Festival Viva Dominguinhos

Festival Viva Dominguinhos
A valorização da música regional

quinta-feira, 31 de março de 2011

EDUARDO CAMPOS EM GARANHUNS

O governador Eduardo Campos deve passar três dias em Garanhuns, a partir do próximo dia 8, atendendo prefeitos, vereadores e lideranças políticas do Agreste Meridional. O socialista vem com uma equipe de secretários e pretende anotar as principais demandas dos municípios desta área do Estado. O prefeito Luiz Carlos de Oliveira, assim como os demais colegas governantes, já estão se preparando para a visita e traçando planos do que podem apresentar como reivindicação. Além de pedir, alguns dirigentes devem também agradecer. No caso dos líderes políticos garanhuenses não custa nada dar um muito obrigado ao neto de Arraes por ter acabado com o drama da falta de água na cidade. Padre Aldo Mariano e Dudu (São Bento do Una e Capoeiras) já podem também agradecer pelo trabalho realizado na PE-193, que deverá estar toda asfaltada até o final deste ano. Esta é a primeira visita do governador à Suíça Pernambucana após as denúncias envolvendo a administração do Hospital Dom Moura e a condenação de Emília Pessoa como gestora do Fundo de Saúde de Caetés, pelo Tribunal de Contas do Estado.

OS 47 ANOS DO GOLPE MILITAR

Hoje completam-se 47 anos do golpe militar que derrubou João Goulart da presidência da República, obrigando-o a exilar-se no Uruguai, e posteriormente da Argentina, até a data de sua morte. Felizmente, salvo o deputado Jair Bolsonaro, do PP do Rio de Janeiro, ninguém mais hoje no Brasil sente saudade do regime autoritário nem fala em “acerto de contas” com os que rasgaram a Constituição para tomar o poder, ilegitimamente. Sessenta e quatro está incorporado à nossa História, e ponto final.
 
Nada obstante, esse Bolsonaro não se contenta, apenas, em ser porta-voz na Câmara Federal dos saudosistas de 64. Vez por outra ele vai à tribuna da Câmara pregar abertamente o fechamento do Congresso, que considera um poder inútil e caro, e a mesa não faz absolutamente nada. Que vá quantas vezes quiser exaltar os valores nos quais acredita, tudo bem. Mas pregar a volta da ditadura, sendo ele parlamentar, é uma provocação gratuita e motivo para cassá-lo por quebra do decoro parlamentar.
 
Ainda bem que se contam nos dedos os Bolsonaros espalhados hoje pelas casas legislativas do país. A democracia está consolidada no Brasil e em todo continente sul-americano, incluindo os países que conviveram com ditaduras muito mais perversas que a nossa como Uruguai, Chile e Argentina. Hoje o Brasil olha para a frente e o próximo passo que seguramente dará é na direção da “Comissão da Verdade”, custe o que custar, para que todos os fatos que digam respeito ao golpe sejam esclarecidos. (Jornalista Inaldo Sampaio, na Folha de Pernambuco de hoje).

CDL PROMOVE MAIS UM CURSO DE CAPACITAÇÃO

Teve encerramento nesta quarta-feira, dia 30,  mais um curso de capacitação na área de vendas e atendimento, promovido pela CDL Garanhuns em parceria com a “Calvin Winner Capacitação Profissional e Emocional”. O curso intitulado, “Excelência: Vendas e Atendimento na Era do Conceito e da Inovação” apresentou o que há de mais moderno nos conceitos de vendas e atendimento, removendo padrões engessados na forma de se relacionar com o principal motivo da existência de uma empresa que é o cliente. Não existe uma pessoa igual a outra. Então, por que atendê-las da mesma forma? Nesta era mercadológica que vivenciamos  os vendedores não vendem produtos ou serviços, aprendem descobrir as reais necessidades do cliente para superar suas expectativas e torná-lo um aliado e parceiro da empresa. O vendedor moderno não vende baseado em preço, mas em valor. Ele sabe interagir com o cliente para que este entenda o valor percebível do que está adquirido. Estes foram alguns dos diferenciais apresentados no curso.

A CDL Garanhuns estará promovendo várias oportunidades de capacitação, tantos para os empresários como para os seus funcionários, pois o objetivo da sua Diretoria é lapidar o comércio da cidade para em todos os sentidos que se relacionem ao desenvolvimento e crescimento. (Calvino Brasil).

A DOENÇA DE BOLSONARO

Jair Bolsonaro é um lixo. Aqui pode até haver ofensa deliberada, mas não há preconceito. É que o deputado de extrema direita, sempre pontuando sua atuação em Brasília como um intransigente defensor da ditadura, da tortura, da violação dos direitos humanos e de tudo que fere a dignidade humana agora volta aos holofotes por declarações racistas e homofóbicas numa resposta dada a cantora Preta Gil. Ele se acha correto e bem criado, acredita ter educado bem seus filhos e imagina que a artista representa exatamente o oposto: não foi bem encaminhada na vida, não sabe educar e por isso não serve de exemplo para ninguém. Jair Bolsonaro é branco, se dependesse dele os militares voltariam a governar o país com mão de ferro, haveria censura, os bem nascidos seriam privilegiados e as minorias e os negros seriam perseguidos, "colocados no seu devido lugar". São homens como Bolsonaro que tornaram possível 1964 no Brasil, o fascismo na Itália e o nazismo na Alemanha. Representam um perigo à democracia e ao ser humano. Por isso repito: Jair Bolsonaro é um lixo, não serve pra nada a não ser assombrar quem preza pela democracia e pelo respeito. Embora não tenha muitas informações sobre a cantora Preta Gil, prefiro o seu exemplo ao do parlamentar. Ser negra e lésbica não a torna perigosa, até porque a cor da pele e a opção sexual não são transmitidas no ar. Bolsonaro sim, tem uma doença e é contagiosa. Os ignorantes podem contraí-la facilmente.

ENCONTRO DOS POLÍTICOS DE GARANHUNS

O Encontro dos Amigos de Garanhuns, que este ano aconteceu em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, está cada vez  mais se tornando um "Encontro dos Políticos de Garanhuns". Sim, porque lá estavam, no último final de semana, além de uma quase dezenas de pré-candidatos à prefeitura, assessores e simpatizantes desses homens públicos e durante o almoço se falou mais da política atual do que da "Cidade das Flores nos tempos do trem e do Cinema Jardim". Não tenho o nome de todos, mas sei que no Restaurante Sucata estavam Silvino Andrade, Izaías Régis, Zé da Luz, Fernando Ferro, Sivaldo Albino, Silvio Sabino, Adolfo Lopes (foto) e o ex-prefeito Ivo Amaral. Pelas conversas que rolaram na comemoração com um toque pré-eleitoral, são candidatíssimos em 2012: Izaías, Silvino, Zé da Luz, Sivaldo e Adolfo. Outros, como Fernando Ferro, ainda estão estudando a situação. E há possibilidades desde já de surgirem composições. No Encontro dos Amigos de Garanhuns se cogitou na seguinte chapa para enfrentar a disputa do próximo ano: Zé da Luz candidato a prefeito tendo Adolfo Lopes como vice. Não sei por que, mas essa movimentação toda dos nossos políticos, me fez lembrar uma velha canção de prévia de Carnaval: "As águas vão rolar/garrafa cheia eu não quero ver sobrar./Eu passo a mão na saca, saca, saca-rolha/e bebo até me afogar. Deixa as águas rolar...". Podiam ter tocado essa musiquinha lá no restaurante de Piedade. Muita coisa ainda pode acontecer até 2012, é melhor mesmo deixar as águas rolar.

quarta-feira, 30 de março de 2011

A VOLTA DE MÁRCIO QUIRINO

O ex-vice-prefeito de Garanhuns, Márcio Quirino (foto), não está liquidado politicamente como muita gente pensa. Ligadíssimo ao presidente do PSB em Garanhuns, Ivan Rodrigues, ele tem estreitado cada vez mais seus contatos com o socialista e pode ser a opção do partido do governador para disputar a eleição do próximo ano. Essa possibilidade já saiu dos bastidores e hoje foi tema de conversa entre um ex-prefeito do município e um representante do Ministério Público,  durante um sepultamento realizado na cidade. Isso mesmo: a política anda dominando até mesmo os bate papos de cemitério. Resta saber se o Palácio das Princesas caminhar para esse lado o que fará o prefeito Luiz Carlos, que certamente gostaria de eleger alguém do seu grupo e de sua confiança, caso de Dimas Carvalho, Júlio César, Rafael Lima, Marcelo Marçal ou mesmo Izaías Régis. Até 2012 muita coisa pode acontecer e quem não segurar os nervos pode precisar de uns calmantes.

DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO

A ONU decretou 2 de abril como o dia Mundial da Consciência sobre o Autismo. É uma data que serve como referência para que autistas, suas famílias, governos e sociedade em geral discutam o autismo e reafirmem o compromisso de promoção da inclusão e defesa dos seus direitos fundamentais, tais como saúde, educação, lazer, liberdade, respeito pelo lar e pela família.
Esse é o segundo ano da campanha e por isso se trabalha para que cada ano mais pessoas sejam atingidos pela causa, incluindo familiares, estudantes, profissionais e demais interessados. O autismo atinge quase 2 milhões de Brasileiros e mais de 70 milhões em todo mundo.
No Brasil, no próximo sábado, serão desenvolvidas diversas atividades de conscientização em cidades como Recife, Manaus, Fortaleza, Rio Branco, Pouso Alegre, Governador Valadares e Brasília.
Neste blog não é a primeira vez que escrevemos sobre Autismo, uma doença rara que deixa as pessoas como que desligadas da realidade. Inclusive na série Filmes Inesquecíveis, fizemos uma resenha sobre Rain Main, ótimo filme com Dustin Hoffman e Tom Cruise que trata com muita competência do assunto.
A cantora garanhuense Andrea Amorim, que tem uma irmã autista, também é engajada nas campanhas de esclarecimento sobre a doença.

Maiores informações no Blog Inclui PE, voltado para defender as pessoas com algum tipo de deficiência.

KITTY ESCAPA DE GRAVE ACIDENTE

A colunista social Kitty Lopes, umas das fieis calaboradoras do Correio Sete Colinas, há mais de 20 anos de prestando serviços ao jornalismo e Garanhuns, escapou de um grave acidente, no último final de semana, quando vinha do Recife pela BR-232. Pelo estado em que ficou o carro da profissional (foto acima), dá para ver que foi um verdadeiro milagre não ter acontecido o pior com os ocupantes do veículo. O acidente aconteceu por conta das más condições da BR. "Vai ser preciso morrer o filho de alguma autoridade para fazerem a manutenção correta dessa rodovia", desabafou Kitty. Ela está ainda cheia de dores e usando um colete, mas agradece a Deus por esta com vida e entre os seus familiares.

*Um leitor, se achando muito sabido, veio cheio de gracinhas por conta da manchete acima. Ele acha que está errado porque a colunista "não escapou do acidente". Acontece que no Português existe uma Figura de Linguagem (que se aprende no Ensino Fundamental) denominada ELIPSE. É a supressão de uma palavra facilmente subetendida no texto. No caso acima, evitei usar o termo morte, porque ficaria de mau gosto, mas qualquer pessoa medianamente inteligente deve ter entendido que a jornalista "escapou da morte, no grave acidente ocorrido". Preferi usar esse recurso da sintaxe para não chocar, principalmente a amiga, já bastante abalada com o susto do último domingo.

JÚLIO CÉSAR NEGA APOIO DO PREFEITO

O Secretário de Saúde e Assistência Social do Município, Júlio César Sampaio, negou a informação que o prefeito Luiz Carlos de Oliveira (na foto cumprimentando um popular) tivesse sinalizado apoio a uma possível candidatura sua à prefeitura de Garanhuns. Ele confirmou que realmente a conversa se espalhou em alguns pontos da cidade, atribuindo a versão a pessoas simpatizantes do seu nome. "Nós fazemos um trabalho discreto e sério, sem pretensões políticas, e por isso terminamos conquistando amigos que acalentam projetos que nem passaram por nossa cabeça", disse o secretário ao blog.
Júlio César acredita que o candidato a ser indicado pelo prefeito Luiz Carlos deve passar pelo crivo de todo o grupo político governista, após uma ampla discussão e da conquista da unidade para se vencer a eleição. "Temos o deputado Izaías Régis, que é um candidato natural, vereadores da base governista que também são fortes eleitoralmente e outras opções para disputar a eleição do próximo ano com amplas chances de vitória", frisou o Secretário de Saúde e Assistência Social.

CAETÉS RESPIRA POLÍTICA

Ex-distrito de Garanhuns e um dos municípios que mais cresceu no Agreste Meridional, na última década, Caetés hoje é uma cidade em que se respira política em todas as ruas, casas, sítios e povoados. Quando o blog noticia algum fato envolvendo a terra do ex-presidente Lula, os moradores ficam assanhados e disparam comentários num ritmo impressionante. Os bicudos, apelido dos simpatizantes da oposição, escrevem para criticar o ex-prefeito Zé da Luz e chegam a saborear seus desacertos eleitorais. Já os simpatizantes do engenheiro, aposentado pela Celpe, traçam os maiores elogios e o consideram o melhor governante do município em todos os tempos, o verdadeiro responsável pelo "crescimento da cidade". Uma pessoa que usa o pseudônimo de Einstein é o seu maior defensor e demonstra tal amor ao político que muitos acham que  Sampainho (filho de Zé da Luz) está por trás do pseudônimo. Pessoalmente não acredito nisso. Do jeito que Caetés está hoje, em efervescência, vai ser muito interessante a disputa política em 2012, quando saberemos se a oposição está só fazendo zoada ou terá forças para acabar com uma hegemonia política de mais de 20 anos.

GARANHUNS JÁ ESTÁ EXPORTANDO ATLETAS

Garanhuns vem brilhando no atletismo, nos últimos tempos e para completar a boa fase um maratonista do município foi contratado pelo Cruzeiro de Belo Horizonte. José Márcio Leão passará a integrar a equipe de atletismo do clube mineiro de trantas tradições no esporte nacional.

Márcio é natural de Brejão, mas reside em Garanhuns desde os 14 anos, quando passou a compor a equipe de Atletismo local. Com 20 anos de idade, o atleta é bicampeão da Meia Maratona de Natal-RN; campeão da corrida Volta de Aracajú; Corrida dos Carteiros – fase Paraíba, entre outras conquistas que completam seu currículo.

Mesmo no Cruzeiro, Márcio Leão continuará a representar Garanhuns em competições nacionais e internacionais. “Gostaríamos que outros atletas também fossem contratados por clubes profissionais.  Isso representa uma maior estrutura para que possam melhor se preparar e conquistar novos títulos, elevando assim o nome de Garanhuns no cenário esportivo nacional”, opinou sobre o assunto o Secretário de Comunicação e Esportes do município, Carlos Eugênio.

terça-feira, 29 de março de 2011

ZÉ DA LUZ NÃO VAI ASSUMIR

Tive o cuidado de no post de ontem de deixar em aberto a possibilidade de Zé da Luz assumir o mandato. Se o leitor ler atentamente observará que a notícia está no condicional. Hoje o Diario de Pernambuco corrige a informação inicial, que se espalhou por todo o Agreste, explicando que tudo foi um erro nas contas. Assim, segundo o DP, o ex-prefeito de Caetés não vai mais assumir o mandato de deputado estadual. Com esse vai e vem, o político em vez de ficar mais forte se fragiliza. Confira a matéria publicada pelo Diario:
A semana começou com um susto para o deputado estadual Francismar Pontes (foto). Ontem o parlamentar foi informado de que, com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de aplicar a Lei do Ficha Limpa apenas em 2012, ele perderia a cadeira que ocupa na Assembleia Legislativa para José Luiz de Lima Sampaio (PHS), o Zé da Luz. ´Levei um susto sem tamanho, ainda mais na insegurança jurídica que estamos vivendo agora. Graças a Deus não passou disso e eu permaneço na Casa`, comemorou aliviado Francismar, já no final do dia.

O imbróglio foi consequência de um erro de cálculo do economista e especialista em sistema eleitoral Maurício Romão. Os candidatos considerados fichas sujas, que disputaram o último pleito com base em recursos, tiveram seus votos computados à parte. Com a decisão do Supremo as candidaturas que haviam sido impugnadas tiveram que ser, então, reconsideradas, o que leva a alterações nos coeficientes eleitorais. 

O que ocorreu no caso de Zé da Luz foi que, ao refazer as contas do coeficiente eleitoral, o economista tropeçou nos números e computou duas vezes os votos do humanista. Ao perceber a falha, Romão entrou em contato com Francismar Pontes para pedir desculpas. ´Ele me ligou hoje e explicou o que tinha acontecido`, comentou o parlamentar.

MORTE DE ALENCAR ANUNCIADA 2 VEZES

No início da tarde, saiu a notícia no site do Estado de Minas


Morreu aos 79 anos, nesta terça-feira, o ex-vice-presidente José Alencar (foto). Internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde a última segunda-feira (28), quando apresentou quadro de oclusão intestinal – entupimento do intestino, Alencar não resistiu e faleceu às 13 horas.
A notícia chegou a ser passada no twitter, pelo jornalista Ricardo Noblat. Só que o médico que cuida do ex-presidente, Dr. Raul Cuitat, disse que o político e empresário estava se preparando para dormir e descansar, ao lado da família.
Os principais sites e portais da internet informavam que o Estado do ex-vice de Lula era muito grave.
Não demorou muito veio a notícia novamente, dessa vez sem desmentidos.
APÓS 13 ANOS DE LUTA CONTRA O 
CÂNCER MORRE JOSÉ ALENCAR
Depois de lutar por mais de 13 anos contra um câncer na região abdominal, o ex-vice-presidente da República José Alencar morreu na tarde desta terça-feira (29), aos 79 anos, em São Paulo. Alencar morreu às 14h41 em decorrência do câncer e de falência múltipla dos órgãos.
Nesse período ele foi submetido a 17 cirurgias, perdeu um rim, dois terços do estômago e partes dos intestinos delgado e grosso. Alencar era casado com Mariza Campos Gomes da Silva, pai de três filhos --Josué Christiano, Maria da Graça e Patrícia -- e avô de cinco netos (em 2001 ele passou a responder a um processo de reconhecimento de paternidade ajuizado por Rosemary de Moraes).
O quadro clínico do empresário que ajudou a eleger Lula em 2002 e em 2006 piorou três dias antes do último Natal, quando foi internado com urgência após uma nova hemorragia abdominal provocada pelo tumor no intestino. Os médicos contiveram o sangramento, mas não puderam retirar os tecidos comprometidos pela doença, impedindo o político mineiro de se despedir do cargo em Brasília e de participar da posse da presidente Dilma Rousseff.
De dezembro até os primeiros meses de 2011, o ex-vice voltou a ser internado diversas vezes, sempre em situação muito grave (veja histórico abaixo). Cirurgias foram descartadas nas últimas internações devido ao estado delicado de sua saúde.
Em novembro de 2009, Alencar garantiu que se a saúde permitisse seria candidato ao Senado. No início do ano passado, cogitou tentar o governo de Minas Gerais. Porém, em abril, afirmou que não disputaria cargos por estar em tratamento de quimioterapia contra o câncer.
"Decidi não me candidatar a nada. Vou cumprir o meu mandato até o último dia, se Deus quiser, e descer a rampa da mesma forma que subi. Subi a rampa com ele [Lula], vou descer com ele. Ele também não se afastou, vamos juntos", disse na ocasião. Proibido pelos médicos, ficou no hospital enquanto Dilma e seu sucessor, Michel Temer, recebiam o cargo no Palácio do Planalto. (Fonte: Portal UOL).

ROGÉRIO CENI E OS JUÍZES

Do Blog do jornalista Ricardo Kotscho: “Dá para falar algo sobre esta greve escandalosa, Kotscho?”, pergunta o leitor Fabio de Oliveira Ribeiro em mensagem ao Balaio enviada às 10h20 desta terça-feira. Falar o quê, caro leitor, diante da ameaça das excelências de parar o Judiciário, se não lhes pagarem um salário de R$30,6 mil, num país onde o salário mínimo acabou de ser reajustado para R$ 545,00?
Na verdade, desde ontem eu estava querendo escrever sobre os 100 gols de Rogério Ceni, um sujeito que, na contra-mão do oba-oba e do vale tudo no Brasil do BBB e da marquetagem, prova aos mais jovens que ainda vale a pena ser honesto, trabalhar muito para alcançar seus objetivos e vestir de verdade a camisa de quem lhe paga o salário.
São dois exemplos ofercidos em extremos opostos da grande geléia nacional _ o da inacreditável greve dos juízes e o da dedicação fora do comum do goleiro são-paulino ao seu oficio.
E o que tem uma coisa a ver com outra?, poderão perguntar os leitores que já perderam as esperanças de viver num país mais justo e mais decente sem ter que sair do Brasil.
Pois tem tudo a ver. Sou dos que ainda acreditam na educação pelo exemplo daquilo que se pode e daquilo que não se deve fazer na vida. Goleiro não precisa ser artilheiro, pode tomar seus frangos, mas juíz tem a obrigação de dar o exemplo pela posição que ocupa e pela instituição que representa.
Seria mais lógico esperar que o bom exemplo viesse dos nobres membros do Judiciário, um dos três pilares da República, que não estão satisfeitos com o salário de apenas R$ 26 mil, querem um reajuste de 14,79% e simplesmente deram um ultimato ao Até o dia 27 de abril, ou sai o aumento ou eles cruzam os braços.
Como vivemos no Brasil, o bom exemplo vem do futebol, de um atleta que certamente ganha várias vezes mais do que os juízes que ameaçam entrar em greve. Claro que não dá para comparar o salário mínimo de um operário, com os proventos de um juiz e a fortuna paga a um jogador de futebol consagrado.
Não me refiro neste caso a valores financeiros, mas a valores morais. Rogério Ceni é sempre o primeiro a entrar em campo para os treinamentos do São Paulo e o último a sair, não faz média com a mídia, não joga a torcida contra a diretoria, assume suas falhas, que não foram poucas, estimula os mais jovens, nunca ameaçou deixar de jogar para receber aumento salarial.
Por isso mesmo, foi poucas vezes chamado para a seleção brasileira e não é considerado um campeão de simpatia pelos colegas de imprensa. Tem opiniões próprias, costuma brigar por elas, o que o leva faz muitos anos a ser respeitado e idolatrado pelos torcedores.
De acordo com o relato de Mariângela Gallucci, do Estadão, não é a primeira vez que a associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) recorre ao Supremo Tribunal Federal para conseguir um aumento. O mesmo aconteceu em 2000, quando o STF concedeu auxílio-moradia aos juízes, o que, na prática, representou aumento de salário e evitou a greve.
Agora, a Ajufe defende que o próprio Supremo conceda o aumento “diante da omissão do Congresso”. A briga promete ser boa e longa. O projeto de reajuste salarial do Judiciário ainda nem está na pauta do Congresso.
Chova ou faça sol, Rogério Ceni mais uma vez estará em campo nos próximos dias com a camisa tricolor _ contra o Santa Cruz, amanhã, no Recife, e o Mirassol, domingo, em Barueri.
Viva o cidadão Rogério Ceni! Que os jovens servidores do Judiciário se mirem neste exemplo.

JÚLIO CÉSAR NA SUCESSÃO DE GARANHUNS

O prefeito Luiz Carlos de Oliveira deixou o Secretário de Saúde e Ação Social do município, Júlio César (foto), à vontade para se movimentar e tentar viabilizar sua candidatura à Prefeitura de Garanhuns. Embora Júlio seja extremamente discreto e nunca tenha adquirido muita visibilidade política, é uma pessoa de extrema confiança do atual governante do município. É mais um a entrar na fila de pré-candidatos, como Izaías Régis, Zé da Luz, Dimas Carvalho, Ivan Rodrigues, Adolfo Lopes, Sivaldo Albino, João Guido, Leonardo Dias, Fernando Ferro, Silvino Andrade e outros menos votados. Vamos ver no que dá esse negócio.

LUTA PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO

Sobral tem cerca de 180 mil habitantes e fez uma revolução na educação

Leonardo Roque Pereira e Michael Gerard, ambos do SESI, estão hoje em Garanhuns conversando com os prefeitos do Agreste Meridional. O objetivo deles é fortalecer o ALDE (Arranjo Local do Desenvolvimento da Educação), um programa que objetiva melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica na Região. O trabalho que está sendo feito toma como modelo a cidade de Sobral, no Ceará, que atualmente tem um dos melhores IDEBs do Brasil, desbancando inclusive muitos municípios do Sul e Sudeste. Os dois representantes do SESI convidaram 23 prefeitos do Agreste a visitar Sobral, no mês de maio, acompanhados dos secretários de Educação. Observando in locu o que foi feito lá, quem sabe os governantes locais tomam gosto e melhoram os índices de nossa região. Segundo Michael e Leonardo, hoje quem tem os melhores Índices de Desenvolvimento de Educação Básica no Agreste Meridional são as cidades de Lajedo e Jucati.

PERNAMBUCANO NA FINAL DO BBB

Pernambucano de Arcoverde, bacharel em Direito, Daniel Rolin (foto) tem chances hoje de ser o primeiro do Estado a ganhar o cobiçado prêmio de R$ 1,5 milhão oferecido pelo Big Brother. O programa, na sua 11ª edição, não deixa muita coisa para a população. Baixaria e alienação são os principais elementos do BBB, enquanto coisas mais importantes são varridas pra debaixo do tapete. Muitos brasileiros, como se tivessem passado por uma lavagem cerebral, fazem ligações e gastam dinheiro para fazer um milionário. Pode ser o Daniel ou outro (a) concorrente. O certo mesmo é a vitória de TV Globo, que embolsará perto de 500 milhões de reais com esse programinha.

DONA LINDU HUMANIZA BOA VIAGEM

Foram anos de polêmica, avanços, recuos e brigas políticas. Enfim, o Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, Recife, ficou pronto. Embora dê para perceber pela foto que é "uma pequena área verde cercado de edifícios por três lados", não há dúvida que ficou lindo. Idealizado pelo ex-prefeito João Paulo e projetado pelo arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, o espaço enfrentou a oposição de políticos contrários à administração municipal e dos próprios moradores do bairro. Alguns implicaram até com o nome, uma homenagem a mãe do ex-presidente Lula.No final das contas a capital pernambucana saiu ganhando. Boa Viagem tem uma das praias mais bonitas do Brasil e agora um parque para humanizar um pouco a paisagem dos espigões.

GARANHUNS REVISA O PLANO DIRETOR

A Prefeitura de Garanhuns, por meio do Conselho Municipal de Política Urbana (COMPUR), realiza na próxima sexta-feira, dia 1º de abril, Audiência Pública para revisão do Plano Diretor Participativo do Município. O Evento acontece no auditório do Centro Administrativo Municipal, a partir das 9 horas.

A Audiência é aberta ao público. Na oportunidade, a população poderá sugerir novos parâmetros construtivos, urbanísticos e ambientais. A exemplo de um novo zoneamento e setorização para construções de grande porte; abertura de novos loteamentos residenciais e indústrias; zonas de preservação, recuperação e conservação de áreas ambientais, bem como de áreas históricas. As propostas apresentadas durante a Audiência serão analisadas por membros do Conselho, e poderão integrar o novo Plano Diretor.

O Plano Diretor estabelece diretrizes para a ocupação adequada no Município, determinando o que pode e o que não pode ser feito em cada parte da cidade. Trata-se de um instrumento básico da política de desenvolvimento do Município e tem por finalidade, fornecer orientação ao Poder Público e a iniciativa privada na construção dos espaços urbanos. O objetivo é o planejamento municipal, previsto na Constituição Federal e no Estatuto da Cidade. O Plano Diretor Participativo de Garanhuns foi elaborado em 2008, e segundo a sua regulamentação pode ser revisado a cada dois anos.

segunda-feira, 28 de março de 2011

ZÉ DA LUZ PODE FICAR MAIS FORTE EM 2012

A possibilidade do ex-prefeito de Caetés, Zé da Luz (foto), assumir o mandato de deputado estadual, fortalece uma possível candidatura do representante do PHS à prefeitura de Garanhuns. Sem mandato, o aliado do governador Eduardo Campos poderia perder espaço tanto aqui no município quanto na cidade em que começou sua carreira política. Como parlamentar, ele poderá lutar para viabilizar obras e ações voltadas para a Suíça Pernambucana, aumentando mais ainda seu cacife na terra das Sete Colinas. José Luiz Sampaio obteve perto de 20 mil votos em Garanhuns em 2008 e o ano passado foi majoritário como candidato a deputado estadual, ficando mais de dois mil votos à frente de Izaías Régis, antes seu aliado e hoje o principal adversário em termos locais. A situação também muda radicalmente em Caetés. Se já era difícil para a oposição vencer o pleito do próximo ano com Zé da Luz desgastado pelos últimos tropeços, imagine agora se o homem entrar de paletó e gravata na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

FESTIVAL PODE SER FEITO POR EMPETUR

O Festival de Inverno de Garanhuns pode passsar a ser realizado pela EMPETUR, em vez da FUNDARPE, como sempre aconteceu desde a 1ª edição do evento. A informação foi passada ao prefeito Luiz Carlos de Oliveira e a Secretária de Turismo do Município, Gabriela Valença, pelo Secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa (foto). “O assunto está em discussão e será decidido pela Secretaria da Casa Civil”, disse Feitosa, que é também deputado estadual pelo PR.

Na audiência com o secretário estadual, Luiz Carlos de Oliveira e Gabriela Valença trataram do Festival de Inverno 2011 e do Jazz Festival 2012.

Satisfeito com a repercussão e o sucesso da 4ª Edição do Garanhuns Jazz Festival, Alberto Feitosa já confirmou o evento como festividade oficial do calendário turístico do Estado para o ano de 2012.

De acordo com Gabriela Valença, durante o encontro, o secretário se comprometeu com uma divulgação maior de Garanhuns nas principais Capitais Nordestinas, bem como em feiras Nacionais e Internacionais do setor.

A FUNDARPE perdeu poder no segundo mandato de Eduardo Campos, por conta das denúncias contra o órgão, formuladas na gestão de Luciana Azevedo.

CAMPANHA CONTRA TAXA NOS TELEFONES

Está havendo uma campanha, com utilização também da internet, para acabar com o pagamento das taxas de assinatura dos telefones comercial e residencial, que custam respectivamente R$ 58, 08 e R$ 40,37. Há um projeto de lei na Câmara Federal propondo a extinção dessas taxas, consideradas abusivas. A proposta será votada por esses dias e até lá a população poderá fazer a sua parte. Basta ligar o 0800-619619, de segunda a sexta, das 8 às 20h, digitar o número 1 e você estará dando o seu apoio ao projeto contra a assinatura do telefone fixo. Divulgue essa informação junto a cada amigo, pois a grande mídia não irá fazer nada para beneficiar o consumidor, já que ela está ao lado das operadoras.

INCLUSÃO DIGITAL EM CAPOEIRAS

Já recebi comentários aqui classificando o Governo do prefeito Dudu de "faz de conta". Também acusaram de ser uma gestão de Obras Virtuais. Discordo, mesmo com algumas ações de destaque da administração literalmente no campo virtual. Explico: Capoeiras está formando 120 jovens na 1º Turma de Inclusão Digital da Cidade. Não tenho ainda todas as informações, mas sei que está à frente desse programa um jovem chamado Leônidas que trabalha com entusiasmo ensinando mocinhas e rapazes e utilizar o computador, usar bem a internet, dentre outras coisas. O município tem dois telecentros na área urbana e está instalando mais dois nos povoados. Logo praticamente todos (ou pelo menos a maioria dos jovens alfabetizados) estarão ligados na net, lendo os blogs da região, os sites, participando das redes sociais, enfim participando desse amplo "mundo virtual". Se fosse só isso os críticos poderiam ter razão. Contudo o trabalho de recuperação de estradas, as 160 barragens já construídas, as duas casas de apoio instaladas, os seis veículos novos adquiridos para a Saúde, os cinco ônibus zero quilômetro da Educação (os outros três estão chegando), o aparelho de ultra-sonografia e o Centro de Fisioterapia inaugurado na última sexta-feira (no Agreste só Garanhuns tem um equivalente, segundo Dr. Dimas Carvalho) são muito reais e trazem grandes benefícios para a população.
*Fotos: Na primeira uma turma inteira na aula de inclusão digital. Na segunda o jovem Leônidas e uma de suas alunas.

O NOVO MILIONÁRIO

“Na quarta-feira, 30 de março, existirão 169 ex-integrantes do “Big Brother Brasil”. Um número que chama atenção ao ser posto, lado a lado, ao de profissionais com carteira assinada em algumas atividades regulamentadas pelo Ministério do Trabalho: hoje, no Brasil, existem 18 geoquímicos, 34 oceanógrafos, 77 médicos homeopatas e 147 arqueólogos, entre outros ofícios. No entanto, na mesma quarta, alguém estará R$ 1,5 milhão mais rico (ou menos pobre, dependendo do ponto de vista), e não será um desses trabalhadores.”
Pois é. Mas o que o “brother” vai ganhar é nada, perto do que a Globo fatura.Ano passado foram R$ 300 milhões; em 2011, estima-se, R$ 400 milhões. E fatura porque as grandes empresas pagam para patrocinar.
Não tenho notícia de uma grande empresa patrocinando uma Universidade. Não tenho notícia de uma multinacional investindo na formação de oceanógrafos, ou de arqueólogos, ou de homeopatas, ou geoquímicos.
Nem vejo os nossos gloriosos colunistas dizendo que as empresas devem ter uma função social, como prevê, desde 1946, a nossa Constituição.
Nada contra as moças e rapazes que estão ali tentando um lugar ao sol que, em nosso país, durante décadas,  nos acostumamos a não merecer pelo estudo, pelo trabalho, pela austeridade. “Faz parte”, como dizia o bordão de um ex-”brother”.
Mas tudo contra o império do interesse comercial moldando, a seu bel-prazer, um comportamento social marcado pela competição a qualquer preço, pelo exibicionismo, pelo vazio, para embolsar milhões. (Enviado por Charles Alan)

domingo, 27 de março de 2011

GRANDES NOMES DA MPB - 58º

-
LENINE

Osvaldo Lenine Macedo Pimentel. Este o nome completo do artista pernambucano que se tornou um dos grandes nomes da Música Popular Brasileiras nas duas últimas décadas. Seja como cantor, compositor ou músico, o autor de “Paciência” (gravada também por Simone) se tornou um nome tão respeitado na cena musical do país, quanto Milton Nascimento, Djavan, Gilberto Gil ou Caetano Veloso.

Para se consagrar como artista, no entanto, Lenine teve de percorrer um longo caminho. Filho de pai comunista e mãe católica, o cantor de nome revolucionário começou participando dos grupos roqueiros da capital pernambucana, na década de 70 (com passagem inclusive pela lendário grupo Ave Sangria e se apresentando algumas vezes com Robertinho do Recife), sem no entanto despontar como grande estrela da música popular.

Foi morar no Rio de Janeiro, continuou na batalha, participou de festivais na Globo, no início dos anos 80, mesmo assim não “aconteceu”. Seu primeiro disco, “Baque Solto”, em parceria com Lula Queiroga, também não conseguiu uma boa resposta do público.

Lenine deu uma sumida na segunda metade da década de 80 e só retomou a cena em 1993, quando lançou o disco “Olho de Peixe”, em parceria com Marcos Suzano. Algumas músicas desse álbum foram gravadas por Elba Ramalho, Fernando Abreu, Sérgio Mendes e Margareth Menezes, projetando enfim o artista pernambucano.

Em 1997 o cantor lançou o seu primeiro disco solo sem dividir o trabalho com ninguém. No CD “O Dia em que faremos contato” ele mistura música eletrônica, samba e os ritmos nordestinos. “Hoje eu quero sair só”, deste álbum, seria seu primeiro grande sucesso. Dois anos depois, ao lançar “Na Pressão”, Lenine emplacaria uma das suas mais criativas composições, a já citada “Paciência”, que além de tudo tem uma bela melodia.

"Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida é tão rara..."

O cantor de nome homônimo do heroi da revolução russa hoje é reconhecido no Brasil e no exterior, sendo muito requisitado para compor trilhas sonoras de filmes e novelas. Há pouco tempo, “Aquilo que dá no Coração”, da abertura de Passione, da TV Globo, era uma das canções mais executadas do país. Uma letra e uma interpretação marcantes do talentoso Lenine.

Como o maranhense Zeca Baleiro, o músico pernambucano já veio a “estourar” depois dos 30 anos. O Brasil passou alguns anos sem saber que tinha um grande artista. Compositor, cantor, arranjador, Lenine hoje é reconhecidamente um dos grandes da boa Música Popular Brasileira.

Garanhuns já teve oportunidade mais de uma vez de abrigar Lenine no palco principal do Festival de Inverno. Aqui, tanto quanto em qualquer lugar do Brasil ou do exterior, ele mostrou todo o seu valor. É um dos mais autênticos representantes do velho “Leão do Norte”, como também é conhecido Pernambuco aqui e em outras regiões do País.

LENINE – Ao clicar no nome do cantor, todo maiúsculo, você acessa um vídeo de Lenine com a interpretação de Paciência, uma das suas melhores canções.

*A série Grandes Nomes da MPB busca valorizar a música nacional, traçando o perfil de cantores e cantoras que foram ou são representantes significativos do que se fez e se faz de melhor em diversas regiões do País. Artistas já divulgados:

- Nelson Gonçalves
- Simone
- Ednardo
- Fagner
- Belchior
- Nara Leão
- Maria Rita
- Joana
- Milton Nascimento
- Gilberto Gil
- Vicente Celestino
- Zeca Baleiro
- Chico César
- Marina Lima
- Maysa
- Elis Regina
- Maria Betânia
- Gal Costa
- Vander Lee
- Alcione
-Martinho da Vila
- Adriana Calcanhoto
- Marisa Monte
- Paulinho da Viola
- Dolores Duran
- Eliseth Cardoso
-Luiz Gonzaga
-Dominguinhos
- Alceu Valença
- Adoniram Barbosa
- Gonzaguinha
- Jessé
- Ney Matogrosso
-Marinês
- Osvaldo Montenegro
- Dorival Caymmi
- Zélia Ducan
- Rita Lee
- Tim Maia
- Wanderleia
- Ana Carolina
- Ângela Maria
- Zizi Possi
- Cássia Eller
- Raul Seixas
- Chico Buarque
- Dalva de Oliveira
- Djavan
- Renata Arruda
- Elba Ramalho
- Vanessa da Mata
-  Renato Teixeira
- Fafá de Belém
- Ataulfo Alves
- Nana Caymmi
- Jorge Vercillo
-Lenine (Qualquer um você pode acessar pelo nome. Além do texto há sempre um vídeo do yotube com uma música expressiva da carreira do cantor ou cantora).





SPORT VOLTA AO G-4

O Sport enfrentou a chuva e a torcida adversária, venceu o Central por 3 x 2 e voltou ao G-4, que reúne os quatro melhores times do Campeonato Pernambucano até o momento. O heroi do jogo foi o goleiro Magrão, que defendeu um penâlti evitando o empate da Patativa. O Santa Cruz não tomou conhecimento do Porto, no Arruda, e derrotou os caruaruenses por 2 x0. Os tricolores continuam liderando a competição. O Náutico, com o melhor ataque do certame, passou pelo Ipiranga de Santa Cruz do Capibaribe por 3 x 0. O Timbu tem os mesmo 41 pontos da equipe coral, só que fica atrás porque o rival tem uma vitória a mais. Outros resultados do campeonato: América 3 x 1 Vitória; Salgueiro 2 x 2 Araripina; Cabense 1 x 0 Petrolina.

GARANHUNS INVADE CAPOEIRAS

Conforme previsão feita pelo Blog, Capoeiras pegou um público recorde, neste sábado, dia 26, quando das apresentações de Djair e Banda, Labaredas e Calypso. O grupo paraense subiu ao palco pouco depois da meia noite e uma multidão tomou conta de quase toda extensão da Praça João Borrego. Nas proximidades do palco, era muito difícil chegar para quem queria ver de perto Joelma, Chimbinha e demais músicos. Curioso foi quando Wando Pontes deu um alô para a galera das principais cidades do Agreste: manifestações dos capoeirenses, moradores de Caetés, Venturosa, São Bento do Una e Caruaru. Mais da metade dos que levantaram os braços, porém, deram sinal de que eram de Garanhuns. A festa só terminou às quatro da manhã e felizmente nenhum incidente sério foi registrado. Na sexta-feira, sem ligação com as festividades em homenagem a São José, um homem tentou matar o sobrinho atirando contra ele numa rua bem próxima ao centro. No sábado, contudo, apesar da enorme quantidade de pessoas, tudo foi tranquilo. Hoje se apresentam Renato Barros e Forrozão Arreio de Ouro. (Foto do Blog Capoeiras).

RESERVA MORAL

Na minha juventude, morando em Garanhuns, eu ouvia sempre falar de políticos como Ivo Amaral (foto), Anísio Godoy (Saloá), Zezinho Borrego (Capoeiras) e Rafael Brasil (Caetés). Eram referências como pessoas sérias e que sempre colocavam o município em primeiro lugar. Prefeito, na concepção desses homens, tinha a obrigação de fazer as coisas e o dinheiro público recebia todo o cuidado possível. Claro, sobre cada um deles sempre a oposição levantou alguma suspeita. Mas não há dúvida de que em relação a geração atual de governantes esses quatro aí eram uma verdadeira reserva moral. Basta ver o patrimônio de Ivo e Zezinho, os dois que ainda estão vivos, para comprovar que não estou exagerando.

OPÇÕES EM CAETÉS

Em Caetés a oposição tem várias opções para tentar deter a hegemonia de 20 anos do grupo de Zé da Luz: Lindolfo, Armando, Severino Gordo, o ex-vereador Neguinho, que está voltando depois de uns tempos fora, e advogada Gisele Correia Branco (foto), filha de uma das pessoas mais populares desse Agreste, conhecido carinhosamente como Popô. Do lado do Governo, Aércio Noronha pode disputar a reeleição ou Sampainho pode tentar voltar à prefeitura, caso não exista algum impedimento legal.

sábado, 26 de março de 2011

CAPOEIRAS ESPERA HOJE PÚBLICO RECORDE

O município de Capoeiras, a 26 km de Garanhuns, espera um público recorde para os shows de hoje à noite, dentro da programação da Festa de São José. Não tem grandes atrativos em nenhuma outra cidade da região e na terra em que nasce o Rio Una vão se apresentar: Labaredas, Dial Alves, Djair e Bandas e Calypso. A maior preocupação do prefeito Dudu é com a segurança e ele faz um apelo para que todos compareçam a festa para se divertir. "Dancem e cantem com o espírito da paz". A segurança do evento será reforçada. Entre homens da Polícia Militar, Polícia Civil e seguranças particulares contratados pela Prefeitura cerca de 160 homens vão estar atentos contra eventuais malfeitores. No domingo é o encerramento da festa, iniciada dia 17, com as apresentações de Renato Barros e Forrozão Arreio de Ouro.

PRAIAS DE NUDISMO

Na praia de Tambaba homens e mulheres ficam à vontade

Existem menos de 10 praias de nudismo no Brasil. Segundo uma relação publicada no Portal UOL, elas são apenas oito: Galheta, Pinho e Pedras (SC), Tambaba (PB), Massarandupió (BA) Barra Seco (ES), Olho de Boi e Abricó (RJ). A mais próxima de nós é Tambaba, localizada no município de Conde, a 40 km de João Pessoa. Fica a pouco mais de uma hora de carro, para quem vai do Recife. De Garanhuns e outras cidades do Agreste é melhor ir por Campina Grande. As praias de nudismo são reconhecidas por decreto municipal e todas seguem algumas regras básicas para evitar a promiscuidade e outras distorções. O objetivo é por o homem em contato com a natureza e não fazer despertar nele o lado mais animal ou sujo.

BANDA DO DIOCESANO ORGULHA GARANHUNS


A CONQUISTA DO BI-CAMPEONATO

A Banda Marcial do Colégio Diocesano de Garanhuns conquistou o bi-campeonato, no 3º Concurso Interestadual de Bandas e Fanfarras, realizado na cidade de União dos Palmares-AL, no último dia 20 de março. O evento, idealizado pelo professor e radialista Nicanor Filho e que tem total apoio da Prefeitura daquela cidade, recebeu um público bastante expressivo, que pôde assistir grandes apresentações das bandas concorrentes.
A comissão julgadora, formada por músicos, bailarinas, coreógrafos e coordenadores pedagógicos, apresentou o seguinte resultado, nessa terceira edição do concurso:
1ª Colocada – Banda do Colégio Diocesano de Garanhuns (troféu, computador e impressora). Além de melhor banda em sua categoria, um dos seus componentes, Josivaldo Silva, conquistou o 1º lugar na sua atuação como Mor, item avaliado a partir dessa 3ª edição do evento.
2ª Colocada – Banda da cidade de Boca da Mata - AL (troféu e computador).
3ª Colocada – Banda da cidade de Chã Preta - AL (troféu e televisor).
4ª Colocada – Banda da Escola 7 de Setembro da cidade de Barra de Santo Antônio- AL (troféu e aparelho de DVD).

BANDA DO DIOCESANO:
HÁ 72 ANOS TOCANDO OS CORAÇÕES

A Banda do Diocesano, em seus 72 anos de existência, sempre tem dado muitas alegrias ao Colégio e a Garanhuns.
Eu tive a felicidade de ser um dos seus componentes e, desde então, não deixei mais de acompanhá-la de perto. Sei do trabalho que sempre foi desenvolvido pela pioneira do interior do estado e quanto a participação e contribuição de todos que por ela passaram, a fizeram gigante, tornando-a respeitada, querida e vitoriosa em toda sua trajetória.
Hoje, peço licença para citar os nomes do que fazem a diretoria desta banda. São pessoas que se dedicam, incansavelmente, à valorização de sua história e que trabalham com amor e afinco em prol do seu engrandecimento.
Prof. Valdemir Almeida, coordenador geral, que a mais de 30 anos rega com muito carinho os principais objetivos da banda. Conselheiro que consegue aliar sempre sapiência e discernimento, para orientar os demais membros da diretoria e todos os componentes da banda.
Luiz Fernandes, coordenador administrativo. Articulador implacável. Este demonstra uma paixão avassaladora pela banda. Sua vibração contagia até a quem nunca viu a banda tocar.
Alexandre Felix, co-regente. A simpatia; o riso infalível da banda. Condutor de uma energia que alimenta a todos de positividade. Suas palavras são sempre carregadas de contentamento e consistência.
Josivaldo Silva, nosso impecável mor. Seu profissionalismo tem uma elegância ímpar. É prazeroso vê-lo em ação. Não há como não aplaudir suas performances. Ele sabe o que faz.
Jasiel Leite, regente e principal arranjador das peças executadas pela banda. Ainda muito moço, teve a coragem de assumir o comando da pioneira. Hoje, com a maturidade que soube conquistar, é um dos maiores exemplos de determinação, confiança, capacidade, e, acima de tudo, de sensibilidade à música. A ele, com louvor, também os merecidos louros.
Prof. Albérico Fernandes, diretor do Colégio. Apoio incondicional à existência da banda. Educador de visão ampla, que consegue enxergar as várias possibilidades existentes na arte e na cultura, que contribuem de forma eficaz com o processo educacional.
Aos demais componentes da banda, quero, através desses nomes citados, abraçar a todos e parabenizá-los por mais essa conquista.
É sempre uma grande emoção ver e ouvir a Banda Marcial do Colégio Diocesano de Garanhuns, há 72 anos tocando os corações. (Professor Carlos Janduy)

FILMES INESQUECÍVEIS - 45º

MISSISSIPI EM CHAMAS 


Um grande cineasta, atores consagrados e uma boa história. Tudo isso junto normalmente resulta num filme excepcional. Foi o que aconteceu quando Alan Parker, diretor de obras expressivas como Expresso da Meia Noite, Coração Satânico, Fama e Asas da Liberdade, resolveu adaptar para o cinema um fato real ocorrido no Estado sulista do Mississipi, nos Estados Unidos. Dois brancos e um negro, que lutavam pelos direitos civis, desapareceram misteriosamente e agentes do FBI são encarregados de descobrir o que aconteceu.

Na vida real, segundo os críticos, os agentes da Polícia Americana foram truculentos e desrespeitaram a população. Na ficção, eles são os heróis capazes de combater o racismo e desmascarar os vilões da pequena cidade.

Independente das diferenças entre a realidade e a ficção, Mississipi em Chamas, de 1988, é um dos filmes de maior impacto do cinemão americano nas últimas quatro décadas.

Drama, suspense, aventura e política, na medida certa, tornaram este filme um grande sucesso, com reconhecimento da maioria da crítica especializada e aplausos geral do público, tantos nos Estados Unidos ou no Brasil, quanto em muitos outros países.

Quando os agentes Rupert Anderson (Gene Hackman) e Alan Ward (Wiillem Dafoe), o primeiro já veterano e o segundo um novato, chegam ao Mississipi para investigar o desaparecimento dos jovens, são recebidos com hostilidade pela população local. O prefeito, o pastor, a autoridade policial, todos demonstram má vontade com os representantes do FBI e vão causar todo tipo de dificuldades ao seu trabalho.

Hackman e Dafoe, em interpretações marcantes de suas carreiras, encarnam à perfeição os policiais dispostos a desvendar o possível crime, mesmo enfrentando as hostilidades dos moradores do lugar e as ameaças da Ku Klux Klan, organização racista que atuava com muita força na área.

Os policiais são obrigados a pedir reforços para prosseguir nas investigações e durante o filme vão ter de se confrontar mais de uma vez com a prepotência dos homens racistas da cidadezinha sulista. Uma das cenas mais fortes do longa é quando o agente Anderson, confrontado por um grandalhão racista, rodeado pelos amigos preconceituosos, pega o cara pelos testículos e aperta com suas mãos enormes as bolas do sujeito até que esse caia do banco no chão, desmaiado.

Há ainda o caso de uma personagem feminina (a senhora Pell, interpretada por Francês McDormand, hoje uma atriz consagrada), uma mulher sofrida, que ao conversar com um dos agentes leva uma tremenda surra do marido. O troco será dado depois por Rupert Anderson.

Mississipi em Chamas recebeu vários prêmios no Globo de Ouro, inclusive as indicações para melhor filme, diretor e ator (Hackman). Na cerimônia do Oscar ganhou uma mísera estatueta, na categoria de melhor fotografia.

O filme, contudo, foi indicado para concorrer aos prêmios principais em festivais de Berlim e do Reino Unido, tendo Gene Hackman vencido como ator na mostra de cinema da Alemanha.

Alan Parker me parece um diretor que sabe manipular bem os sentimentos humanos. Nesse filme o cineasta faz isso muito bem quando nos faz sentir raiva ou ódio dos sulistas racistas, nos leva à catarse quando os mocinhos punem aos socos os vilões, ao mesmo tempo em que desperta ou aviva a consciência para o absurdo de certas situações.

A perseguição aos negros, o preconceito levado ao extremo inclusive entre autoridades policiais e religiosas, são mostrados com muito realismo e por isso conseguem envolver inteiramente o expectador na trama.

Tive oportunidade de ver este filme quando estreou no Recife, revi anos depois em videocassete, depois em DVD, já peguei algumas sessões repeteco da Globo em que Mississipi em Chamas é exibido e confesso nunca ter cansado das imagens, da boa dose de informações jogadas na tela, da performance da maioria dos personagens.

Como boa parte dos leitores que assistiram o filme sabe, os corpos dos rapazes mortos é encontrado e alguns dos envolvidos no crime são punidos. Em 2005, mais de 40 anos depois dos assassinatos ocorridos no Mississipi, o pastor Edgar Ray Killen foi a novo julgamento e condenado a 60 anos de prisão. A justiça foi feita nas telas e aqui fora, no mundo real.

sexta-feira, 25 de março de 2011

O GRANDE IRMÃO ESTÁ VIVO

Big Brother, o Grande Irmão, está vivo. E não estamos nos referindo ao programa da Globo, que felizmente não perco meu tempo em acompanhar. O personagem que lembro aqui é o do livro 1984, de George Orwell, transformado depois num excelente filme. Apesar de sombrio,  um pesadelo, o pessimismo do autor saltando aos olhos diante da perspectiva de um mundo dominado pelo totalitarismo tipo stalinista.
Mas se Stalin há tempos já morreu e o socialismo real faliu na Rússia e no Leste da Europa, como o Big Brother onipresente do romance pode estar sobrevivendo em algum lugar? Basta você ler "Viva o Grande Líder", do jornalista pernambucano Marcelo Abreu e você ficará com a impressão de que o mesmo regime político sufocante de 1984 é praticado na Coreia do Norte. O comunismo nos moldes stalistas por lá - conforme descreve bem o profissional de imprensa -, é quase uma religião, tanto que o Grande Líder Querido, Kim Sung, assim como seu sucessor, Kim Jong, são idolatrados como Jesus ou santos da Igreja Católica.
Marcelo, com quem trabalhei na Folha de Pernambuco, em 1988, entrou na Coreia através de uma organização humanitária, escondendo sua condição de jornalista. Representantes da Imprensa, principalmente dos países ocidentais, são considerados perigosos pelo regime. Correndo riscos, o pernambucano passou duas semanas no "país mais fechado do mundo" e depois que voltou ao Brasil escreveu "Viva o Grande Líder", que obteve uma boa repercussão nacional e internacional.
O livro já tem algum tempo de publicado, mas só recentemente tive oportunidade de ler, tendo encontrado um exemplar na boa livraria que funciona em Garanhuns,  na Avenida Rui Barbosa. Marcelo não é uma reacionário e sua intenção não é atacar o comunismo. Mesmo assim, termina por revelar uma faceta fria e desumana de um sistema político que durante muitos anos dominou a União Soviética, a Polônia, a Hungria e a Tchecoslováquia, dentre outros.
Infelizmente, pelo menos em um lugar do planeta, o temível Grande Irmão está lá, controlando a vida de todos como se fosse um Deus. Daqueles dos padres de antigamente, que castigam quando se comete algum pecado. (Na imagem a capa do livro de Marcelo Abreu, que aparece no canto esquerdo).

MOMENTO HISTÓRICO DA CDL

Em ato histórico que aconteceu nesta última quinta-feira,  na sede da Câmara dos Diretores Lojistas de Garanhuns, foi empossada a primeira Diretoria da CDL Jovem de Garanhuns, que tem como Presidente, o jovem Paulo Guilherme Brasileiro Filho. Presentes à solenidade, Dra. Eliane Simões, representando o Prefeito Luiz Carlos de Oliveira, Laiane Nobélia, Presidente da CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe, Isac Filho, Representando a CDL Jovem Nacional, Coronel Eduardo Oliveira, representando o Presidente da CDL Recife, Eduardo Catão, Edjar Soares, Presidente da Federação das CDLs de Pernambuco que compuseram a mesa juntamente com Fernando do Couto Soares, Presidente da CDL Garanhuns e o Presidente empossado Paulo Brasileiro. 

A CDL Jovem Garanhuns é a terceira a ser criada em Pernambuco. No Brasil, esta Entidade,   teve início em 1989 em Belo Horizonte – MG sendo alastrada pelo Distrito Federal e Estados do Sudeste e sul e atualmente em todos os Estados da Federação. Capacitar uma jovem liderança é uma das finalidades e motivos desta entidade segundo Fernando do Couto Soares, Presidente local, -“estes jovens são os futuros líderes da CDL. Garanhuns sente-se de uma carência de liderança e o futuro pertence aos Jovens”. concluiu. O Presidente da FCDL Adjar Soares incentivou os jovens de Garanhuns parabenizando a Diretoria local pela iniciativa. Logo após houve a solenidade da placa comemorativa e um coquitel foi servido aos presentes.

A Diretoria da CDL Jovem Garanhuns ficou assim composta:

- Presidente: Paulo Guilherme Brasileiro Filho
- Vice: Luiz Eduardo Cordeiro Andrade
- 1ª Diretora Secretária: Camila Rayane Correia de Barros
- 2º Diretor Secretário: Walber Rafael Medeiros Santana
- 1ª Diretora Financeira: Thayná Correia de Barros
- 2º Diretor Financeiro: Lucas Lages Calado Bezerra
- 1º Diretor de Marketing e Eventos: José Rodolfo da Silva Melo
- 2º Diretor de Marketing e Eventos: Thiago Augusto Alves Silva
- Diretor de Responsabilidade Social: Ronald Keverson da Silva Santos
- Emanuelle Cavalcante: Diretora de Desenvolvimento e Empreendedorismo (Texto Carlos Calvino)