DISPUTA EM SÃO BENTO DO UNA PROMETE SER EMPOLGANTE COM CINCO CANDIDATOS

Ao contrário das últimas cinco disputas eleitorais, em que apenas dois candidatos concorreram à prefeitura com chances de vitória, este ano em São Bento do Una cinco nomes estão em campanha, todos acreditando ter condições de suceder a prefeita Débora Almeida, que em dezembro encerra o seu segundo mandato.

Os candidatos a prefeito em São Bento são os seguintes: vice-prefeito Alexandre Batité (MDB), advogado e ex-vereador Washington Cadete (PDT), Padre Fábio (PSB), que trocou a batina pela política, ex-prefeito Paulo Afonso (PSC) e o empresário José Maria (PV), conhecido como Mano.

Vereador Léo da Ação Social, que apoia Alexandre, garante que há um sentimento de mudança na cidade e o nome do vice-prefeito “está na boca do povo”.

Já Washington, que nas últimas disputas eleitorais concorreu contra Padre Aldo e depois Débora, acredita representar a oposição autêntica, pois sempre combateu os que estão no poder em São Bento do Una.

Segundo a assessoria de Cadete, foi firmado um termo junto ao Ministério Público proibindo a realização de comícios e carreatas.

“Os candidatos Batité e Fábio já descumpriram o acordo e fizeram carreatas no último final de semana. Enquanto isso estamos impedidos de fazer campanha”, reclamam os partidários do advogado.

Fábio tem o apoio da atual prefeita, Débora Almeida e dos parlamentares governistas, enquanto Batité conta ao seu lado com empresários, como Stênio Galvão, alguns vereadores da oposição e ex-secretários de Padre Aldo e da própria Débora.

Alexandre sempre foi muito próximo ao sacerdote que governou o município oito anos e ainda tem forte prestígio na cidade.

Contudo, uma fonte disse ao blog que Aldo Mariano não está se envolvendo na campanha política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário