Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 6 de junho de 2016

A "GUERRINHA POLÍTICA" EM LAJEDO

O pórtico na entrada da cidade é motivo de piadas

Em Lajedo a guerrinha política começou (ou continua).

Até a passagem da Tocha Olímpica pela cidade os moradores do município levaram para o lado político, com setores da oposição criticando os gastos que a Prefeitura fez para promover a "festa esportiva", que por sinal levou muita gente às ruas.

Para os oposicionistas, o dinheiro teria sido melhor aplicado se investido em obras estruturais, como na recuperação de ruas.

Os governistas acham que a oposição ficou foi com inveja pela conquista do prefeito Rossine Blesmany (PSD), já que Lajedo foi a única cidade do Agreste Meridional, depois de Garanhuns, a conseguir o revezamento da Tocha Olímpica. E isso “se deveu ao esforço dos que fazem a administração municipal”, segundo os correligionários do gestor.

Quanto a gastos extravagantes, os correligionários de Rossine lembram o feito da gestão anterior, que construiu um pórtico na cidade criticado pela população da cidade e de outros municípios.


A referida obra, que custou R$ 180 mil aos cofres públicos (conforme reportagem publicada na Folha de São Paulo), é considerada de extremo mal gosto e é chamada jocosamente por alguns lajedenses como “a mijada de Antônio João”, numa referência ao ex-prefeito.
Oposição criticou gastos com 
revezamento da Tocha Olímpica

Nenhum comentário:

Postar um comentário