Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sexta-feira, 14 de julho de 2017

CASO DA RUA AFONSO PEQUENO VAI AO MP


Por Josalia Pimentel

FINALMENTE, COMO REPRESENTANTE DA RUA AFONSO PEQUENO, FUI CONVOCADA PELA PROMOTORIA PARA RESOLVER A CELEUMA DA VELHA TIUBLAÇÃO – No último dia 5 de julho esta colunista foi convocada pelo Ministério Público (MP), para tentar sanar a celeuma antiga que vem transformando a vida dos moradores da Rua Afonso Pequeno, num inferno.

De tanto cobrar nos jornais, rádios e blogs de meus amigos da imprensa, resolvemos, munidas de um abaixo assinado e provas documentais, entrar com um processo Judicial na 1ª VARA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA, contra a Compesa e, finalmente o MP convocou uma AUDIÊNCIA para dar inicio ao processo objetivando melhorias para a supracitada Rua.

Sempre existiu um inconformismo por parte dos moradores que não aguentam mais tanto descaso e afirmam com veemência que não é mais cabível uma rua que serve de via de acesso para à Praça de Eventos, que serve de tráfego para os ônibus para a UFPE, continuar passando mais tempo interditada que aberta ao tráfego de veículos, dificultando a vida dos moradores e transeuntes, sofrendo com o descaso do estado. 

Compareceram à audiência as seguintes pessoas: a colunista (também moradora da citada Rua), Dr. Igor Galindo (Gerente Regional da Compesa), Vitor Aquino (Assessor Jurídico da Compesa), o renomado Engenheiro Civil Dr. João Guido (Diretor da Secretaria de Planejamento) e Dr. Apuleu Monteiro (Assessor Jurídico da Prefeitura), para discutirem sobre os problemas da velha tubulação na Rua.

Aberta a AUDIÊNCIA, a promotora ELISA CADORE circustanciou o fato e pela Compesa foi reconhecido a competência para corrigir os problemas com a troca das tubulações na Rua Afonso Pequeno. O gestor acrescentou ainda, que é o trecho mais critico tem extenção de 350 mestros, que no referido, passam tubulações importantes para o abastecimento dágua para as regiões da cidade, que abastecem o reservatório 4.

Segundo ele, com a realização das obras, cerca de 30% das residências do Município ficariam temporariamente sem abastecimento. Que já existe registro de preços com relação às tubulações, o que agiliza o processo, contudo, considerando as dificuldades do período chuvoso, para viabilizar a execução do serviço.

Pelo Representante da Secretaria de Planejamento, foi dito que o Município está disposto a contribuir com a execução do serviço, no que se refere a retirada e posterior recolocação dos paralelepípedos que pavimentam a Rua. Que a expectativa do Município em pavimentar com asfalto a referida Rua, contudo, seria um projeto futuro, pois demandaria custos ao erário.

Acrescentou ainda que demandaria planejamento, pois há necessidade de conjugação das ações com a Compesa, interdição da via e interrupção do fornecimento de água na região.

DESPACHO da PROMOTORA:

1. Considerando o exposto pelas partes, concedo o prazo de 30 dias úteis para que a Compesa e Município de Garanhuns apresentem conjuntamente cronograma de execução das obras na Rua Afonso Pequeno, necessárias para troca da tubulação e recuperação da pavimentação, no qual deverá constar datas fixadas para o início e consclusão de cada etapa.

2. Com a chegada do cronograma ou transcorrido o prazo sem resposta, certifique-se e voltem os autos conclusos. Na minha linha de raciocínio, a Promotora entendeu que não se deve gastar o erário público com medidas paliativas que só pioram, ao invés de tomar a atitude correta e solucionar o problema de vez.

COMIGO AGORA - Ainda na ocasião, foi determinado a execução das obras para o mês de outubro, período de estiagem. Por fim, muito cordial a Representante do MP disse que qualquer coisa, procurasse ela e! Todos que conhecem, sabem que, apesar de ter sido muito bem tratada pelos Representantes dos Órgãos acima citados, quem mais procura essas autoridades sou eu! Vez que elas têm a obrigação constitucional de melhorar a vida do povo pagador impostos...

No outro dia, fiz peregrinações pelas rádios, para agradecer a sensibilidade da Promotora Elisa Cadore, porque adoro cobrar das autoridades e ver as coisas boas acontecendo. Quando nossa rua estiver toda com tubulação nova para receber pavimentação asfáltica, sinalização e uma lambada, para evitar acidentes, vez que a Rua servira á apenas para descida de veículo, aí sim! Os que ali residem, ficarão imensamente gratos à Compesa e ao Prefeito.

Por enquanto não tem como elogiar esse governador, porque é insegurança permeando a sociedade, é o caos na saúde e na educação, é o Detran à cata de vítimas para emitir multas, prejudicando a vida dos motoristas prestadores de serviços, é descontentamento com a programação rasteira do Festival de Inverno, etc....

Tenho ciência que no que tange a esse governo estadual, sou uma comunicadora redundante de tanto cobrar e denunciar aqui nesse humilde espaço que é de vocês prestimosos leitores. Porém, quando cobramos desses representantes do povo, não é questão de criticar, nem perseguir ninguém, é que sonhamos vê-los mostrando serviços, os quais a sociedade merece. Então, cumpram com dever de casa, que passaremos a tercer os elogios que gostam de receber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário