Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 9 de maio de 2017

MARCO CALADO TEM IMAGEM ARRANHADA COMO GESTOR

Eleito prefeito de Angelim em quatro oportunidades, Marco Calado (PSD) tinha tudo para entrar na história como o melhor prefeito da vida município. 

Depois que não conseguiu fazer seu sucessor em 2016, no entanto, sua imagem de político sério e bom administrador vem sendo arranhada por fatos que chegam ao conhecimento da imprensa e da população do Agreste Meridional.

Primeiro foi  denunciado que o gestor deixou o município em péssima situação, permitiu que a frota de veículos fosse sucateada, as escolas estavam em má situação e até os fios dos telefones foram cortados.

Depois o vereador Maurílio Cavalcanti (PSB), da tribuna da Câmara denunciou gastos de R$ 600 mil reais anuais com a limpeza de lixo na cidade e licitação para compra de um caminhão compactador nunca visto no município. O parlamentar levantou suspeita de que houve desvio de recursos.

Logo em seguida, a primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado julgou ilegais 105 contratações temporárias feitas pela Prefeitura de Angelim em 2015, quando Marco era prefeito.

A Conselheira Teresa Duere julgou que as contratações foram feitas sem fundamentação e que o processo, realizado sem seleção pública, “afrontou os princípios da impessoalidade, moralidade e eficiência consagrados no artigo 37 da Constituição Federal”.

Marco Calado, apesar de notificado pelo TCE, não apresentou defesa que justificasse as contratações. Assim, as admissões foram julgadas ilegais e o ex-prefeito multado no valor de 8 mil reais.

E tem mais: quando venceu a eleição em 2012, Calado foi cassado pela Justiça Eleitoral de Pernambuco e só assumiu o mandato um ano depois, quando a decisão foi revertida em Brasília. Durante todo o ano de 2013, Angelim foi governado pela presidente da Câmara, vereadora Vanda Cordeiro.

Caso tivesse feito o seu sucessor o ano passado, com Josemir Miranda, Marco não estaria tendo os problemas que surgem neste início de ano. Mas com a vitória da oposição a situação complicou e qualquer coisa errada que aparece é logo levada ao conhecimento da população.


O que o povo de Angelim espera agora é que o novo prefeito, Douglas Duarte (PSB), eleito em 2016 e que está indo bem,  nesse começo, seja não apenas um bom gestor, mas dê o exemplo e limpe o nome do município junto a órgãos como o Tribunal Regional Eleitoral e Tribunal de Contas do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário