Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quarta-feira, 7 de junho de 2017

GOVERNO CRIA BOPE PARA REFORÇAR A SEGURANÇA

Mais uma ação do Plano de Segurança de Pernambuco foi concretizada esta semana. 

O governador Paulo Câmara sancionou a lei que cria o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), para atuar em incidentes críticos contra o crime organizado em todo o Estado. A nova tropa de elite pernambucana será composta por 300 profissionais especializados, que começarão a operar ainda neste segundo semestre com munição de grosso calibre e novos helicópteros de visão noturna.

“Evidentemente que nós estamos muito preocupados com a questão da segurança em Pernambuco. Não tem um dia sequer em que eu não durma e acorde pensando nisso. Mas nós temos a convicção também de que o Plano de Segurança foi muito bem elaborado e que dará os frutos necessários para que nós consigamos restabelecer a paz e a tranquilidade em Pernambuco. O BOPE vai nos ajudar a combater o crime organizado de maneira mais efetiva, assim como teremos mais homens nas ruas com a finalização dos concursos, tanto da Polícia Militar quanto da Polícia Civil, neste segundo semestre”, destacou o Paulo Câmara.

A medida, que está entre as primeiras ações do Plano de Segurança de Pernambuco, transforma a Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) no BOPE, criando novas vagas para a tropa especializada e com gratificações próprias, em função da atividade específica. “O BOPE  ampliará e qualificará a atuação da CIOE, com mais pessoal, estrutura e recurso financeiro. O efetivo contará com armamento de grosso calibre e helicópteros, investimentos já anunciados pelo Plano de Segurança", explicou o secretário de Defesa Social, Angelo Gioia.

Os policiais que farão parte da unidade passarão por um teste rigoroso e, antes de ingressar, farão uma capacitação com profissionais de alta qualificação no combate ao crime organizado. Entre outras atuações dessa tropa, estão: intervenção em incidentes críticos, como negociações com reféns e sequestros; combate ao tráfico de drogas; e operações especiais no meio urbano.

OPERAÇÃO PRONTIDÃO - Durante encontro com prefeitos do Agreste Setentrional, o governador solicitou aos presentes que reforcem com a população de seus municípios a importância da doação de donativos para os municípios atingidos da Mata Sul, principalmente os itens de maior demanda, como fraldas e peças íntimas.

Participaram do ato o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni; o Chefe de Gabinete, João Campos; o secretário interino da Casa Civil, Marcelo Canuto; o Chefe da Casa Militar, coronel Eduardo Pereira; o Comandante da Polícia Militar, coronel Vanildo Maranhão; e o Chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral. Estiveram presentes também os prefeitos Hilário Paulo (Brejo da Madre de Deus), Antonio de Roque (Jataúba), Lero (Taquaritinga do Norte), Edilson Tavares (Toritama) e Romero Leal (Vertentes).



Nenhum comentário:

Postar um comentário