quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A IMPARCIALIDADE DA IMPRENSA

A imparcialidade da imprensa é um mito. Não existe. Desde o curso de Jornalismo, na Universidade Católica, que eu sei disso. A Veja é parcial, o Jornal do Commercio, o Diario de Pernambuco, a revista Caros Amigos, a TV Globo, a Folha de São Paulo. Eu também sou parcial, nunca escrevi dizendo ser imparcial. Sou jornalista e sou humano, tenho preferências políticas, clubísticas, religiosas, pessoais, etc. Agora, ser parcial não é ser anti-ético, adulador ou desonesto. Acredito num jornalismo crítico, feito com ética e honestidade para servir a comunidade, ao povo. Não aos poderosos de plantão. Tenho 30 anos de jornalismo, 10 deles em Garanhuns. Está nos arquivos da Sete Colinas, da Marano e do Correio Sete Colinas quantas vezes falei bem do deputado e do prefeito. O último número do periódico, então, traz uma chamada de capa, com foto e tudo com uma notícia sobre os ônibus que ele conseguiu para cidades do Agreste. Só ajeitei o texto um pouquinho, na capa, porque o realease me chegou com alguns erros grosseiros de português. Quanto a essa conversa de aduladores, não disse o nome de nenhuma pessoa, não citei ninguém. Quem está se doendo que vista a carapuça.

5 comentários:

  1. Sempre soube que você era um idiota. Agora tive a certeza.

    ResponderExcluir
  2. Viva a democracia! Depois que ela voltou ao nosso país, as pessoas tem liberdade de expressão, e podem falar o que querem, mesmo abobrinhas e ataques pessoais as pessoas. Adimiro que um blog tão bem feito aceite comentários de um "Dirceu" da vida desses, que deve ser um come de graça do dinheiro público, e que se incomoda em alguém falar certas verdades. Se continuar assim, vai terminar como os blogs esportivos, que idiotas como esse aí, por paixões de clubes ficam com ataques chulos e sem coerência. Dirceu, ou Dircéia, sai da lan house pô. Ou faz o seguinte: Vai passar o tempo vendo teu Orkut, que tu produz mais. Pobre é uma lástima mesmo, nunca viu um computador nem internet, quando tem um, se é que tem, usa pra fazer m... Vai lavar roupa, que isso aqui é pra quem gosta de coisa séria. Ratazana do poder público!

    ResponderExcluir
  3. Quem é tu "Dirceu"? Tu deve ser mais uma ratazana do poder público né? Que só vive ganhando sem trabalhar, e se incomodando com que fala a verdade contra quem te dá alguma merreca. Vai passar o tempo vendo teu Orkut, que tu ganha mais. Isso aqui é coisa séria, não é pra babacas como você não. Quem é o político que é teu macho, pra você ficar dando chiliquinho cada vez que alguém da imprensa fala alguma coisa supostamente contra teu amor? Se tu não quer que fale mal, manda teu macho sair da vida pública, pois quem tá lá é vitrine, é pra ser falado mesmo. Vai arrumar uma lavagem de roupa, "Comadre Dirceu"...

    ResponderExcluir
  4. Calma aí minha gente, deixem as ideologias políticas de lado. Cadê o respeito mutuo?

    ResponderExcluir
  5. Roberto Almeida,

    Não vou prolongar o meu comentário anterior, mas estou comprovando mais uma vez que você é um jornalista antiético por citar num blog que um colega de profissão não escreveu bem o "release" que você precisou ajeitar por conter erros grosseiros. Um profissional dificilmente fala do outro em público e nenhum jornalista ligado ao assunto lhe agrediu.
    Grosseiro é você citar isso no seu blog! Ainda bem que existe um número limitado de pessoas que acessam os blogs e não adianta mostrar esse reloginho de acesso que não vai convencer.
    Fátima Farias

    ResponderExcluir