ESQUERDA LIDERA EM RECIFE E PORTO ALEGRE. DIREITA ESTÁ NA FRENTE EM SÃO PAULO

Em São Paulo Celso Russomanno, bolsonarista, lidera as intenções de voto na disputa pela prefeitura. Está à frente de Bruno Covas, que tenta a reeleição. O terceiro colocado é Guilherme Boulos, do PSOL.

Os paulistas não tomam jeito, estão atrás de um novo Celso Pitta, que quase destruiu São Paulo.

Ao contrário de Sampa, Porto Alegre dá uma guinada à esquerda. Na capital gaúcha Manuela Dá Ávila (PC do B) disparou como candidata a prefeita, com 21 pontos à frente do segundo colocado, José Fortunati, do PTB.

Manuela foi a vice de Fernando Haddad, em 2018 e contra ela se inventou de tudo.

No Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) pode tirar a reeleição de Marcelo Crivella (Republicanos). Comparado a Russomanno, Paes é de centro, mais confiável para governar a segunda cidade do país.

Recife, capital pernambucana, tem na liderança hoje dois candidatos do campo progressista: Marília Arraes (PT) figura em primeiro lugar nas pesquisas e João Campos (PSB) está em segundo.

Pode acontecer um segundo turno entre os dois primos, de partidos considerados de esquerda.

Mas a delegada Patrícia Domingos e Mendonça Filho (ambos representantes da direita) ainda podem, com ajuda do bolsonarismo, chegar a um segundo turno

2 comentários:

  1. Será que essa dicotomia esquerda-direita se aplica em nossa região?
    Claro que não!

    ResponderExcluir
  2. Não existe esquerda ou direita na política, existe Governo ,seja ele partidos que for, se a direita como ELES se identificam e fazem tudo às esquerdas contrato povo estiverem governando, então é esquerda como costumam chamar opositores , ai é uma tremenda besteira política,.

    ResponderExcluir