio.
    Parabenize o Raulzinho por sua descontraida e bem humorada coluna.
    Um forte abraço. Flavio Lyra

    ResponderExcluir
  4. Roberto: Não cabe a crase, pois só antes de palavras femininas é possível a contração de artigo e preposição. Um abraço. Flavio Lyra.

    ResponderExcluir
  5. Caro Roberto Almeida,
    Eu sou padre aqui em João Pessoa. Fui seminarista da Diocese de Garanhuns. Quando terminei o mestrado em Teologia em São Paulo, Dom Tiago me cedeu Arquidiocese da Paraíba, para poder continuar a atividade acadêmica. Assim não fui ordenado, como meus amigos oriundos da Diocese de Pesqueira, Pe. Aldo e Pe. Carlos André, para a Diocese de Garanhuns.
    Contemplando estes 17 anos em João Pessoa, vejo que me tornei muito paraibano. Vivo em uma bela e acolhedô-la cidade. Mas não esqueço minhas raízes (nasci em Pesqueira, fui criado em Buíque e Arcoverde), além de ter tido um forte contato com a Igreja de Garanhuns. A minha alma continua Pernambucana. Leio diariamente o Jc, mas sinto falta de notícias locais. Em Garanhuns encontrei A rádio Sete Colinas, onde poderia ter notícias da Região. Muitas vezes acessei o jornal na Internet. Depois o Jornal não aparaceu mais disponível. Descobri, de repente, este Blog, que acesso quase todos os dias. Quero assinar o Jornal Sete Colinas (como fazer?) e continuarei a acessar o seu Blog.
    Não lhe conheço, nem sabia destes seus dramas. Mas fico feliz em ver você dando a volta por cima. Estamos iniciando o "Tempo do Advento", quando nos preparamos para acolher Aquele que pode sanar todas as nossas carências: O Cristo Salvador.
    Quero ficar ligado a Garanhuns e você, através do seu trabalho, possibilita a muita gente, como eu, a mesmo distante ter notícias desta bela e acolhedora região de Pernambuco.
    Um fraterno abraço,
    Mons. Virgilio Bezerra de Almeida

    ResponderExcluir
  6. Olá Mestre Roberto Almeida é com muita satisfação que sou mais uma seguidora deste seu blog,e sinto muito orgulho de saber que você é um grande vencedor.

    ResponderExcluir