GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

terça-feira, 11 de julho de 2017

NOMES DA 27ª EDIÇÃO DO FESTIVAL - MONA GADELHA


Mona Gadelha é cantora, compositora e jornalista.

A cearense se apresentou e foi parceira dos grandes nomes da música de sua terra, tendo dividido o palco em mais de uma ocasião com Fagner, Ednardo e Belchior.

Ela participou do movimento cultural chamado Massafeira, promovido por Ednardo, que rendeu um álbum duplo com participação de diversos artistas cearenses

O disco foi lançado em vinil, nos anos 70 e relançado em CD em 2010.

No disco, considerado histórico no movimento da MPB, Mona Gadelha canta uma música linda chamada “A Cor do Sonho”.

A cearense vai se apresentar no Festival de Inverno de Garanhuns no dia 20, no palco do Centro Cultural, participando da homenagem ao seu conterrâneo Belchior.

Disponibilizamos um vídeo do Youtube de 2013, com a interpretação arrojada de Mona da canção “A Cor do Sonho”.

Vale a pena assistir o vídeo:


2 comentários:

  1. Quem é essa BAGAÇA DE ‘’CANTORA’’, Mona Gadelha?!?!?! Conheço, Mourinha do Forró!!! Estão mesmo transformando o palco da Praça Guadalajara em laboratório de experiência transgênicas para calouras ou aprendizes de cantoras fubânicas e mal sucedidas ou desconhecidas...

    P.S1. : - É COMO AFIRMA O PREFEITO DE GARANHUNS: ’’ O Festival de Inverno é um grande circo, que se arma, desarma-se, e não deixa legado algum!!!’’... E de quem é a culpa?!?!?! Da FUNDARPE, claro!!!

    P.S2. : - O povo de Garanhuns tem que tomar uma atitude bem pensada, porém dura e correta a respeito da FUNDARPE como fizemos com a Dilma, PÉ NA BUNDA!!!

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, a grande atração(ou a melhor(?)) deste festival é o grande PINDUCA que se apresentará no dia 26 (quara-feira). Estarei Lá, na Praça Guadalajara, para curtir suas belas páginas musicais conhecidas internacionalmente, como: Sinhá Pureza – A dança do carimbó – Sirimbó – Garota do tacacá – Sirí mole, sirí duro – Farinhada – E A BELÍSSIMA E CULTURAL: Tia Luzia, Tio José – EIS A LETRA:

    Abença tia Luzia
    Abença tio José
    Minha mãe mandou buscar
    Um poquinho de café (Bis)

    A coruja cantou
    No galho da laranjeira
    Quem quiser tomar o café
    Vá falar com a cozinheira (Bis)

    ResponderExcluir