GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Governo de Pernambuco

VEREADORES DE ÁGUAS BELAS ACIONAM JUSTIÇA PARA FISCALIZAR OBRA DO PODER EXECUTIVO

 


Quatro vereadores de Águas Belas  -  Washington Falcão, Valdo do Xixiklá, Erinaldo Tenório e Valdo de Taquinhos -  tiveram que recorrer à Justiça para ter acesso ao Hospital de Campanha, recém inaugurado na cidade.

Parlamentares foram impedidos de ter aceso ao Hospital de Campanha pelo Procurador do Município, Laerte Raimundo. Na ocasião, o representante do setor jurídico da prefeitura deixou claro que os vereadores só entrariam no espaço com ordem de um magistrado.

Vereador tem a prerrogativa de fiscalizar e entrar em qualquer órgão público municipal. Mas em Águas Belas, mesmo acompanhados de duas viaturas da Polícia Militar, os representantes do povo foram barrados pelo poderoso procurador.

Após o episódio, os vereadores conseguiram acesso ao local, depois de entrarem com um mandado de segurança, autorizado pelo juiz da comarca.

E apesar do mandado judicial, os vereadores precisaram novamente estar acompanhados pela polícia,  que foi garantir a segurança dos mesmos.

No hospital, os parlamentares verificaram que os cilindros de oxigênio não estavam instalados, questionaram a existência de um único respirador no anexo, espaço destinado a todos os casos da Covid-19 em Águas Belas, que nem sequer estava instalado.

Foi registrado ainda que não havia a escala dos profissionais de saúde, mas nem o diretor do hospital nem o secretário da área foram capazes de explicar o fato aos vereadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário