SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

FESTIVAL

O Festival teve um público fraco no domingo do frevo. Os mais jovens não valorizam tanto esse tipo de música, autenticamente pernambucana. Também a noite em que se apresentaram Claudinor Germano, Nonô Germano, Getúlio Calvanti, Moraes Moreira e outros choveu demais, fez muito frio, o que contribuiu para afastar o público. Na segunda-feira Oldair José levou um pouco mais de gente ao principal palco da Guadalajara. Duas, três mil pessoas cantaram com o veterano artista os grandes sucessos que ele emplacou na década de 70. Hoje, a "ternurinha" da Jovem Guarda, Wanderléia, deve atrair mais pessoas a principal vitrine do FIG. Ela está com música numa das novelas globais e deve se beneficiar ainda da grande badalação em torno dos 50 anos de música de Roberto Carlos. Nos parque a movimentação não é tão boa quanto no final de semana, até porque nesses espaços não temos artistas muito conhecidos do grande público.

Um comentário:

  1. Adorei a exposição fotográfica. Gostaria de receber informações quanto a crítica especializada.

    Abraços e parabéns pelo evento.

    Roberto Azevedo
    Salvador - Bahia

    ResponderExcluir