Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

SOS SAÚDE

No Hospital Municipal de Garanhuns existe uma enorme placa anunciando que é o atendimento é de 24 horas nas áreas de obstetrícia, clínica médica e uma terceira, que não anotei. A mãe procura a unidade com um filho queimando de febre e o corpo todo doído. É informado na recepção que só tem médico obstetra. Então por que a placa? É propaganda enganosa?
---------------------
O cidadão procura o Hospital Dom Moura, à noite, e está mais ou menos tranquilo na emergência. E tudo está limpinho, merecendo elogios. Mas o atendente na recepção parece de má vontade, a enfermeira lá dentro reclama de tudo e o médico atende sem nem chegar perto do paciente. Manda dá soro e umas injeções e pronto.
----------------------
No Hospital Perpétuo Socorro, que é particular, um homem já de idade é submetido a uma cirurgia de próstata. O médico faz o serviço, vai embora e depois ninguém consegue localizá-lo nem pelo celular. O paciente tem complicações pós-operatórias, sente dores terríveis nas costas e região abdnominal, começa a vomitar e morre. A família, revoltada, reclama de negligência.
-----------------------
Dois dias atrás escrevi no blog uns comentários sobre ética na medicina e acrescentei um texto do Inaldo Sampaio que gostei muito. Os três casos acima já aconteceram depois. Se precisar de atendimento médico na cidade, primeiro faça suas orações.

Um comentário:

  1. LÍ SUA MATÉRIA SOBRE OS ABSURDOS QUE ACONTECEM AQUI NA CIDADE NA ÁREA DE SAÚDE. É BOM LEMBRAR TAMBÉM QUE SEGUNDO SE COMENTA NA RUA, TEM UMA PESSOAS QUE NÃO É MÉDICO REALIZANDO CIRURGIAS NA ÁREA DE ORTOPEDIA EM UM DOS HOSPITAIS DA CIDADE.ISSO É UM ABSURDO NÃO ACHA?

    ResponderExcluir