Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

RITA LEE ESCREVE AUTOBIOGRAFIA E FALA SOBRE VELHICE

Aos 68 anos, a cantora Rita Lee resolveu escrever a sua autobiografia, que promete virar um grande best seller.

É que a artista, que começou com os Mutantes, na década de 60, depois integrou outros grupos, como o Tutti Fruti, nos anos 70, até se firmar fazendo carreira solo para se tornar um ícone do rock e da música popular brasileira.

“A vovô do rock”, como alguns se referem a Rita Lee, chega perto dos 70 anos com um público variado, que vai das crianças aos idosos.

É a mulher que mais vendeu discos no Brasil e foi quem mais emplacou hits nas novelas globais.

Canções como “Mania de Você”, “Ovelha Negra” e “Amor e Sexo” (esta última uma parceria com o cineasta e jornalista Arnaldo Jabor) foram grandes sucessos),  se tornaram uma marca entre pessoas de diferentes idades, tanto que a estrela é abordada pelos fãs nas ruas e escuta frases como: “Rita eu sou a ovelha negra da minha família”.

O livro de Rita, que está para chegar às livrarias de todo o país é leve e saboroso de ler, segundo revela uma reportagem da Revista Quem, da editora Globo.

Na entrevista à publicação global, Rita Lee revelou preferir levar uma vida simples:

“Quanto mais simples, melhor. Fazer economia é chique e ecológico. Nessa visão, poder comer da própria horta é um luxo. Eu não quero ter uma Ferrari e ficar me exibindo em rua esburacada. Eu não tenho deslumbre. Não vou me entupir de coisas materiais sem sentido, mansões genéricas...Eu gosto de ficar bem na minha, com meus bichos, que são entidades com as quais divido minha vida. Eu fico comovida quando eu lido com eles, quando os trato, quando trocamos figurinha telepaticamente. É um luxo! Vivo cercada de bichos por carência do divino. E eles são o divino”.

No final da matéria, a cantora falou sobre como é envelhecer:


“Envelheça! Mas saiba que envelhecer é uma loucura! Envelhecer não é para maricas. Daria conselhos para ter mais cuidado com a postura, com a coluna! E também diria: experimente todas as coisas que quiser, mas se proteja um pouco mais. Não precisa entrar tão de sola em tudo. Dá uma maneirada em uma coisa ou outra",  recomendou a artista. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário