Festival Viva Dominguinhos

Festival Viva Dominguinhos
A valorização da música regional

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O SONHO DA BR-423 DUPLICADA

A duplicação da BR-232, entre Recife e Caruaru e depois até São Caetano foi um marco na história de Pernambuco. Quando a estrada foi alargada, possibilitando melhor o fluxo de veículos, municípios como Vitória de Santo Antão, Gravatá, Bezerros e principalmente a capital do Agreste passaram a se desenvolver num ritmo muito veloz. Até Pombos e São Caetano, dois municípios parados no tempo, cresceram a olhos vistos. Quem olha todas essas cidades, cortadas pela BR, lembrando de 10 anos atrás e compara com a situação de hoje constata que foi uma mudança fenomenal. Aí você pega Belo Jardim, Cachoeirinha, Lajedo, Garanhuns e outros municípios que estão fora da rota de duplicação e nota que esses quatro e outros ficaram para trás. Logicamente não é só uma rodovia que traz desenvolvimento, mas está evidente que a BR-232 contribuiu muito mais com o desenvolvimento de Vitória de Santo Antão e Caruaru, do que todos os cursos universitários juntos fizeram pela nossa Garanhuns. As estradas na maioria das vezes atraem indústrias, fortalecem o comércio, a agricultura e a economia de modo geral. As faculdades, que são importantes, trazem os estudantes, professores, geram uns poucos empregos diretos e indiretos e o impacto sobre a economia parece bem menor. Até porque os alunos, estes que hoje vêm estudar direito, engenharia, medicina, agronomia, psicologia, veterinária, etc, pegam o diploma e vão procurar emprego em outro lugar. O jovem não vai fazer um curso desses para trabalhar no Pérola ou Ferreira Costa.
A duplicação da BR-423, uma bandeira que foi levantada - faça-se justiça! - inicialmente pelo prefeito Luiz Carlos (teve gente que levou até na gozação, no começo de tudo), começa a tomar forma. É um sonho que está caminhando para se transformar em realidade. Essa obra, caso concluída no Governo da Presidenta Dilma, como está sendo prometido, terá o mesmo efeito sobre a nossa região que teve nos municípios da outra parte do Agreste do Estado? Pode até não chegar a tanto. Não temos dúvida, porém, que irá contribuir com um maior desenvolvimento de Cachoeirinha, Lajedo, Jupi e principalmente Garanhuns. Essa rodovia, hoje, já está saturada. Diariamente, automóveis, ônibus, caminhões e mais caminhões estão tornando o trânsito difícil e perigoso. A pista única inibe ou atrasa o transporte de produtos agrícolas, comerciais, industriais e todo tipo de negócio que usa o transporte sobre quatro rodas. É preciso portanto tirar essa obra do papel, fazê-la, dá a Garanhuns e ao Agreste Meridional a sua chance. De todo jeito, agora sim, creio que estamos caminhando em direção ao futuro.(Foto da BR-423 publicada originalmente no Blog V&C Artigos e Notícias).

PRESIDENTE DA CODEAM DEFENDE FESTIVAL DE INVERNO DURANTE UM MÊS INTEIRO

O prefeito de Palmeirina e presidente da CODEAM, Eudson Catão (foto), em entrevista ao radialista Marcos Cardoso, hoje pela manhã, defendeu que o Festival de Inverno seja realizado durante o mês inteiro. O dirigente da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional comentava a visita da presidenta Dilma Roussef a Garanhuns, quando o FIG entrou na pauta de discussão. Tanto Marcos quanto Eudson se mostraram satisfeito porque a petista já antecipou o seu desejo de estar presente no Festival, em 2012. Aproveitando a deixa, o prefeito falou do crescimento do evento este ano, considerou que o mesmo começa a ganhar uma dimensão nacional e enfatizou a importância de trabalhar a vinda da dirigente do país, pois sua presença só irá fortalecer ainda mais a festa. Durante a entrevista Eudson Catão frisou a importância da sucessora de Lula ter vindo a Garanhuns, acompanhando o governador Eduardo Campos, para a aula inaugural do Curso de Medicina. "Ela demonstrou seu apreço com a cidade e a região", completou.

Para o presidente da CODEAM este é o momento de se trabalhar junto a Dilma e Eduardo os apoios necessários para que o Festival de Inverno tenha 30 dias. "Este é um evento que gera renda e com sua ampliação mais dinheiro vai circular no Município e no Agreste", argumentou o prefeito.

PADRE FÁBIO CONSIDERA A VEJA DIABÓLICA


Durante os últimos 10 anos a Revista Veja se transformou na principal voz da oposição no país, superando mesmo os partidos políticos, como PSDB e DEM (ex-PFL). A publicação não se contenta em poupar os tucanos e atacar o PT. O ex-presidente Lula, a presidenta Dilma, José Dirceu e outros petistas de carteirinha, além de Ibsen Pinheiro,  não são as únicas vítimas das reportagens policialescas do semanário. O veículo de comunicação dos Civita costuma também investir contra personagens ligados à Igreja Católica. Foi assim recentemente com o deputado e escritor Gabriel Chalita e no passado com Dom Evaristo Arns, Pe. Zezinho, Pe. Marcelo Rossi e em 2009 com o padre Fábio de Melo.
Numa reportagem sobre Fábio, a Veja o chamou de vaidoso, escreveu que o sacerdote gosta de calças justas, tem as sobrancelhas delineadas e já ousou botox. Insinuou, ainda, que o padre tem reflexos dourados nos cabelos porque dá um tratamento com luzes nos mesmos. Por fim, classificou as fãs do religioso como um bando de mulheres “histéricas”.
Na época, em pronunciamento num canal de TV da Igreja Católica, Pe. Fábio rebateu a reportagem. Disse que a revista tinha sido desrespeitosa com seu público e não conhecia seu trabalho. “Nunca vieram ver as mães que participam de nossas pregações, checar os testemunhos”, alfinetou. Contestou a afirmação de que os que o acompanham  são desequilibrados e acusou a publicação de usar efeitos de fotografia para dourar seus cabelos. “É lamentável quando inventam. É uma coisa diabólica”, desabafou padre Fábio de Melo.
Como se vê, a "guardiã da ética, da moral e dos bons costumes" não respeita ninguém. O ex-ministro Rossi pode ser um grande corrupto, mas ele acertou na mosca quando soltou a frase: “Isso é uma fábrica de destruir reputações”. Estava se referindo à Veja, que está sendo investigada pela Polícia Federal por usar grampos ilegais num hotel de Brasília.

GARANHUNS TERÁ NOVA FÁBRICA DE SABÃO ARTESANAL

Garanhuns passará a contar, a partir do mês de setembro, com uma terceira fábrica de sabão artesanal. A unidade será instalada no Sítio Cruz, através do programa Empreender Comunidade, à frente a Secretaria de Desenvolvimento do Município. As duas fábricas já existentes funcionam nos bairros da Várzea e Vale do Mundaú. 36 famílias da cidade já estão sendo beneficiadas por essas unidades.

A média de produção da fábrica do Sítio Cruz será de dois mil tabletes por mês, cada um sendo comercializado a R$ 0,70.

 Para a confecção do sabão artesanal são necessários os seguintes produtos: óleo comestível, creme vegetal, soda cáustica, essência aromatizante, água e fogo, além de equipamentos como: tachos, máquina de corte e formas.

O Hotel Tavares Correia,  Ferreira Costa Center; as empresas Bom Gosto e Unilever, bem como o Restaurante O Relojoeiro e a Secretaria Municipal de Educação colaboram com a iniciativa, viabilizando a doação de matérias primas. (Na foto o prefeito Luiz Carlos e o vice-prefeito Almir Penaforte visitam uma das fábricas de sabão artesanal da cidade).

EXPOSIÇÃO HISTÓRICA EM LAJEDO


De 5 a 12 de setembro acontece no Pátio de Eventos do Município de Lajedo, a 33 km de Garanhuns, a exposição “Redescobrindo a Jornada do Meu Pai”, da artista plástica Eliane Velozo.

O trabalho é uma homenagem a Gastão Veloso de Melo, veterano da Força Expedicionária Brasileira, natural de Lajedo.

A exposição pode ser definida como uma releitura dos caminhos de Gastão na Itália, quando ele lá esteve, durante a II Guerra Mundial.

Essa releitura é feita por uma de suas filhas Eliane, que destaca a importância da participação brasileira no conflito bélico provocado pelos ditadores Adolf Hitler e Benito Mussolini.

A Prefeitura de Lajedo, através da Secretaria de Educação, e o 71 BI de Garanhuns estão apoiando esta exposição. Uma boa para conferir.

A VEZ DO QUEIJO


Municípios do interior pernambucano, a exemplo de Arcoverde, Pedra, Venturosa e São Bento do Una, participam até amanhã, no Centro de Convenções de Pernambuco de um Show de Lácteos. O evento acontece em paralelo à 19ª Agrinordeste, promovida pela Federação de Agricultura de Pernambuco, Secretaria de Agricultura do Estado, Senar e Sebrae.

Haverá um concurso de queijos, com uma variedade de produtos de origem francesa, como o Boursin, italiana como o Mascarpone, americana como o cream cheese, da Grã- Bretanha como o Cottage, além dos tradicionais em nossa mesa como coalho e cabra todos produzidos por marcas de nosso estado, sejam de forma industrial ou artesanal.

Os queijos da Laticínios Venturosa, Laticínios São Bento, Três Netinhos ou Companhia da Coalhada poderão ser encontrados, degustados e adquiridos em 24 estandes que movimentam o Show de Lácteos. (Na foto Uziel Valério, da Laticínios Venturosa).

terça-feira, 30 de agosto de 2011

DILMA É ACLAMADA EM GARANHUNS

A presidenta Dilma Roussef fez um discurso bem objetivo, hoje à tarde, na aula inaugural do Curso de Medicina de Garanhuns, na UPE. Começou se dirigindo aos alunos, agradeceu palavras pronunciadas antes pelo governador Eduardo Campos e cumprimentou os ministros, a exemplo de Fernando Haddad e Fernando Bezerra Coelho. Citou o prefeito Luiz Carlos de Oliveira e fez uma menção especial aos professores. A petista destacou a interiorização e crescimento do País, defendendo  que a inclusão social e melhor distribuição de renda também cheguem ao Agreste Meridional. Ela disse que o Brasil, principalmente o interior, está precisando de médicos e pediu aos estudantes que estão iniciando o curso na cidade que se fixem por aqui mesmo. “Façam amizades, namorem, casem e fiquem na região”, disse a presidenta. Acompanhavam a comitiva de Dilma Roussef, que foi muito aplaudida na sua passagem pelo campus Garanhuns da Universidade de Pernambuco, o governador Eduardo Campos, deputados votados no Agreste Meridional, como Fernando Ferro e Inocêncio Oliveira e outros parlamentares. Um detalhe político que não passou despercebido foi a citação da líder do PT ao professor Pedro Falcão, diretor da UPE no município e tido como o nome preferido do governador do Estado para disputar a sucessão de Luiz Carlos pelo PSB. A referência a Falcão arrancou muitos aplausos e não poderia ser diferente, pois ele estava em seu ambiente, cercado pelos seus “pupilos”.
Na sua passagem por Garanhuns e Cupira, Dilma anunciou boas novas para o Agreste. Confirmou a duplicação da BR-423, obra que deve ficar pronta até o final do seu governo, e anunciou que os problemas que hoje afligem a Universidade Federal Rural de Pernambuco serão dentro em breve solucionados. Quando encerrou seu pronunciamento na UPE, a presidenta foi aclamada pelos estudantes, professores, políticos e todo o público presente. O pronunciamento da presidenta foi transmitido pela Rádio Marano FM. (Foto do Blog de Ronaldo César).

CAPOEIRENSE NOMEADO DESEMBARGADOR

A presidenta Dilma Roussef assinou esta semana ato nomeando Eduardo Sérgio de Almeida desembargador do Tribunal Regional do Trabalho na Paraíba. Natural de Capoeiras, filho de Euclides e Maria das Neves Almeida, o atual diretor do fórum de João Pessoa estudou nos colégios Diocesano e XV de Novembro, fez Direito na Faculdade de Direito do Recife, foi procurador na prefeitura da capital pernambucana até que passou no concurso de juiz do TRT. Seus irmãos Aurélio, Ana Cláudia, Júnior e Roberto, assim como sua mãe e seus filhos Rafael e Mariana, naturalmente estão orgulhosos do capoeirense que chegou tão longe. (Na foto Eduardo Almeida quando esteve fazendo um curso na Espanha).

DIOCESANO RECEBE PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

No recente encontro dos mantenedores e parceiros do Sistema COC e da Pearson, onde mais de 600 gestores estiveram durante três dias estudando os novos rumos da educação nacional, essas duas entidades premiaram os Colégios com melhor desempenho em todo o Brasil.

O Colégio Diocesano foi indicado em duas categorias, ficando entre os três primeiros na categoria Parceria e em 1º Lugar em Desempenho, Qualidade e Tecnologia Educacional, recebendo o Prêmio Pearson de Educação. Critérios como desempenho dos alunos nos simulados, eficiência no plantão on-line e agenda eletrônica, uso do material didático, cumprimento de metas e tecnologia educacional, foram avaliados. Os Colégios Diocesano de Garanhuns, Santa Cruz de Araguaína-TO e Madre Cabrini de São Paulo foram os indicados.
 Professor Albérico Fernandes, Diretor do Gigante da Praça da Bandeira, fez questão de dizer que a emoção não foi vencer, foi saber que o trabalho em equipe rende muitos frutos. O Prêmio é uma vitória de todos os alunos, professores, coordenadores e funcionários, e, acima de tudo, o Prêmio também é uma vitória da Educação de Garanhuns.

GREVE EM CAETÉS

Em Caetés, terra natal do ex-presidente Lula, estourou uma greve. Um fato raro por lá. A informação é do vereador Severino Gordo, que não dá trégua ao Governo Municipal. Segundo ele pelo menos 50% dos motoristas que transportam estudantes estão parados por atraso de pagamento e por um reajuste, pois estão recebendo pouco.  O parlamentar se mostra preocupado com a situação dos profissionais e teme ainda que o movimento prejudique o calendário escolar. Em Caetés só faltava essa: uma greve. Se pronuncie prefeito Aércio Noronha. O espaço está aberto.

GARANHUNS PRONTO PARA DESFILE DO DIA 7


A Prefeitura, através da Secretaria de Educação, está acertando os últimos detalhes para vivenciar, com muita ênfase, o Dia da Independência em Garanhuns. As festividades terão início no dia 4 de setembro, com desfiles nos distritos de Iratama e Miracica. Já na quarta-feira, dia 7, o desfile cívico/militar acontece a partir das 8 horas, na Avenida Santo Antônio, e às 15 horas, no Distrito de São Pedro.

Em Iratama, o desfile tem inicio às 9 horas. Alunos de nove Escolas da Rede Municipal de Ensino desfilarão, juntamente a duas Bandas convidadas. Já em Miracica, a comemoração será vivenciada a partir das 15 horas, e contará com a participação de estudantes de doze educandários municipais e mais duas Bandas convidadas. Em São Pedro, nove escolas abrilhantarão as festividades, junto a quatro agrupamentos musicais convidados.

Na sede do Município, a abertura oficial acontecerá minutos antes das 8 horas, com a presença do Prefeito Luiz Carlos de Oliveira e demais autoridades civis, militares e eclesiásticas. Neste ano, cerca de 45 Instituições estarão desfilando, sendo iniciadas com as Lojas Maçônicas, seguidas pelas Escolas Privadas; Escolas Municipais e Estaduais e finalizando com os Militares. Os alunos do Projeto Prefeitura Presente (foto) também participarão da parada cívico-militar. Cerca de seis mil pessoas participarão efetivamente do desfile. A previsão é que aproximadamente dez mil pessoas prestigiem o momento de civismo em Garanhuns.

GARANHUNS E CAPOEIRAS TERÃO MESMO NÚMERO DE VEREADORES

Garanhuns tem cerca de 130 mil habitantes, de acordo com o último Censo do IBGE. Capoeiras - a 24 km do principal centro do Agreste Meridional - não conseguiu chegar aos 20 mil moradores, segundo o mesmo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Mesmo assim, os dois municípios terão, a partir da próxima legislatura, 11 vereadores para representá-los. Uma das duas cidades está errada ao definir a sua representação no Legislativo Municipal. Claro que o mais importante é a qualidade, não a quantidade. Mas como buscar a primeira com uma representação nanica, estreitando as possibilidades já no processo eleitoral? Com um número de vagas tão limitado, em Garanhuns prevalece a vontade dos currais e uma cidade essencialmente urbana termina elegendo uma bancada predominantemente rural. Cadê os vereadores de esquerda, como tínhamos até os anos 80? Os independes, como Humberto de Moraes? Os parlamentares que expressavam o pensamento da classe média ou da burguesia? Temos hoje na chamada Suíça Pernambucana, perdoem a expressão, o "lúmpen vereador", figuras totalmente submissas e subservientes ao Executivo e presos aos interesses pessoais, preocupados em fazer assistencialismo em troca de votos ou em conseguir alguma ascensão social pela via política. Uma Câmara que já teve Othoniel Gueiros, Uzae Canutto, José Inácio, Antônio Edson, Marlos Duarte, Ivo Amaral, Silvino Andrade... Aumentar o número de vereadores resolve o problema? Não. Mas é um primeiro passo. É óbvio que se você já estreia na base, na definição das regras do jogo, fica muito mais difícil mudar essa situação. Garanhuns, senhores, tem áreas inteiras, bairros maiores que Capoeiras, São João ou Caetés, sem um único representante. Quem luta na Casa Raimundo de Moraes pela Cohab II e os loteamentos em volta? Quem é o representante da Brahma e imediações? Tem algum vereador eleito pela Brasília e Magano? O Legislativo Municipal, o Estadual, o Federal, todos estão deixando muito a desejar. Política virou um negócio qualquer. Mas isso só vai acabar quando o povo parar de fazer também do seu voto uma mercadoria, moeda de troca. Garanhuns precisa pensar grande. Mas o que fazer se limita seu próprio crescimento? Não pode ter prédio de mais de três andares, não pode ter mais de 11 vereadores... e impede que se tente melhorar a representação parlamentar, atualmente muito aquém das nossas necessidades.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O CASO MURDOCH E A VEJA

Na Inglaterra um jornal com 168 anos de história usou de métodos ilegais para fazer reportagens e fechou as portas. Teve gente que perdeu o emprego e foi para a cadeia. No Brasil a Revista Veja faz coisas semelhantes e tem gente achando que está certo. Uns por desinformação, outros porque são reacionários, fanáticos e sacanas mesmo. Abaixo a opinião de dois jornalistas sobre os atos de espionagem da publicação da Editora Abril.


Brizola Neto, sobre a espionagem da Veja:

A VEJA É A CIA OU A KGB DO JORNALISMO?

Li o o que saiu na internet da matéria da Veja sobre o ex-ministro José Dirceu. Afora a o ódio político da revista, não há nenhum fato que possa ser configurado como algum ato ilícito. E, como não é servidor público, não caberia – mesmo que fosse verdade – saber se lhe pagaram uma diária de hotel. Conversar com deputados, senadores ou ministros é direito de qualquer um, inclusive de Dirceu.

Agora, não é direito de ninguém obter, de maneira clandestina, as imagens de um circuito privado de TV de um hotel, feito para a segurança dos hóspedes e visitantes e não para ser cedido a ninguém para bisbilhotar quem entra e sai.

Supondo-se, claro, que sejam imagens do circuito privado do hotel, não de alguma câmera secreta instalada por um “araponga” a serviço da revista.

De uma forma ou outra, espionagem e violação. Tal como fez o jornal de Murdoch com telefones na Inglaterra, a Veja “grampeou” um corredor de hotel.

Um empresa – a Editora Abril – que usa estes métodos, que mais pode fazer com a vida privada – e até a íntima – de pessoas conhecidas, na política ou em outras áreas?

Seja qual for a razão ou motivo, salvo uma investigação policial fundamentada e devidamente acompanhada pelo Ministério Público e pelo Judiciário, pessoas podem ser colocadas sob este nível de vigilância.

Ou a revista se acha a CIA ou a KGB do jornalismo?

Não, sei, mas que é caso de polícia, é.

Luís Nassif, sobre a espionagem de Veja:

A MARCHA DA INSENSATEZ

“Veja chegou a um ponto sem retorno. Em plena efervescência do caso Murdoch**, com o fim da blindagem para práticas criminosas por parte da grande mídia no mundo todo, com toda opinião esclarecida discutindo os limites para a ação dá mídia, ela dá seu passo mais atrevido, com a tentativa de invasão do apartamento de José Dirceu e o uso de imagens dos vídeos do hotel, protegidas pelo sigilo legal.

Até agora, nenhum outro veículo da mídia repercutiu nenhuma das notícias: a da tentativa de invasão do apartamento de Dirceu, por ficar caracterizado o uso de táticas criminosas murdochianas no Brasil; e a matéria em si, um cozidão mal-ajambrado, uma sequência de ilações sem jornalismo no meio.

Definitivamente não sei o que se passa na cabeça de Roberto Civita e do Conselho Editorial da revista. Semana após semana ela se desmoraliza junto aos segmentos de opinião pública que contam, mesmo aqueles que estão do mesmo lado político da publicação. Pode contentar um tipo de leitor classe média pouco informado, que se move pelo efeito manada, não os que efetivamente contam. Mas com o tempo tende a envergonhar os próprios aliados.

Confesso que poucas vezes na história da mídia houve um processo tão clamoroso de marcha da insensatez, como o que acometeu a revista.

PS: Reinaldo Azevedo, convertido em porta-voz da revista para justificar a violação injustificável, está recebendo o espírito do DOPS. Vejam o que ele postou no blog que a revista lhe dá: “Veja Estourou o aparelho de José Dirceu! O aparelho que ele montou em pleno regime democrático para conspirar contra a democracia.”

O Delegado Sérgio Paranhos Fleury não produziria uma frase melhor.

**Caso Murdoch – Escândalo de escutas ilegais feitas por jornalistas da Inglaterra que levou ao fechamento do “New of the Word”, um veículo de comunicação impresso com 168 anos de história. Profissionais foram demitidos, outros foram processados e alguns condenados à prisão.

Só para completar: Rogério Tonatto,  gerente do Naoum Plaza Hotel, de Brasília, acionou a Polícia Federal para investigar a Revista Veja. É que foram divulgadas imagens do estabelecimento que não pertencem ao circuito interno do mesmo. O funcionário suspeita que a publicação usou um grampo ilegal para conseguir as imagens.

"A Veja não faz mais reportagens. A Revista fabrica semanalmente escândalos para tentar desestabilizar um governo eleito pela maioria do povo brasileiro. Não importa que para isso tenha que mentir, omitir, distorcer e de utilizar métodos policiais. Uma redação nunca pode ser transformada numa delegacia de polícia. Cada um tem objetivos completamente diferentes, se bem que ambos devem servir à sociedade e não a interesses de grupos ou oligarquias". (Roberto Almeida).

GARANHUNS NA TV ASA BRANCA

Dentro das comemorações dos 20 anos da TV Asa Branca, a emissora de televisão de Caruaru fez uma reportagem especial sobre Garanhuns, assinada pelo repórter Anderson Melo. O material jornalístico destacou os pontos turísticos da cidade, como o Cristo do Magano, Santuário da Mãe Rainha, Parque Ruber van der Linden, Parque Euclides Dourado e Relógio de Flores. Também mostrou a força do comércio, chamou a atenção para o clima diferenciado e enfatizou a produção local de chocolates. Os festivais de Gastronomia, de Jazz e de Inverno também foram citados como eventos importantes no município e no Estado. Na reportagem foram ouvidos personalidades como Ana Nery (Secretária de Turismo e Cultura), Ornilo Lundggren (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Flávio Ramos (Chocolate Sete Colinas) e populares. Como a matéria tinha o objetivo de homenagear Garanhuns os problemas foram deixados de lado. Só o lado bonito foi mostrado. Quem quiser conferir essa bela reportagem é só acessar o Portal da TV Asa Branca que o material está disponível. (A foto do Cristo do Magano é de Risoleta Cardoso).

CHOCOLATE FAZ BEM AO CORAÇÃO

O consumo de chocolate pode estar associado a uma redução de um terço nos riscos de desenvolvimento de certas doenças cardíacas, segundo um estudo britânico.

O estudo, publicado na revista científica British Medical Journal, confirma resultados de investigações anteriores sobre o assunto que, de maneira geral, encontraram evidências de um possível vínculo entre o consumo de chocolate e a saúde do coração.

Os autores enfatizam, no entanto, que é preciso fazer mais testes para saber se o chocolate realmente causa essa redução ou se ela poderia ser explicada por algum outro fator. A equipe da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, apresentou seu trabalho no congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, nesta segunda-feira (29), em Paris.

Vários estudos recentes indicam que comer chocolate teria uma influência positiva sobre a saúde humana devido às propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias do alimento. Segundo esses estudos, o chocolate teria o poder de reduzir a pressão sanguínea e melhorar a sensibilidade do organismo à insulina (o que ajudaria a evitar o diabetes).

*Fonte: Portal IG

ESTÁGIO EM GARANHUNS

Começaram hoje (29) e seguem até sexta-feira (02.09) as inscrições para a seleção de estagiários de nível superior para o campus Garanhuns do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). São quatro vagas, sendo 02 para alunos do curso de Pedagogia e 02 para estudantes da área de Engenharia Civil; todas são remuneradas.

Para concorrer ao estágio, o candidato não pode ter qualquer outro vínculo empregatício e nem estar recebendo bolsa remunerada, além de ter disponibilidade para cumprir a carga horária e estar matriculado em uma Instituição de Ensino Superior no período exigido.

Os interessados podem procurar o setor de Coordenação de Gestão de Pessoas do campus Garanhuns, no horário das 9h às 12h e das 14 às 17h, levando original e cópia da cédula de identidade, CPF e declaração de matrícula, histórico escolar e outros documentos comprobatórios para análise do currículo.

Para mais informações sobre a seleção, acesse o edital no site  http://garanhuns.ifpe.edu.br/.

O JORNALISMO E O SIGILO DA FONTE

Existe um princípio em jornalismo de que "o sigilo da fonte é sagrado". Uma pessoa confiável dá uma informação importante a um profissional e pede que seu nome seja preservado. Isso existe nos Estados Unidos, na Europa, na maioria dos países ocidentais. Um repórter quando tem credibilidade, trabalha com honestidade, é respeitado pelo seu público por noticiar quase sempre (ninguém é infalível) o que tem fundamento, muitas vezes baseado em informações que lhe foram passadas por boas fontes. 

Em mais de 32 anos na atividade jornalística, acredito que nunca tenha tenha revelado a fonte que me passou uma notícia "quente". Aqui mesmo em Garanhuns muitos homens e mulheres já ameaçaram inclusive seus empregos ao pedir a divulgação de fatos, contanto que fossem preservados no seu direito de não aparecerem. Mas confiaram em mim e não precisaram se preocupar porque nunca me passou pela cabeça entregá-los. Isso é coisa de dedo duro e isso sempre me lembra a direita sem caráter que deu sustentação à ditadura militar. 

O "off", a "fonte", são instrumentos valiosos no jornalismo. Também são perigosos, pois às vezes no jogo de interesses, principalmente no campo político, alguém passa uma informação em off que não corresponde à realidade e prejudica o trabalho de um profissional. Também existem fontes que se vestem de paletó e gravata, assumem as caras mais respeitáveis e forjam uma notícia para instrumentalizar um repórter. Recentemente, este que vos escreve, recebeu uma informação de que o prefeito Luiz Carlos e o governador Eduardo Campos iriam ter um encontro, no dia 18 de setembro, para tratar da sucessão municipal de Garanhuns. E que o nome do deputado estadual Leonardo Dias iria ser anunciado como o preferido do socialista para concorrer à eleição pelo PSB.

A fonte, a quem respeito e dei crédito, por ser um vereador eleito pelo povo e estar ligado a deputados e ao próprio prefeito do município, não foi revelada pelo blog por ter feito esta solicitação. O repórter cumpriu seu dever de informar e preservou o parlamentar. Mas será que este foi honesto, disse a verdade? Se foi prestou um serviço à população ao antecipar um fato que estava sendo urdido às escondidas nos labirintos políticos. Se não foi cometeu um grave erro pois envolveu num factoide não apenas o jornalista, mas o governador do Estado, o prefeito do Município, um deputado estadual e indiretamente um ex-prefeito.

Diante da gravidade do assunto, que teve ampla repercussão, poderia o repórter quem sabe revelar a sua fonte. Afinal de contas o dia 18 de setembro é um domingo. Será que o governador Eduardo Campos abrirá as portas do Palácio das Princesas, neste dia, para receber o prefeito Luiz Carlos de Oliveira? Ou tudo não passou mesmo de uma brincadeira de mau gostou ou uma armação para atingir politicamente um adversário na briga pela Prefeitura? A mentira tem pernas curtas...

Prefiro permanecer fiel ao princípio de que "a fonte é sagrada" e não vou neste momento declinar nomes. Mas o vereador deve uma explicação. Ao blog, aos leitores, ao povo de Garanhuns, ao prefeito Luiz Carlos, ao deputado Leonardo Dias, ao ex-prefeito Zé da Luz (aparentemente o alvo da notícia) e ao governador Eduardo Campos. Caso o parlamentar não justifique a sua atitude, não convença o repórter com suas explicações deixará de ser uma fonte que mereça o respeito e a credibilidade. Possivelmente não será digno nem de representar o povo de Garanhuns na Câmara Municipal.

Existe Política com P maiúsculo, Política como Ciência, como atividade essencial à condição humana em busca do bem comum. Existe política como jogo de interesses, meio de vida, balcão de negócios, coisa suja, que apequena e desmoraliza os seus participantes. De há muito escolhi o primeiro lado e permanecerei nele sempre, lamentando os que usam um mandato Legislativo ou Executivo só para se dar bem e não para melhorar pelo menos um pouco a vida do povo.

GARANHUNS PROMOVE CONCURSO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

O Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (CODEMA), em parceria com a Prefeitura de Garanhuns, AESGA, UFRPE e ONG Eco Nordeste, realiza este ano a quarta edição do Concurso Escolar de Educação Ambiental. O Concurso visa reconhecer as iniciativas de educação ambiental escolares já existentes e incentivar outras que venham a existir, no âmbito das escolas públicas ou privadas que atuam no Município. Este reconhecimento passa pela divulgação dos projetos, fornecimento de certificados de participação e de classificação, além de premiações aos vencedores.

A seleção será feita em seis modalidades: Desenho Sobre Tema Ambiental (1º ao 5º ano);Redação Sobre Tema Ambiental (1º ao 5º ano);Redação Sobre Tema Ambiental (6º ao 9º ano); Redação Sobre Tema Ambiental (ensino médio); Paródia em Tema Ambiental (qualquer série do fundamental e médio); e Educação Ambiental Continuada (projetos das escolas).

as inscrições só poderão ser realizadas de forma on-line, através do site: www.aesga.edu.br/codema.php, no período de 5 até 23 de setembro, de forma gratuita. A ficha de inscrição deverá ser preenchida pelo representante legal da escola ou por professor, com o aval do responsável legal de cada Instituição participante. As escolas e alunos que participarem do Concurso receberão certificado. Já os classificados entre os três primeiros lugares de cada categoria ganharão certificados.

domingo, 28 de agosto de 2011

JUSTIN BIEBER: INGRESSOS SÃO VENDIDOS EM TEMPO RECORDE

Os ingressos para o show que o cantor Justin Bieber fará em São Paulo, no dia 8 de outubro, foram comercializados em tempo recorde, nas bilheterias e pela internet. Pelo menos nas áreas consideradas vips não há mais como comprar as entradas. Na capital paulista, se formaram filas durante a madrugada da sexta-feira e em pouco tempo cinco mil unidades tinham sido vendidas. Na Rede Mundial de Computadores, segundo uma fã revelou ao blog, os ingressos acabaram em questão de minutos.

Além de São Paulo, Justin Bieber vai se apresentar no Rio de Janeiro, dia 5, e em Porto Alegre, dia 10. Algumas adolescentes de Garanhuns e outras cidades da região estão conseguindo junto aos pais e com a ajuda de parentes em São Paulo meios para viajar e assistir o show do artista canadense.

GARANHUENSE NA FEIRA DO LIVRO DE PERNAMBUCO

O garanhuense José Cícero Ramos, também conhecido como Seu Cícero, concluiu o ensino médio em 2009, na Escola São Cristóvão. Já este ano, o morador do bairro da Liberdade publicou pela Edições Bagaço o livro “Frases Brilhantes”. O próprio autor participou do processo de criação, revisão, apresentação e lançamento.

“Este livro é o resultado de trabalhos colecionados durante vários anos. Muitas expressões foram tiradas da realidade vivida no exato momento da experiência, da observação. Outras, de deduções que vieram à tona e desfilam no livro como verdades e inverdades, absurdos e grandezas constantes em nosso percurso existencial”, explica o escritor.

O trabalho de José Cícero começa a receber reconhecimento no âmbito estadual. O autor foi convidado para participar da Feira do Livro de Pernambuco, que acontece no Centro de Convenções de Pernambuco, de 28 de setembro a 4 de outubro próximos. O escritor desde já convida os amigos de Garanhuns e as pessoas que valorizam a literatura a prestigiá-lo no evento que acontecerá em Olinda.

Para adquirir o livro ou ter contato com o autor é só telefonar para (87) 3762.3842 ou 9134.6493. E-Mail: ramossjose@hotmail.com

BOM CONSELHO REÚNE BLOGUEIROS COM SUCESSO

Neste domingo,  dia 28 de agosto, aconteceu em Bom Conselho mais um encontro de Blogueiros desta vez o 2º, uma maneira para se conseguir novos conhecimentos e se organizar cada vez mais no mundo virtual.  Vários Blogueiros e sociedade Bonconselhense estiveram presentes.  O encontro reuniu Blogueiros conceituados do estado de Pernambuco como, o grande jornalista e 1º Blogueiro de Pernambuco Magno Martins, Ronaldo César, e vários Blogueiros de Pernambuco e Alagoas. Foi um momento muito proveitoso na ocasião tivemos palestras com Dr. Renato Curvelo, que falou sobre anonimato e com o jornalista Magno Martins,  que debateu sobre A Importância do Blog nos Meios Sociais, e ainda os cuidados que os Blogueiros devem ter nas suas postagens. Ainda na ocasião foi discutido a Organização dos Blogs, ou seja, a criação da Associação de Blogueiros de Bom Conselho, e conseqüentemente a criação da Associação Estadual de Blogueiros de Pernambuco. (Foto e texto do Blog de André Bernardo).

A MUSA EVANGÉLICA

A mocinha tão bonita aí, de apenas 19 anos, é a Stephannie Oliveira. Ela é filha, imagine, do ex-jogador Bebeto, que vestiu a camisa da seleção brasileira muitas vezes e foi tetracampeão mundial. A menina também joga um bolão, principalmente quando posa assim nas revistas, com esse jeito sensual. Só tem um problema: Stephe é evangélica e o pastor não gosta do seu trabalho de modelo. Por isso já andou lhe dando algumas broncas e a garota corre o risco de ser expulsa da igreja.

OVERDOSE DE NOVELAS

A Rede Globo está exagerando na dose. Submete o brasileiro a uma verdadeira overdose de novelas e corre o risco de viciar seriamente a população. Daqui a pouco os homens estarão faltando o trabalho, esquecendo o futebol e as mulheres deixando completamente em segundo plano os companheiros e filhos. O dopping começa no início da tarde, com o repeteco de algum folhetim de 4/5 anos atrás. Lá pelas 17h tem Malhação, uma espécie de laboratório para atores e atrizes. Às 18h tem um romance água com açúcar, às 19h uma história tipo pastelão e ás 21 o drama sério e pesado dos telespectadores mais exigentes. Acharam pouco e criaram um remake às 23 h. O Astro é o final de noite perfeito numa programção feita a dedo com o objetivo de entreter, enganar e alienar um país que foge dos livros, do debate e das idéias. As novelas, é claro, são emolduradas com flashs da realidade e carinhas bonitas, como a de Shopie Charlotte (foto), 22 anos, que começou na mirim Malhação e agora chega ao horário nobre.

sábado, 27 de agosto de 2011

DILMA EM GARANHUNS E OS CANDIDATOS À PREFEITURA

A primeira visita de Dilma Roussef ao Agreste Meridional, mais especificamente a Garanhuns, está confirmada para a próxima terça-feira, dia 30. Às 13h, no Hotel Tavares Correia, a presidenta e o governador Eduardo Campos se reúnem com lideranças políticas da cidade e região. Não vai faltar pré-candidato à prefeitura. Izaías Régis (PTB), Zé da Luz (PHS), Leonardo Dias (PSB), Fernando Ferro (PT)... Devem estar presentes todos.

Às 15h, Dilma e Eduardo participam da aula inaugural do Curso de Medicina da UPE, um ato histórico para o município. Desta vez o “dono da festa” é o professor Pedro Falcão (PSB), um dos cotados para ser o candidato do Partido Socialista à sucessão de Luiz Carlos. Aliás, depois da notícia de que o governador e o prefeito vão fechar em torno de Leo Dias já apareceram as mais diferentes versões dos rumos da política local. Neste sábado uma fonte que transita bem entre o Palácio Celso Galvão e a Câmara Municipal disse que a chapa será Pedro Falcão na cabeça e o secretário Júlio César (PDT) na vice.

Curioso é ninguém informa que Eduardo Campos e Luiz Carlos vão apoiar Zé da Luz ou Izaías Régis. As especulações são todas favorecendo o professor Pedro ou o filho de Romário Dias.

(Na foto aparecem Dilma, Lula e Eduardo, na quadra do CMA, na campanha do ano passado. Na oportunidade o então presidente disse que "entregaria um cheque em branco para Dilma assinar").

REVISTA VEJA PEGA EM ATIVIDADE CRIMINOSA

Repórteres da Revista Veja foram flagrados em atividade criminosa esta semana, em Brasília, quando tentaram invadir o apartamento em que estava hospedado o ex-ministro José Dirceu (foto). Indignado e acusando a publicação de estar a serviço das forças conservadoras mais "vis" do Brasil, o petista registrou numa delegacia a atividade ilegal contra sua pessoa.

O próprio Dirceu contou a tentativa de golpe por parte do repórter, em seu quarto de hotel: "Depois de abandonar todos os critérios jornalísticos, a revista Veja, por meio de um de seus repórteres, também abriu mão da legalidade e, numa prática criminosa, tentou invadir o apartamento no qual costumeiramente me hospedo em um hotel de Brasília.

"O ardil começou na tarde dessa quarta-feira (24/08), quando o jornalista Gustavo Nogueira Ribeiro, repórter da revista, se registrou na suíte 1607 do Hotel Nahoum, ao lado do quarto que tenho reservado. Alojado, sentiu-se à vontade para planejar seu próximo passo. Aproximou-se de uma camareira e, alegando estar hospedado no meu apartamento, simulou que havia perdido as chaves e pediu que a funcionária abrisse a porta.

"O repórter não contava com a presteza da camareira, que não só resistiu às pressões como, imediatamente, informou à direção do hotel sobre a tentativa de invasão. Desmascarado, o infrator saiu às pressas do estabelecimento, sem fazer check out e dando calote na diária devida, ainda por cima. O hotel registrou a tentativa de violação de domicílio em boletim de ocorrência no 5º Distrito Policial."

O texto do ex-ministro é mais longo e envolve outros jornalista da Veja, todos insistindo numa prática estranha para fazer uma reportagem. Os dados completos estão publicados no Blog do Jamildo.

12% DOS INTERNAUTAS PREFEREM UMA DITADURA MILITAR

Apesar da Democracia ter seus valores  tão proclamados pela imprensa, intelectuais, professores e sociedade organizada, há quem ainda prefira um regime autoritário, ou uma ditadura, como o Brasil viveu entre 1937 e 1945, com Getúlio Vargas, e entre 1964 e 1984, com os militares. Na última enquete realizada neste blog perguntamos ao leitor o que seria melhor para o Brasil na atual situação vivida pelo País. E 12% optaram pela opção “Estabelecer uma Ditadura Militar”. Outros 5% acham que é melhor a mídia governar o País, enquanto a maioria, ou 32%,  considera melhor surgir uma 3ª via, “que nos livre do PT e do PSDB”. Quanto ao Partido dos Trabalhadores no poder, 17% opinam que se deve exigir mais ética e transparência dos que estão no poder a nível nacional. O medo de uma ditadura foi expresso por 9%, que recomendaram “cuidado para não dar asa aos golpistas”. Enfim, 18% defenderam que o Brasil devia voltar às mãos do PSDB.

REPÓRTER DA TV GLOBO É REPREENDIDO NO AR

O âncora do "Jornal Nacional", William Bonner, deu uma "bronca" ao vivo no repórter especial enviado a Trípoli (Líbia), esta semana. Bonner chamou Marcos Uchôa (foto) para uma reportagem, elogiando o uso do equipamento de segurança, capacete e colete à prova de balas, pelo jornalista.

A companheira de bancada, Fátima Bernardes, corrigiu Bonner, dizendo: "não, não, ele não está de capacete". O editor-chefe e apresentador do telejornal resolveu, então, dar um "puxão de orelha" no jornalista, alertando-o sobre a necessidade de se usar o capacete. "Tirou o capacete, Uchôa? Você devia estar usando capacete", exclamou o jornalista no ar. 

Um pequeno problema técnico atrasou a resposta de Uchôa, que inicou sua reportagem sem responder a Bonner. (Portal Imprensa)

ADEMILDE FONSECA - GRANDES NOMES DA MPB - 76º

 ADEMILDE FONSECA


A primeira surpresa que tive ao pesquisar um pouco sobre a cantora Ademilde Fonseca foi descobrir que a artista ainda vive. A Rainha do Choro, como passou a ser chamada desde a década de 40, nasceu em Pirituba,  no Rio Grande do Norte, no distante dia de quatro de março de 1921. Está portanto com 90 anos de idade.

Aos quatro anos a futura artista foi morar em Natal, tendo ficado na capital potiguar até os 20 anos. Desde criança gostava de cantar e adorava participar das serestas do seu tempo de mocinha. Terminou se interessando por um desses boêmios da noite, Naldimar Gedeão Delfino, com quem casou e foi morar no Rio de Janeiro, em 1941. A união entre o músico e a cantora não demorou muito e depois de se separar Ademilde decidiu cuidar da carreira.

Em 1942, numa festa na Cidade Maravilhosa, ela teve o primeiro grande momento como intérprete. Acompanhada do regional de Benedito Lacerda, cantou o choro “Tico Tico no Fubá”, do compositor Zequinha de Abreu, com letra de Eurico Barreiras. Agradou tanto em sua apresentação que foi convidada para gravar. Neste mesmo saiu o 78 rotações, incluindo duas músicas: a própria Tico Tico no Fubá e o samba Voltei pra o Morro, assinada também por Benedito Lacerda.

O chorinho de Zequinha de Abreu foi composto em 1917 e pela primeira vez era gravado cantado, com a letra de Eurico.

Não demorou muito Ademilde voltou a gravar. Sambas de Humberto Teixeira (o famoso parceiro de Luiz Gonzaga), choros de Ernesto Nazaré – um dos grandes instrumentistas do país – e Urubu Malandro, música de domínio público que recebeu arranjos de Lourival de Carvalho e letra de João de Barro. Foi o segundo grande sucesso da nordestina de Pirituba.

A partir de 1943 assinou contrato com a Continental e se especializou como cantora de chorinhos. Um dos destaques em meados da década foi a gravação da polca “Rato”, em ritmo de choro. Neste tempo, já estava contratada pela Rádio Tupi, onde ficaria muitos anos.

Outro momento marcante na vida de Ademilde Fonseca foi a gravação de “Brasileirinho” de Waldir Azevedo e Pereira da Costa. Um sucesso retumbante, uma interpretação diferenciada que faria eco nas décadas seguintes.

Mais de 20 anos depois, andando pelas ruas do centro do Recife, lembro que comprei um vinil de Ademilde, de capa preta, ainda hoje guardado nos meus arquivos, reunindo seus grandes sucessos. Dentre eles esta jóia que é Brasileirinho na interpretação elétrica da artista do Rio Grande do Norte.

Reconhecida no Brasil como uma das grandes cantoras do rádio, única na interpretação do chorinho, Ademilde Fonseca teve seus momentos de estrela também na Europa. Primeiro se apresentou em Paris, causando sensação, depois passou uma longa temporada em Portugal, fazendo shows e por pouco nossos descobridores não a roubam de nós.

Nos anos 50, 60 e 70 a Rainha do Chorinho continuou a gravar os mais renomados compositores brasileiros. Pixinguinha, Jararaca e Ratinho, Assis Valente, Wilson Batista, Ary Barroso, Altamiro Carrilho e até o nosso Luiz Gonzaga, estão entre os mestres que assinaram composições que se tornaram mais conhecidas na voz da baixinha de voz estridente.

Dentre as canções desses imortais da MPB, destaque para “Carinhoso”, de Pixinguinha e “Na Baixa do Sapateiro” de Ary Barroso.

Nos anos 70, gravaria compositores mais contemporâneos, incluindo João Bosco e Aldir Blanc, Martinho da Vila e Paulinho da Viola.

Antes, nos anos dourados do Rádio, integrou o elenco da Nacional do Rio de Janeiro, que tinha prestígio, à época, equivalente a TV Globo atualmente.

No final dos anos 90 integrou-se ao conjunto As Eternas Cantoras do Rádio, ao lado de Carmélia Alves, Violeta Cavalcanti e Ellen de Lima. E também recebeu a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, a mais alta comenda da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. No início da década passada participou do CD “Café Brasil”, produzido por Rildo Hora, juntamente com Marisa Monte, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Conjunto Época de Ouro e Leila Pinheiro.

Uma curiosidade, na carreira de Ademilde Fonseca, é a admiração que despertou na cantora japonesa Yoshimi Nakayama. Esta, tendo conseguido um CD da brasileira, em seu país, decorou as músicas sem saber absolutamente o significado das palavras. Passou inclusive a cantar algumas dessas canções em seus shows. Posteriormente a artista veio ao Brasil conhecer a Rainha do Chorinho, esteve com ela em sua casa e até aprendeu o significado de algumas palavras do seu repertório.

Yoshimi e Ademilde chegaram a fazer uma gravação no Rio de Janeiro, acompanhados pelo violinista Walter Silva, o Waltinho.

Até pouco tempo atrás, já com mais de 80 anos, a cantora do Rio Grande do Norte fez uma série de shows, acompanhada da filha, Eymar Fonseca, também interpretando sambas e principalmente chorinhos.

Em 2007, uma escola de samba de Natal, Imperatriz Alecrinense, desfilou no Carnaval fazendo uma homenagem a mais notável intérprete de Brasileirinho.

“Saudação da Imperatriz a uma Rainha”, foi o tema da escola. Homenagem justa a uma grande cantora, que seu Deus quiser vai chegar aos 100 anos. Um século a serviço da Música Popular Brasileira.

(Principal fonte de consulta:  Dicionário da Música Popular Brasileira).

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

ZÉ DA LUZ DENUNCIA ARMAÇÃO

A Assessoria de Imprensa de Zé da Luz escreveu ao blog e denunciou uma "armação". Segundo a nota, o comentário enviado a este espaço, transformado em postagem com destaque, foi feito por outra pessoa que não o ex-prefeito de Caetés. O objetivo seria jogá-lo contra o governador Eduardo Campos. Na íntegra o texto enviado pelo assessor:

Prezado Roberto,

Em momento algum o ex-prefeito Zé da Luz enviou qualquer e-mail, carta ou mensagem ao seu blog. Alguém, agindo de má fé e criminosamente, tentou se passar por José Luiz de Lima Sampaio, fazendo considerações públicas a respeito do processo sucessório em Garanhuns.

Seguindo o exemplo do governador Eduardo Campos, Zé da Luz só irá tratar do assunto “eleição” a partir de janeiro de 2012. O momento agora é de discutir projetos estratégicos que sejam capazes de proporcionar o soerguimento econômico da suíça pernambucana, colocando sempre em primeiro plano o homem mais pobre, que fica inquieto diante das injustiças sociais no nosso País.

Zé da Luz é um homem grande. Não cabe a ele fazer molecagens e nem fofocas, muito menos perder tempo com artimanhas desprovidas de qualquer respaldo legal e moral, como faz meia dúzia de pessoas que se julgam lideranças políticas em Garanhuns.

Política é coisa séria. Tem que ser feita com respeito e com responsabilidade. Como aliado, Zé da Luz aguarda pacientemente a decisão do governador Eduardo Campos quanto à sucessão em Garanhuns.

Mesmo que seja candidato a prefeito (uma decisão que ainda não foi tomada) e esta suposta candidatura fique colocada em palanque oposto ao do governo, se eleito, Zé da Luz irá administrar Garanhuns olhando pra frente, sempre ao lado do neto de Miguel Arraes de Alencar, de quem recebeu lições valiosas para a vida pessoal e pública.

Portanto, é lamentável que numa cidade como Garanhuns ainda existam pessoas capazes de agir desta forma, numa tentativa vã de arranhar a imagem de Zé da Luz junto ao governador. Esse tipo de gente não merece estar à frente dos destinos de nossa terra. São aves de rapina, mas esbarram na história de quem tem credibilidade e respeito no Palácio das Princesas e no coração do povo.

Com votos de respeito e admiração,

Atenciosamente

Assessoria de imprensa do ex-prefeito Zé da Luz

NOTA DO BLOG: Da mesma maneira que o ex-prefeito José Luiz Sampaio, o jornalista lamenta que alguém use desse expediente para ludibriar o profissional, os leitores e a própria classe política de Garanhuns. Trabalho com seriedade, honestidade e boa fé. Imagino que a maioria faça assim. Mas infelizmente há os que usam esses métodos baixos para atingir seus objetivos. Não sei quem agiu assim nem quero saber. Tenho consciência, porém, que essa não é a maneira correta de agir. É uma atitude que só apequena o processo político de Garanhuns e do Agreste. Tomaremos todas as medidas possíveis para que fatos como estes não se repitam. Solicito aos que querem iludir e brincar com a opinião pública que não nos tentem utilizar para essa prática atrasada e pouco inteligente. A mentira tem pernas curtas.

MAIS UMA MULHER NA POLÍTICA

Mais uma mulher pode entrar na política em 2012, disputando uma das prefeituras mais importantes do interior pernambucano. Dona Fana (foto), viúva do deputado José Mendonça Bezerra passou a ser o nome da vez em Belo Jardim para enfrentar João Mendonça, que deixou o DEM para se aliar a Eduardo Campos. O grupo governista na Terra do Bitury tem várias opções: O prefeito Marco Coca Cola (se topar a reeleição), o atual vice José Ivan e Andréia Mendonça, irmã de Mendoncinha. Numa conversa com o blogueiro, semana passada, o ex-prefeito Ivo Amaral já tinha “cantado a pedra” e me disse: “A solução para vencer em Belo Jardim é lançar a viúva de Zé Mendonça”.

Caso ela seja candidata teremos,  só aqui por perto: Fana em Belo Jardim, Miriam Lacerda em Caruaru, Madalena  Brito em Arcoverde, Débora Almeida em São Bento do Una, Neide Reino em Capoeiras, Aurora Cristina em Garanhuns, Judith Alapenha em Bom Conselho e Celina Brito em Jupi, no caso das duas últimas decidirem por um segundo mandato.

CÂMARAS DESRESPEITAM CONSTITUIÇÃO


Uma consulta ao Tribunal Regional Eleitoral do estado de Sergipe, feita por um vereador da cidade de Nossa Senhora do Socorro, põe fim às dúvidas quanto ao número exato da recomposição das Câmaras de Vereadores, aprovada através da emenda EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 58, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009 . O vereador quis saber se estariam os municípios autorizados a fixar, em suas respectivas leis orgânicas, qualquer número de vereadores, desde que inferior ao limite máximo da faixa em que enquadra a respectiva população.
O TRE daquele estado, ao responder a consulta (21/06/2011), exemplificou que um município, que tenha 25 mil habitantes, estando na faixa  compreendida pela alínea "D" do inciso IV do art. 29 da Constituição Federal, cujo número máximo de vereador é igual a 11, jamais poderá ficar o número de vereadores em quantidade igual ou inferior a 9, pois este  é o limite máximo da faixa imediatamente anterior. Tal município poderá ter no mínimo 10 vereadores e no máximo11.

Municipalizando a interpretação feita pelo TRE do estado de Sergipe, chegamos a conclusão de que o número de vereadores em Bezerros para a próxima legislatura pode ser de no mínimo de 14 e não 11 como se noticiou. Bezerros já comporta 15 vereadores, pois tem uma população de cerca de 60 mil habitantes. ( ver tabela no link abaixo)
Sendo "assim, quanto a esta indagação, respondo: os municípios podem fixar, em suas leis orgânicas, número de vereadores inferior ao limite máximo da faixa em que se enquadra a respectiva população, sendo que esse número mínimo está limitado, em cada faixa, pelo limite máximo estabelecido para a faixa imediatamente anterior e devera obedecer o princípio da proporcionalidade dentro da própria faixa apreciada, não podendo o legislador municipal fixar aleatoriamente esse número mínimo".
Veja a consulta ao TRE de Sergipe na íntegra aqui

Para ver o quantitativo de vagas por número de habitantes aqui
(Enviado por Flávio Melo).

POR QUE LEONARDO DIAS?

Quando me passaram a informação de que Luiz Carlos e Eduardo Campos tinham audiência marcada para tratar da sucessão municipal, devendo o governador anunciar sua preferência por Leonardo Dias, minha primeira reação foi a de incredulidade. Mais ou menos como reagiram alguns leitores. Passados dois dias que fizeram questão de "vazar" essa notícia, cabem algumas reflexões. Por que um vereador governista de Garanhuns, que não apoiará o filho de Romário, fez com que a opinião pública tomasse conhecimento dessa jogada política? Por que a reação imediata do ex-prefeito Zé da Luz? Por que o silêncio estratégico do deputado Izaías Régis? Por que o prefeito Luiz Carlos ou algum dos seus assessores não se manifestou?

Tem um ditado antigo que diz: "Onde há fumaça há fogo". Certamente. O vereador, que pediu para não ser identificado - e esse é um direito dele - não ia criar esse fato do nada. O parlamentar deve estar bem informado e só pode ter adiantado essa informação com um objetivo: detonar ou prejudicar a possível candidatura do filho de Romário Dias. O fato de que o Governador do Estado chamou o prefeito de Garanhuns para comunicar que seu candidato à prefeitura de Garanhuns vai ser um "estrangeiro" tem tudo para causar uma reação negativa na cidade. Principalmente divulgada assim, sem preparação do público. Vocês acreditam que o parlamentar estava querendo inflar o balão de Leo Dias? Tudo indica que não.

A reação rápida de Zé da Luz se deu, imagino, porque na verdade ele já sabia de alguma coisa desse projeto político. Só que tudo estava nos bastidores. Ao vir a público, através deste blog, o ex-prefeito de Caetés não perdeu tempo. Lembrou de sua ligação histórica com Arraes, Eduardo Campos e Ana Arraes, usando esse fato para indiretamente cobrar apoio do governador ao seu projeto. O raciocínio do engenheiro José Luiz está implícito: "Estou nesse grupo há 20 anos, já fui prefeito três vezes, tive 20 mil votos em Garanhuns em 2008 e fui majoritário no município em 2010". São dados reais que o governador não podia (ou não pode) ignorar. Por que preterir Zé da Luz em favor de Leonardo, uma rapaz que está apenas começando e teve meros quatro mil votos na Suíça Pernambucana?

Izaías, pelo que ficou claro, será candidato a prefeito com ou sem Leo. Não irá afrontar Eduardo Campos nem Luiz Carlos, mas está disposto a ir às urnas mesmo que esses líderes tenham outro candidato. Izaías Régis, que isso fique claro, é candidato dele mesmo - pela realização do seu sonho - do PTB e do senador Armando Monteiro. Continuará calado, esperando talvez que o "circo pegue fogo".

O prefeito Luiz Carlos não tem porque falar. Não é do seu estilo, não é candidato a nada e tudo indica acompanhará o governador com o nome que ele indicar. Pode ser Pedro Falcão ou Leonardo Dias. O primeiro não parece em condições de decolar. O segundo é novo, tem rosto de galã de novela, é filho de uma velha raposa política (Romário Dias) e pode sim empolgar o eleitorado de Garanhuns, quem sabe caindo nas graças da juventude que decide uma eleição.

Se a conversa entre o governador e o prefeito não implodir, por conta do vazamento da informação, é bem possível que Eduardo Campos faça a sugestão do nome de Leonardo Dias para ser o candidato do PSB em Garanhuns e peça a Luiz Carlos para indicar o vice, que ficaria com o PDT. Dimas Carvalho, Marcelo Marçal, Júlio César, Carlos Eugênio, Eliane Simões... Nomes não faltarão para montar uma chapa competitiva, com sabor de novidade, capaz de empolgar o atualmente desanimado eleitorado deste município.

À oposição, com Aurora Cristina, Sivaldo Albino ou Paulo Camelo, restará a tarefa hercúlea de enfrentar profissionais da política, candidatos governistas com discursos mudancistas e três máquinas - a municipal, a estadual e a federal. Depois do dia 18 de setembro, se a conversa entre o governador e o prefeito não for protelada, a gente vai saber para onde sopram os ventos.

JOSÉ LINS DO REGO - ESCRITORES BRASILEIROS 8º

Em 1932 o próprio José Lins do Rego bancou a edição do seu livro de estréia. “Menino de Engenho” é um romance curto, delicioso, que pode ser lido apaixonadamente por adolescentes e pessoas maduras. A impressão que se tem, ao ter o primeiro contato com o autor paraibano, é que se trata de um escritor de “coisas leves”, de aventuras, com uma prosa que encanta e faz sonhar.

Mesmo sem ter saído por uma grande editora, “Menino de Engenho” foi bem recebido pelos literatos brasileiros e projetou o escritor nos principais centros do país. A partir dessa obra inicial é que foi possível construir um ciclo único na Literatura Regional Brasileira, o da “Cana de Açúcar”, relatando a vida nos engenhos, descrevendo o apogeu e a decadência dessa atividade econômica no Nordeste Brasileiro.

José Lins nasceu em Pilar (PB), em 1901, tendo morrido no Rio de Janeiro, com apenas 56 anos de idade.   Ainda muito novo o futuro escritor perdeu a mãe e foi criado pelos avós, dos quais guardaria profunda lembrança. Anos depois, eles inspirariam personagens dos seus romances.

Estudou em Itabaiana, em João Pessoa, depois Recife. Na capital pernambucana fez amizade com Giberto Freyre e fez o curso de Direito.

Morou uns tempos também em Maceió, tendo contato na capital Alagoana com o mestre Graciliano Ramos e o seu conterrâneo José Américo de Almeida.

Por fim, Zé Lins foi morar no Rio de Janeiro. Na capital da República, escreveu em jornais, prosseguiu sua atividade de romancista e se tornou um torcedor apaixonado do Flamengo. Integrou inclusive a diretoria do popular clube carioca.

Do ciclo da cana de açúcar, destaca-se o já citado “Menino de Engenho” um livro que tem sabor de comida gostosa ou de um bom filme de aventuras; depois vieram Bangüê, Moleque Ricardo, Usina, Pureza, Pedra Bonita e Riacho Doce. “História da Totonha Velha”, publicado em 1936, é seu único livro dedicado ao público infantil.

O tema da fabricação de açúcar e a decadência dos engenhos no Nordeste voltaria a ocupar a prosa de Lins do Rego em 1942 com o romance “Fogo Morto”. Muitos consideram esta sua obra prima. Se em “Menino de Engenho” você tem o encanto da infância, a felicidade de correr livre pelos campos, as brincadeiras com os moleques do eito; Neste livro da década de 40 o leitor se depara com uma prosa densa, pesada até, personagens sofridos, complicados. Embora tenha lido Fogo Morto há muitos anos, lembro que o autor, neste romance, usa e abusa do recurso da repetição, para enfatizar a “loucura” do personagem principal. O coronel Lula de Holanda e o mestre José Amaro são tipos que não se esquecem facilmente e que impressionam quem se aventura nas páginas deste vigoroso drama.

Um livro de José Lins pelo qual tenho maior carinho é “Pureza”, de 1937. É um romance poético, sensual, cuja beleza começa pelo título. No romance um rapaz da cidade grande, adoentado, procura a cura e novas forças num lugarejo esquecido do mundo. Tem uma estação de trem no meio do nada, algumas pessoas sem perspectiva de vida e uma natureza exuberante que brota das letras e impregna o leitor pelos olhos, o corpo, todos os sentidos. O “doente” vai conhecer duas irmãs belíssimas, caboclas rústicas, cheia de viço, que serão amadas e darão amor ao nosso personagem. De uma maneira elegante, bonita, sem em nenhum momento apelar – apenas fazendo boa literatura – o escritor chega a produzir páginas de um erotismo saudável e rico, quem sabe provocando muitos que leram o livro a querer se esconder também num lugarejo como Pureza, melhor ainda se tiver a sorte de encontrar duas mulheres como as descritas na história.

Riacho Doce, transformado em série de televisão e filme é outro livro em que José Lins do Rego faz poesia em prosa e faz o amor explodir de uma maneira que nos provoca, no bom sentido.

Dos escritores regionalistas brasileiros surgidos na década de 30, certamente José Lins, Graciliano e Jorge Amado são os maiores. A partir do universo rural nordestino, esses três grandes escritores produziram uma obra que se tornou universal. Tanto que os três tiveram seus livros traduzidos na maioria dos países da Europa, nos Estados Unidos e em outras regiões do planeta.

Abaixo dois trechos de romances de José Lins do Rego. O primeiro de "Menino de Engenho", o segundo de "Pureza".

Carlinhos amava também as histórias de Totonha, por vezes ela passava pelo engenho e contava grandes histórias com uma esplendorosa interpretação que encantava o menino. Ainda ele ia à senzala onde conversava com os negros. Lá vivia uma negra vinda da Angola que todos tinham como uma vovó, mas tinha também uma vinda de Moçambique que aterrorisava-o. O menino também temia o lobisomem e as histórias relaionadas a ele. E como ali a religião não era algo muito presente, o menino desconhecia Deus e sua palavra, sabia o pouco que a mãe lhe ensinara.
Teve sua segunda paixão quando vieram umas primas do Recife, fez amigo de uma delas, era a mais velha. Ficavam nas sombras dos cajuzeiros e ela lhe contava histórias sobre viagens em navios as quais ele temia e ele contava histórias como a da cheia e de um incêndio que certa vez atingira a fazenda. Um dia lhe deu um beijo, depois correu de volta para a casa grande, no jantar olhavam-se, e foi assim até que a prima foi embora sem a menor tristeza, magoando-o.
...................................................................

Fazia um mês que estava em Pureza. Era um recanto retirado, onde só existia mesmo, além da casa do chefe da estação, o chalé onde eu morava. Um meu colega da estrada de ferro me arranjara aquele retiro. Fora uma casa que um superintendente da estrada construíra para passar o verão. O lugar é uma delícia, um retiro que só mesmo o gosto dum inglês poderia ter descoberto. Um esquisito, como diz o povo desses lugares. A minha casa fica rodeada de grandes eucaliptos, que rumorejam ao vento. Cigarras e pássaros fazem um rumor que acaricia os nervos. Lá embaixo corre um rio por cima de pedras. E o silêncio do ermo é de vinte e quatro horas. Felismina reclama todo dia esse desterro. Ela é a dona de casa. Uma vez a ouvi conversando com um molequinho contratado para o nosso serviço. Falava mal do lugar, da tristeza, do oco-do-mundo que era Pureza. Nunca vira terra mais esquecida de Deus, mais longe de tudo. A povoação mais perto era a de S. Miguel. (...)

PREFEITURA ESTIMULA PRÁTICA ESPORTIVA

Neste domingo, dia 28 de agosto, a Unidade Garanhuns do Serviço Social do Comércio (SESC), com o apoio da Prefeitura de Garanhuns, irá promover a 1ª etapa do Fast Biathlon. O Evento, dividido em três momentos, visa estimular a prática esportiva, contribuindo para a conseqüente melhoria da qualidade de vida dos participantes.

Na primeira fase, os desportistas participam de provas de ciclismo e corrida, direcionada aos competidores de todas as idades e de ambos os sexos. A prova tem início às 8 horas da manhã, no ciclismo, com largada e chegada no Parque Euclides Dourado. No masculino, o trajeto é de 13,5 km. Já no feminino é de 9 Km. Na seqüência, haverá a prova de corrida, com percurso de 5,2Km para os homens e 3,9 Km para as mulheres. A disputa será realizada no entorno do Parque Euclides Dourado.

As inscrições para o 1º Fast Biathlon continuam abertas até a próxima sexta-feira, dia 26 de agosto, sendo realizadas na central de atendimento do SESC Garanhuns, no valor de R$ 15 reais. No sábado, dia 27, na véspera do Evento, os inscritos devem se direcionar ao Ginásio do SESC para receber um Kit, composto de camisa, boné e energético.

Para os vencedores do 1º, 2º e 3º lugares, serão entregues medalhas e troféus. As outras etapas do Biathlon acontecerão nos dias 30 de outubro e 11 de dezembro, quando os participantes enfrentam provas de natação e corrida e natação e ciclismo, respectivamente.

SAI O RESULTADO DO CONCURSO DA AESGA

Já está disponível do site da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) o resultado final do Concurso Público da Instituição, destinado ao provimento de cargos que exigem nível superior, médio e fundamental.

Foram oferecidas ao todo três vagas, distribuídas para os cargos de bibliotecário, auxiliar administrativo e auxiliar de serviços gerais. Além destas, o Certame também formará cadastro de reserva.

O resultado final do Concurso, pontuação e colocação dos candidatos estão disponíveis no endereço www.aesga.edu.br, no link designado ao Concurso Público AESGA 2011. Além das informações disponíveis no site, os resultados também se encontram nos murais da Autarquia.

Serviços: Mais informações através do telefone (87) 3761-1596.