Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 8 de novembro de 2016

GRANDE MÍDIA USA ELEIÇÃO AMERICANA PARA DESVIAR ATENÇÃO DE BRASILEIROS PARA OS SEUS PROBLEMAS

Por Junior Almeida

Enquanto eu escrevia este texto tive o cuidado de observar o relógio e notei surpreso que só de início o programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo de Televisão, dedicou incríveis 18 minutos de um de seus principais noticiários para falar da eleição dos Estados Unidos. Que o Brasil desde que sofreu seu golpe parlamentar midiático deste ano está alinhado com os interesses americanos, isso não é novidade, mas tanta importância dada ao pleito daquele país, não é só subserviência, é puro e simples desvio de atenção dos nossos problemas.

Se bem que esse tipo de estratégia não é novidade para a principal emissora do país. Em um passado não muito distante, especificamente em 1985, enquanto as ruas do país clamavam por eleições diretas a Globo vendia para o público o gigantesco Rock in Rio. Além do festival de música do Rio de Janeiro, naquela época aconteceu em São Paulo uma mega manifestação pela redemocratização do país, mas foi noticiada na plim plim como uma simples, porém grandiosa, festa de aniversário da capital bandeirante. Sempre foi assim. As verdades são relativas, mas o pior é que muitos acreditam que é simples assim.

Voltando aos dias de hoje, ao noticiário da Globo, já perto do final do Bom Dia Brasil, mais um bloco de notícias foi inteiramente dedicado à disputa dos americanos, inclusive mostrando os artistas de peso que apoiam a candidata Hilary Clinton. O final da matéria foi com o apresentador Chico Pinheiro anunciando que a programação da emissora ao longo do dia falaria mais da eleição americana e que o noticiário matutino voltaria no dia seguinte com tudo que aconteceu na disputa dos Estados Unidos. A cereja do bolo foi quando a apresentadora Ana Paula Araújo disse que “o país estava ansioso para saber quem ganhava a eleição por lá, pois afinal era uma disputa que interessava a todo mundo.”

Como assim, todo mundo quem? Será que muitos como eu, não somos do mundo? Será que várias pessoas não se interessariam em saber notícias das inúmeras viagens de ministros em aviões oficiais e pagas pelo contribuinte, ou dos milhões de reais gastos com cartões coorporativos também pagos pelo povo? Por que não falar de José Serra, que foi acusado de receber propinas de 23 milhões de dólares em contas na Suíça? Claro que não vão falar, afinal a grande mídia já recebeu a paga do golpe, quando teve um estupendo aumento de verbas publicitárias. 

Veja que apenas a Revista Época foi agraciada com 2.750% de aumento.


O melhor mesmo para os formadores de opinião é promover o desvio de atenção do povo e abafar esse tipo de notícia. No caso de José Serra, além do jornal Folha de São Paulo, nenhum outro veículo da chamada grande mídia publicou uma linha sequer da delação que envolve o chanceler do governo Temer. 

Enquanto Serra é super blindado pela mídia, alguns manifestantes foram à Paulista levar o seu apoio a Hilary Clinton ou a Donald Trump. Acreditem, isso aconteceu. Parece surreal, mas se lembrem que os mesmos “politizados” paulistas ditos trabalhadores se juntaram com a entidade patronal FIESP e foram às ruas pedir a saída de Dilma e do PT do poder, mesmo sabendo que a entidade é uma velha defensora de práticas que só arrocham os trabalhadores. 

Fico a imaginar se algo parecido com o que está acontecendo com Serra e antes com Aécio Neves e tantos outros blindados estivesse acontecendo com Lula, o que seria dele. Vai entender...

Um comentário:

  1. [ATENÇÃO URGENTE URGENTÍSSIMO]

    Está rolando o boato de que com a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos tem um Dromedário, em Garanhuns afirmando que quando vencer a eleição para prefeito construirá um MURO ao redor de Garanhuns para que a Legião Estrangeira não pise mais em nossa querida cidade.

    ResponderExcluir